Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
8 passos para organizar um bazar de suce$$o
| Foto: freepik.com

As Organizações da Sociedade Civil (OSC) são muito procuradas na hora de receber doações. A comunidade de forma geral busca essas instituições para doar roupas, móveis, eletrodomésticos, etc. E nem sempre toda essa doação tem uma vazão natural na própria OSC. Resultado? Almoxarifados cheios!

Essa é sua realidade? Se sim, como fazer para desocupar esses espaços e ainda arrecadar fundos com a iniciativa?  
A resposta é: através de um bazar!

O Bazar é uma das formas mais eficientes utilizadas por OSC para arrecadar dinheiro, oferecer produtos bons a um preço acessível para a comunidade e ainda contribuir para a sustentabilidade.

Por isso, nós, do Instituto GRPCOM e da Phomenta, reunimos 8 dicas fundamentais para se organizar um bazar de sucesso. Vamos lá?

1 - Identifique o propósito do seu bazar 
O seu bazar pode ter a intenção de atender as necessidades da comunidade, oferecendo produtos selecionados a um preço muito acessível, de arrecadar dinheiro para a instituição (seja para um fim específico ou não), liberar espaço no depósito ou ainda todos esses motivos juntos. Entretanto, mesmo que você perceba que as três razões fazem sentido para você, é importante definir a ordem de importância desses motivos.

2 - Conheça o seu público-alvo 
Com o seu objetivo estabelecido, já fica mais fácil definir qual será o seu público-alvo. Tendo isso em mente, é preciso que você entenda como é esse tipo de consumidor, quais são seus hábitos, poder aquisitivo, formas de pagamento usuais... Lembre-se: quanto maior for o número de informações que vocês reunirem sobre o público em questão, maiores a chance de serem assertivos nas próximas etapas do planejamento.

3 - Quem não é visto não é lembrado!  
Agora é a hora de pensar em como atingir essas pessoas e contar que o seu bazar acontecerá. Por isso, a divulgação é outro ponto essencial na hora do planejamento. Para não falhar nesse momento, tenha certeza que as principais informações sejam expostas de forma clara: onde o bazar acontecerá, quando, o que será vendido, qual é o horário de funcionamento, que formas de pagamento serão aceitas e qual é a organização que está por trás da iniciativa. Além de ter essas informações muito claras e organizadas nos convites, folders, redes sociais, ou quaisquer outros meios que sejam efetivos com seu público-alvo, não esqueçam de caprichar também na comunicação visual do local.

4 - Logística  
Caso a sua organização esteja disposta a receber doações, é importante estabelecer com os doadores como essa logística deve funcionar. Onde as doações serão recebidas? A OSC tem como armazená-las? No caso de doações maiores, como de móveis, quem é responsável pela retirada e montagem? Como será feita a entrega ao cliente, após a venda? Esses pontos precisam ser bem organizados, caso contrário podem se tornar uma dor de cabeça para a organização ou para os doadores, e acabar desestimulando-os de participar em outros momentos.

5. Triagem 
A partir dos produtos que vocês tiverem disponíveis, façam uma seleção e só mantenham à venda aquilo que realmente está em condições de ser vendido e tenha valor para o público que você escolheu atingir, o ideal é ter um padrão, de preferência documentado, que estabeleça o que é ou não aceitável.

6 – Atendimento & Relacionamento 
Olhar com atenção para o atendimento pode ser a chave para fidelizar do seu público, ou ainda para se aproximar e criar conexões. Caso seu bazar tenha um foco mais social, é a chance de se aproximar dos beneficiários, entender suas dores, expor seus projetos... Quando o objetivo é o econômico, um bom atendimento pode agregar ainda mais valor aos produtos e trazer outros benefícios indiretos à Organização.

Treinar a equipe que fará parte do atendimento é um passo muito importante. Mesmo que ela seja composta apenas por voluntários, reservar alguns minutos, antes do evento começar, para expor os objetivos da OSC neste bazar, explicar como funcionará a dinâmica de compra e pagamento, o que será e o que não será permitido, qual é a função de cada um, como os produtos estão organizados e a quem recorrer em caso de dúvida, poderá fazer toda a diferença.

7 - Conheça outros bazares 
Conversar com outros gestores, visitar outros bazares, aprender com os erros de seus pares, compartilhar seus erros e aprendizados num verdadeiro sistema de troca de experiências é muito importante para continuar melhorando sempre, tendo ou não experiência no assunto. Se a sua organização já é expert em organizar bazares presenciais, pode ajudar aquelas que estão começando, e também pode aprender com outras que já exploram o bazar no mundo online, por exemplo. Estar aberto a continuar conhecendo e aprendendo é a melhor forma de evoluir.

8 - Lembre-se: a solução perfeita não existe 
Nossa última dica é: conheça sua OSC, suas capacidades de operação, seus recursos, sua comunidade, seu contexto e suas estruturas para que as soluções possam ser as mais adequadas para a sua realidade. Muitas vezes, a solução que atende muito bem uma organização, não funciona para outra. Ou, uma solução que já foi ótima no passado, não faz sentido no momento presente. Esteja aberto a conhecer e a mudar, adaptar, experimentar e conhecer para que, de tempos em tempos, sempre que se fizer necessário, os processos possam ser revistos e aprimorados.

E POR FIM.. 
Sabemos que existem vários outros fatores que influenciam no sucesso de um Bazar, mas quisemos trazer aqui os 8 fundamentais, aqueles que, quando implementados e bem geridos, podem otimizar muito os processos e transformar o resultado final.

Para ter acesso ao infográfico desse conteúdo e outros materiais preparados exclusivamente para auxiliar as OSC, acesse a Biblioteca do Programa Impulso. E, para acessar o e-book completo sobre organização de bazares, acesse o Portal do Impacto.

**Quer saber mais sobre cidadania, educação, cultura, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom e Instagram: instagram.com/institutogrpcom

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]