i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Guido Orgis

Foto de perfil de Guido Orgis
Ver perfil

Blog que discute ideias em economia política

Coronavírus está machucando a economia e Brasil tem pouco o que fazer

  • Por Guido Orgis
  • 27/02/2020 10:57
Policiais vigiam entrada em cidade na Itália.
Policiais vigiam entrada em cidade na Itália.| Foto: Miguel MEDINA/AFP

Os mercados nesta semana aceitaram o fato de que o coronavírus é uma ameaça séria à economia global e que seus efeitos não são previsíveis. Focos do vírus em diversos países, em especial na Coreia e na Itália, derrubaram a tese inicial de que o vírus ficaria restrito a parte da China e seria contido ainda no primeiro trimestre.

No início da crise do coronavírus, o paralelo que se fez foi com a SARS, doença que matava mais do que o vírus atual, mas que tinha um potencial menor de transmissão. No episódio de 2003, os efeitos econômicos ficaram restritos a um trimestre e afetaram principalmente a economia chinesa, que cresceu dois pontos percentuais menos do que o previsto.

As diferenças entre os dois episódios agora ficaram mais claras. O COVID-19 tem um índice menor de fatalidades, mas é mais transmissível. Aparentemente, não tem o potencial de transmissão de uma gripe, mas é o suficiente para o rápido aparecimento de focos com centenas de infectados. Os casos da Coreia e da Itália ilustram esse risco.

A economia global hoje é mais integrada do que há 17 anos, principalmente nas cadeias produtivas de alto valor. A paralisação de fábricas na China já afeta o lucro de empresas como a Apple, que cortou sua previsão de vendas no mercado chinês e suas entregas para outros países. O esforço de contenção feito pela China controlou, por enquanto, a curva de crescimento no número de casos. Ao mesmo tempo, muitas indústrias têm dificuldades para retomar a produção por causa das restrições à circulação de pessoas.

Fora da China, o coronavírus tem conseguido avançar em países onde a imposição de restrições à circulação pode ser mais complicada. Na quarta-feira, a Coreia anunciou o surgimento de mais 505 casos e a contenção já levou à paralisação de fábricas. Há preocupações, por exemplo, sobre o desempenho da Samsung, maior conglomerado do país, que precisou fechar uma fábrica há cinco dias.

Na Itália, o coronavírus apareceu na sua principal região industrial. Há, por exemplo, fábricas de componentes para a indústria automotiva que não estão conseguindo operar normalmente. O receio de investidores é que mesmo pequenas concentrações de casos de coronavírus podem interromper cadeias produtivas em um continente onde não existem restrições para a circulação de pessoas entre países.

O aparecimento de focos do vírus, no momento, precisa ser tratado pelas autoridades como algo inevitável e, ao mesmo tempo, imprevisível. Para empresas, isso significa esperar para tomar decisões importantes de investimento e criar planos de contenção para suas cadeias produtivas, algo sempre oneroso.

Podemos esperar desde já uma queda na lucratividade dos setores mais expostos a uma crise sanitária global: turismo, aviação, commodities, segmentos com cadeias globais de valor (celulares e automóveis, por exemplo) e aqueles que dependem do otimismo do consumidor (bens duráveis). Essa queda ainda pode se ater ao primeiro trimestre, mas isso é cada vez menos provável.

Há duas razões para esperarmos efeitos econômicos negativos mais longos. Uma é a dinâmica de contenção do vírus, que neste momento só é possível com a limitação da circulação de pessoas - algo necessário quando se trata de uma doença com letalidade acima de 2%. Tratamentos mais eficazes e vacinas ainda demorarão para aparecer.

A segunda é o fato de a economia chinesa ter sido a maior afetada. Atualmente, ela responde por 20% do PIB global e seu papel é mais importante do que há 17 anos. O crescimento econômico chinês já vinha desacelerando e deveria fechar o ano pouco abaixo de 6%. Algumas previsões já apontam para um crescimento entre 2,5% e 4%. Um desempenho pior da China, hoje, significa uma desaceleração global em 2020, depois de um 2019 enfraquecido pela guerra comercial com os EUA.

Para o Brasil, o coronavírus significa uma revisão forte de expectativas para 2020. Há muito pouco a ser feito em um cenário de interrupção mais prolongada em cadeias produtivas globais (e de mercados como turismo e viagens aéreas) e de retomada lenta na China. O mercado vai rever as projeções para este ano, com uma expectativa de crescimento do PIB possivelmente abaixo de 2%.

O caminho inicial para um estímulo adicional à economia estaria nas mãos do Banco Central, que tem uma margem, embora pequena, para cortar os juros. A inflação projetada para este ano está bastante abaixo da meta de 4% (o mercado espera 3,2%). O risco aqui é que o câmbio também pode se deslocar, por um período longo, para um nível incômodo para a inflação. O BC terá de medir bem o risco cambial e o benefício do preço mais baixos de commodities em suas decisões.

Parece não existir margem e disposição para um estímulo fiscal capitaneado pelo governo federal. Com os juros mais baixos, a dívida pública brasileira caminha para a estabilização em um nível ainda alto. Qualquer gasto adicional pode significar uma reação negativa (que compromete a manutenção dos juros baixos), embora isso possa ser justificável se o cenário de incerteza perdurar por mais um trimestre. A tendência da equipe econômica, no entanto, é manter o plano orçamentário e permitir que o BC tenha mais liberdade para relaxar a política monetária.

Talvez o maior risco hoje para o país seja o comprometimento da agenda de concessões e privatizações. Das pautas econômicas em andamento, é a que tem maior potencial de atrair investimentos em um tempo curto e fazer diferença para a economia em 2020 e 2021. Felizmente, esse tipo de investimento de longo prazo é menos sensível a questões como um vírus que pode ser contido em questão de semanas ou meses.

No melhor cenário, de contenção de todos os focos até o fim de março, teríamos crescimento anual um pouco mais baixo do que o previsto, inflação na meta e investimentos entrando via concessões. Uma retomada mais forte viria em 2021.

19 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 19 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • S

    STF

    ± 2 minutos

    Impostos absurdos e estado elefante nas costas do povo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    STF

    ± 4 minutos

    Coronavírus não pode ser contido, mas a mortalidade é muito baixa, sem considera que só estão cruzando com casos relatados e testados. Tem muito mais casos que passam desapercebidos como gripe. O medo está sendo exagerado em função de ser algo novo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 1 horas

    Rodrigo, não sabemos a mortalidade do Covid-19. A verdade é que é difícil saber a mortalidade de algo que começou em janeiro: Demora até 14d para apresentar sintomas e voce pode demorar para morrer. Se voce olhar os dados atuais (28/02), é mais de 4% em Hubei (onde começou). Há estimativas que seja entre 5 e 7%, o que a coloca próximo à SARS, sua prima. Pode também ser muito baixa, se a vasta maioria dos infectados nem der o ar da graça no sistema de saúde. Pior cenário: É uma SARS que deixa voce vivo suficiente para espalhar (15d). Melhor Cenário: 1% de mortalidade, a vasta maioria nem espirra.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Eduardo

    ± 17 horas

    Para quem acha que todo o problema econômico do coronavírus se resume a câmbio realmente não consegue enxergar a totalidade do noticiário a respeito da dificuldade na circulação livre de bens e pessoas, ou pretende utilizar um fato sob o qual não se há controle por parte do governo para dizer que tais constatações são mera propaganda política ou a desculpa cabal para todos os problemas econômicos. Militantes em Ambiente Virtual em sua maioria, se forem de carne e osso, é claro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo Roberto Fernandes

    ± 18 horas

    Não entendi...não era o dólar alto que era bom para o Brasil?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo Roberto Fernandes

    ± 18 horas

    Hehehe...como esse governinho tem desculpas....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AMAURI

    ± 18 horas

    Dessa vez Bozo não é culpa do Bozo. Azar o nosso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    marcelo bergerson

    ± 18 horas

    A cura virá mais rápido que se imagina, Israel dizem, está próxima de concluir a vacina segundo li na imprensa internacional.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • O

    Oliveira

    ± 19 horas

    Tenho mais receio do surto de pânico do q a virose em si. Fala sério, só o q morre de gente no USA de gripe normal são 40.000/ano. No Brasil, temos um combo de doenças tropicais + violência + mortes no trânsito + o tanto de gente q morre por falta de saneamento básico. São 15.000/ano q morrem pq vivem num esgoto, e não tô vendo ninguém desesperado por causa disso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José Luiz

    ± 19 horas

    Se a economia do Brasil está sendo machucada por um caso, a China tá falida. E a China esta quebrada?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • O

      Oliveira

      ± 19 horas

      Não dá pra saber quando há forte manipulação do câmbio e impressão de moeda. Apenas indiretamente, e há alguns índices q apontam q a economia chinesa tá patinando há um bom tempo. Vc investiria numa empresa q forja números falsos na contabilidade? É a mesma coisa.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 19 horas

    Pelo jeitão, o Papa foi atacado pelo vírus.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 19 horas

    Passou o Carnaval e a verdade começa a aparecer. Casos e mais casos de coronavírus "pipocando" Brasil afora.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Oliveira

    ± 20 horas

    O que estava machucando a economia antes do vírus?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • S

      STF

      ± 1 minutos

      Impostos altos e estado gigante e ineficiente.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • O

      Oliveira

      ± 19 horas

      A queda na Selic. Se havia uma coisa q o Brasil exportava bem, era juros.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lucio

    ± 20 horas

    A esquerda deve estar adorando. Para eles, quanto pior, melhor. Mas acreditamos no potencial do nosso Brasil e na capacidade de nossos gestores

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • C

      Carlos Eduardo

      ± 17 horas

      O que não deixa de ser algo idôneo, uma vez que os agricultores, cuja exportação de seus produtos está momentaneamente prejudicada pela pandemia, ficam relativamente felizes por motivo semelhante.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • E

      Eduardo Oliveira

      ± 20 horas

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.