i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil

Com deputados secretários, nova política de Ratinho envelheceu

  • PorJoão Frey
  • 17/12/2018 17:40
Ratinho Junior (Foto: Alexandre Mazzo/Gazeta do Povo)
Ratinho Junior (Foto: Alexandre Mazzo/Gazeta do Povo)| Foto:

Durante a campanha eleitoral, Ratinho Junior (PSD) empunhou com firmeza a bandeira da nova política. Era um discurso generalista, mas que tinha como um de seus pilares a indicação de não políticos para cargos que exigissem conhecimento técnico. Ratinho nem assumiu o governo, mas essa base da nova política já começou a ruir. Nos últimos dias, dois deputados federais eleitos do PSD – mesmo partido do governador – foram indicados para o comando de secretarias.

Ney Leprevost será o secretário da Justiça, Trabalho e Família; e Sandro Alex comandará a pasta da Infraestrutura e Logística.

LEIA MAIS: Três nomes disputam o apoio de Ratinho para a prefeitura de Curitiba

Leprevost é administrador de empresas formado em um curso a distância da Unitins e dedicou boa parte da vida à atividade parlamentar. A formação acadêmica do deputado foi alvo de críticas feitas pela campanha de Rafael Greca (PMN) na disputa pela prefeitura de Curitiba em 2016. Sem entrar no mérito da qualidade da graduação, é difícil encontrar alguma aderência que justifique tecnicamente sua indicação para a secretaria.

Sandro Alex é advogado e foi eleito para seu terceiro mandato como deputado federal. Sua trajetória política foi impelida pela carreira de radialista em Ponta Grossa. Na cidade, a família é dona de duas emissoras, a Mundi FM e a Massa FM, vinculada ao Grupo Massa, da família do governador eleito. Mais uma vez, é difícil encontrar argumentos que expliquem a nomeação pelo conhecimento técnico.

VEJA TAMBÉM: Rosângela Moro pode assumir cargo no governo Ratinho Junior

A nomeação de técnicos para o comando de secretarias não é nenhuma obrigação legal, mas como foi amparado nesse discurso que Ratinho chegou ao Palácio Iguaçu, é inevitável que o governador seja confrontado após a indicação de dois parlamentares de seu partido que têm pouca ou nenhuma relação com a área que comandarão.

Com as indicações, quem assume as cadeiras deixadas vagas na Câmara Federal são os deputados do PSD Evandro Roman e Stephanes Junior, filho do líder da equipe de transição de Ratinho Junior, Reinhold Stephanes.

Acompanhe o blog no Twitter. 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.