i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil
Cenário político

Cinco temas que vão dividir as atenções com as eleições municipais em 2020

  • João FreyPor João Frey
  • 03/01/2020 18:01
Cinco temas que vão dividir as atenções com as eleições municipais em 2020
| Foto:

A eleições municipais vão concentrar a maior parte do debate político em 2020. A reorganização das forças políticas locais após a queda de Beto Richa e Roberto Requião, os efeitos do bolsonarismo nas disputas municipais e a polarização do debate eleitoral serão alguns dos temas predominantes nas discussões sobre a política paranaense. Apesar do protagonismo das eleições, há pelo menos cinco outros assuntos relevantes para a política estadual que devem se definir em 2020.

Concessões de aeroportos

A concessão de quatro aeroportos paranaenses para a iniciativa privada é prioridade para o Ministério da Infraestrutura em 2020. Na lista estão os aeroportos Afonso Pena, em São José dos Pinhais; Bacacheri, em Curitiba, além dos terminais de Londrina e Foz do Iguaçu.

Antes de passar à iniciativa privada o aeroporto de Foz do Iguaçu vai receber obras financiadas pelo governo federal. Com o aumento da pista em 600 metros o aeroporto poderá receber voos internacionais.

O processo de concessão dos aeroportos paranaenses começou em março de 2019. Atualmente estão sendo analisados os estudo técnicos que subsidiam a modelagem da concessão. Os próximos passos são a realização de audiências públicas, a autorização pelo Tribunal de Contas da União, a publicação do edital de concessão, que está prevista para o 3º trimestre de 2020, a realização do leilão, programada para o 4º trimestre do ano e, finalmente, a assinatura do contrato.

Rodovias

Outro assunto importante na área de infraestrutura é a nova concessão das rodovias que integram o Anel Viário do estado. Os atuais contratos terminam apenas em 2021, mas para que o estado e a União cheguem ao fim desse prazo com condições de fazer uma transição tranquila entre os dois contratos, a maior parte do trabalho deverá estar pronta ao fim de 2020.

Neste ano, estado e União devem concluir os estudos para a elaboração do edital de licitação, incluindo a realização de audiências públicas nas principais cidades do estado. Com a modelagem pronta, o edital deve ser avaliado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), processo que costuma levar seis meses. A partir daí, o governo federal deve começar um processo de roadshow, levando o projeto para ser apresentado a investidores de outros países, buscando aumentar a concorrência e o interesse estrangeiro.

LEIA MAIS: O que mudou no ano em que os três senadores do Paraná conversaram e concordaram

TRF no Paraná

A instalação de um Tribunal Regional Federal no Paraná é antiga reivindicação do estado. Depois de ter sido aprovada pelo Congresso Nacional em 2013, a criação do novo TRF foi suspensa por decisão monocrática do Supremo Tribunal Federal e, desde estão, o assunto está parado nas gavetas da Corte.

Um movimento que aconteceu em Minas Gerais no fim de 2019, entretanto, pode indicar um novo caminho para a criação do TRF paranaense. Em vez de instalar o tribunal via PEC, Minas conseguiu a estrutura por meio de projeto de lei encaminhado pelo Superior Tribunal de Justiça. O novo formato ainda prevê o compartilhamento de estruturas com outros TRFs e o aproveitamento de cargos vagos em outros tribunais. Desse modo, a instalação do tribunal fica mais barata. A bancada paranaense relatou ter feito um acordo com a presidência do STJ para que projeto similar seja enviado em 2020 para finalmente criar o TRF do Paraná.

Privatização da Copel Telecom

Em 2020 também devem acontecer as primeiras privatizações de estatais do governo do Paraná. O ativo mais relevante que será vendido é a Copel Telecom. Em conferência com investidores, o presidente da Copel, Daniel Slaviero, afirmou que trabalha com o prazo para concluir o processo de venda das operações da Copel Telecom até março de 2020.

Em julho de 2019, a Copel contratou o Banco Rothschild e o escritório de advocacia Cescon Barrieu para atuarem como assessores financeiro e jurídico no processo de venda da subsidiária que fornece internet por fibra óptica.

LEIA MAIS: Quatro pontos de interesse do Paraná que avançaram em Brasília em 2019

Lei Kandir

A tentativa de resolução do impasse sobre os pagamentos da Lei Kandir feito pela União aos estados tomou diversos caminhos em 2019. Em determinado momento, o ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a dizer que o pagamento – que no caso do Paraná representa cerca de R$ 300 milhões ao ano – estava “sepultado”. Em outra sugestão, Guedes disse que os repasses seriam substituídos pelo aumento da participação dos estados nos recursos do petróleo. O insucesso do leilão do excedente do pré-sal, entretanto, deixou os governadores com um pé atrás.

A partir dessa indecisão, o Congresso decidiu assumir a discussão. Entre outras propostas, está na mesa um projeto de lei complementar que reinstitui os repasses aos estados. Ainda que a União defenda que já tenha compensado os estados afetados pela desoneração de ICMS prevista na Lei Kandir, governadores apresentam contas divergentes.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • N

    Nícolas

    ± 6 horas

    Do apontado, lamento apenas pela Copel Telecom... Mesmo com ritmo de expansão lento, seu serviço é muito superior aos dois concorrentes privados -- já recebi visita técnica num domingo à tarde! Nunca, jamais tive serviço assim dos concorrentes. A Vivo acabou com a GVT, a Claro/Embratel terminou de ceifar a NET... A área de telecomunicações há muito é um oligopólio. Concorrência seria mais bem-vinda.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marlon Amarante Neves

    ± 2 dias

    Não deveríamos concentrar as discussões para eleições municipais nos temas que são das alçadas de prefeitos e vereadores? Se incluirmos a cooperação regional já temos temas para dezenas de artigos de alto impacto para a população.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RONAN BOTELHO

    ± 2 dias

    boa, João! estes são os temas, mas se fizermos pesquisa com os eleitos hoje, 90% desconhece os temas. é duro, bicho

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.