Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Pedroso: "Sou bi vice. Não quero ser tri vice". (Albari Rosa/ Gazeta do Povo)
Pedroso: "Sou bi vice. Não quero ser tri vice". (Albari Rosa/ Gazeta do Povo)| Foto:
Pedroso:

Pedroso: “Sou bi vice. Não quero ser tri vice”. (Albari Rosa/ Gazeta do Povo)

Ernesto Pedroso, vice-presidente do Coritiba, foi o mais novo entrevistado pela torcida do Coritiba. O clube reuniu perguntas de torcedores via internet, selecionou sete delas e repassou para o dirigente responder em vídeo. A sabatina rendeu respostas interessantes – algumas bem manchetáveis. Da busca pelo camisa 10 (pobre alma que, de tão prometida, chegará ao clube com o peso do Couto nas costas) à lamentação por ver o Atlético no Torneio da Morte. De título nacional à constatação do óbvio: o Coritiba tem um estádio antiquado. Confiram os melhores momentos:

 

Reforços

“Para o Brasileiro, teremos de reforçar. Temos de buscar um camisa 10. Não temos nenhum jogador com essa característica. O Marquinhos Santos, com a capacidade que tem, está forçando uma situação para evoluir sem o 10. Buscar o 10 e pontuar alguns reforços necessários.”

 

O elenco hoje

“O elenco que temos hoje não é para os primeiros lugares do Brasileiro, o campeonato é muito exigente. Vamos buscar opções no mercado para não correr risco e fazer uma campanha brilhante”.

 

Divulgação de salário de jogador e percentual de empresário

“Isso não é transparência. Existe um código de ética. Salário é pessoal, uma coisa íntima de cada atleta. Fizemos elenco com valor bem aquém do que imaginávamos. Diminuímos em quase 50% a folha. Gastamos 230 mil reais entre luvas, comissões e salários para formar esse elenco. Ganhamos 60% do Alan Santos e 50% do Giva. Não gastamos nenhum tostão com direitos federativos”.

 

Títulos de expressão

“Eu sou um dos bi vice [da Copa do Brasil]. Não quero ser tri vice. Estamos lutando. Entramos na gestão do Coritiba para sermos campeões, estamos buscando excelência no futebol. Não entramos para buscar segundo, terceiro ou estar entre os cinco. Quero ser campeão. Entre querer e poder tem a responsabilidade financeira. Queremos fazer o Coritiba chegar a um grande título. O Coritiba tem duas alternativas de sucesso: construir um grande estádio moderno e de boa qualidade. Se demérito, mas o Couto é um estádio antiquado. Ou ganhando um título. Nosso objetivo é disputar um grande título. Essa é alternativa maior.”

 

Atlético no Torneio da Morte

“Falei profissionalmente, tecnicamente. O Atlético fora nos causa prejuízo, perde o elã da disputa. Já carimbamos o Atlético [referindo-se ao 2 a 0 na primeira fase. Fico triste de não ter o dinheiro do Atlético. Precisamos de grandes jogos e arrecadações para pagar nossas obrigações.”

 

E para quem quiser, segue o material completo disponibilizado pelo Coritiba

 

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]