Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Hoje é dia de dar graças
| Foto: wisconsinpictures/Pixabay

Hoje é dia de dar graças.

Pode parecer contraditório, mas a única maneira de passar pelas dificuldades da vida é dando graças. Somos humanos e, portanto, fracos. Ainda que alguns se achem fortes e poderosos, não somos nada. Do pó viemos, ao pó voltaremos. Somente através da infinita graça e amor de Deus é que podemos ser algo além de pó.

Cada pequena coisa que me acontece na vida – cada nova manhã, cada noite de sono, cada dia passado com o corpo são – é razão para que eu seja grato. A partir do momento em que eu achar que sou suficientemente bom para me garantir aqui nesta Terra, estarei automaticamente negando o papel de Deus na minha vida.

A dor e a morte são as únicas certezas absolutas da vida, mas o Deus misericordioso nos permite ter muitos momentos de alegria e felicidade

Ele é quem sopra a vida. Ele é quem mantém a vida. Dar graças, portanto, é a ação que evidencia nossa percepção de falibilidade e fragilidade.

Hoje é dia de dar graças.

Graças pela vida, pela família, pelos amigos e pela saúde. Graças pelo emprego, pelo sustento, pela comida e pelo abrigo. Mas, também, graças pelas dificuldades, pelas provas, pelos momentos difíceis e pelo sofrimento. A dor e a morte são as únicas certezas absolutas da vida, mas o Deus misericordioso nos permite ter muitos momentos de alegria e felicidade. Ademais, é do feitio humano se esquecer do divino nas épocas boas. Muitas vezes, a dificuldade e a angústia são a única maneira de trazer alguém de volta à humildade.

Hoje é dia de dar graças.

Porque não há nada mais triste para a alma humana que não conseguir dar graças. A ingratidão é sinal de miséria espiritual, de secura da alma. É também evidência de uma insatisfação contínua. Quem não agradece o pouco não agradece o muito.

Hoje é dia de dar graças.

Ser grato é libertador. Ser grato é assumir um esquema mental de contentamento incondicional. Aquele que consegue ser grato por pequenas joias escondidas no decorrer de cada dia, ainda que em meio a circunstâncias adversas, tem a paz que excede todo o entendimento. Na imensidão do universo, em que nem sequer podemos ser chamados de um grão de areia, de tão pequenos que somos, carregar o peso da condução da vida é tarefa sobre-humana. Jesus resume tudo quando nos diz que depositemos nossa carga sobre Ele, e peguemos o fardo dEle no lugar, pois é leve e suave.

Hoje é dia de dar graças.

Acima de tudo, graças pelo sacrifício de Jesus pela humanidade. Graças porque alguém inocente se entregou e morreu por nós, culpados, em um ato de amor infinito. Graças porque, em nossa paternidade e maternidade, experimentamos um pouco desse amor, o suficiente para termos uma ideia da dimensão do cuidado do Pai eterno para conosco, suas crianças.

Hoje é dia de dar graças. Graças a Deus, por tudo.

Conteúdo editado por:Marcio Antonio Campos
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]