Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O carrinho violento de Tite
| Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Tite não convocou o lateral Renan Lodi para a seleção porque ele não tomou vacina de covid.

Tite disse que o jogador colocaria o restante do grupo em risco.

Tite exige que um atleta tome uma vacina na qual ele mesmo não acredita.

Se Tite só aceita convocar jogadores vacinados, supostamente por ser a vacina a proteção contra a doença, como um jogador não vacinado colocará em risco todos os outros vacinados?

Tite e sua lógica complexa desafiam a capacidade geral de compreensão e suscitam interrogações:

Será que um ser humano que não se vacinou contra a covid tem o poder de suprimir a imunidade gerada nos semelhantes pelo referido imunizante?

Será que se, durante um treino do professor Tite, Renan Lodi desse um carrinho em Daniel Alves mandaria para o espaço a imunidade adquirida pelo atleta portador do esquema vacinal completo?

Será que se Renan Lodi contasse à noite ao seu companheiro de quarto na concentração as razões que o levaram a não tomar a vacina experimental de covid a imunidade do vacinado fugiria pela janela?

Será que se Renan Lodi entrasse no refeitório sem o cartãozinho de cidadão inoculado o SarsCov2 se sentiria encorajado a sair do seu esconderijo entre as batatas e atacar todo mundo, se esquecendo momentaneamente que o combinado é não entrar em nenhum corpo benzido pela Mamãe Farma?

Tite não acredita na vacina que impõe a um atleta como condição para o exercício da sua profissão no cume da carreira – a seleção brasileira – e está coberto de razão: essa vacina não impede a infecção, nem a transmissão, nem mesmo o agravamento da doença, como já viu nos hospitais quem não tapou os olhos para a realidade.

Se Tite não acredita na vacina que impõe, por que ele a impõe?

Não faz pergunta difícil, companheiro. Deixa o verniz de empatite em paz.

Ok, vamos deixar o verniz de empatite em paz. Mas e o Lodi?

Sei lá. Manda o Lodi ir passear com o Djokovic. Mas toma cuidado.

Com o quê?

O Djokovic está na Austrália e lá tem três tenistas totalmente vacinados que estão com covid.

Tomar cuidado para não pegar covid, então?

Não. Cuidado com o Djokovic, que não se vacinou.

Mas ele está com covid?

Não.

Cuidado com o que, então?

Esse negócio de não se vacinar é contagioso.

Ok. Quantos atletas tiveram colapso ou mal súbito em 2021?

Mais de 400.

Quantos morreram?

Mais de 200.

Não é preocupante?

Não.

Por quê?

Porque a milícia da Mamãe Farma já disse que sempre foi assim.

Ah, tá. Não tinha reparado.

Será que o Renan Lodi também não reparou que isso sempre foi assim, que jogadores de futebol sempre caíram em campo em série sem conseguir respirar, com dores no peito e eventualmente infartando?

Sim, possivelmente o Lodi também se distraiu e não notou que sempre foi assim. Ou teve um surto de amnésia.

Amnésia é contagioso?

Tudo é contagioso.

Então o Tite tem razão. Fora, Lodi!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]