i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil
Congresso Nacional

A saga dos deputados paranaenses que assinaram por engano a CPI da Vaza Jato

  • Por João Frey
  • 21/09/2019 17:00
A saga dos deputados paranaenses que assinaram por engano a CPI da Vaza Jato
| Foto: Pedro França/Agência Senado

No fim da semana passada a bancada de oposição na Câmara dos Deputados anunciou que tinha conseguido assinaturas suficientes para instalar uma CPI para investigar os fatos denunciados pela série de reportagens Vaza Jato, do Intercept Brasil. Anunciada como uma vitória da oposição e uma derrota da Lava Jato, a movimentação pegou de surpresa alguns governistas que haviam assinado o requerimento de instauração. Entre eles, dois paranaenses: Leandre (PV) e Schiavinato (PP).

A primeira reação dos dois parlamentares foi pedir a retirada das assinaturas.  Entretanto, como o regimento da Câmara não permite isso, eles recorreram a comunicados oficias para se explicarem ao seu eleitorado.

LEIA MAIS: Deputados vão ao Supremo para tentar barrar a CPI da Lava Jato

“A assinatura se deu em momento onde eram assinados vários requerimentos, sendo que este estava incluído em um montante e foi assinado despercebidamente”, justificou Schiavinato.

Já Leandre, disse que quando assinou o pedido de instalação da Comissão Parlamentar de Investigação, o fez na expectativa” de que a devida apuração dos fatos envolveriam todo o caso, ou seja, o Intercept, a Lava Jato e os Hackers, de modo amplo, imparcial e impessoal, para que assim tivéssemos o devido esclarecimento deste episódio que até agora causa muitas discussões e desgastes”.

“Porém ao tomar ciência que o objetivo seria investigar ‘exclusivamente’ os membros da Lava Jato e o ex-Juiz Sérgio Moro retirei imediatamente o meu apoio, por entender que o processo fica prejudicado quando falta qualquer uma das partes, tornando-se restrito, parcial e pessoal”, explicou.

VEJA TAMBÉM: Sob liderança de Alvaro Dias, Podemos vai virando o partido da Lava Jato

Após as manifestações, os paranaenses se juntaram a outros 18 deputados que estavam na mesma situação e foram ao STF na quinta-feira (18) pedir que a corte impedisse a instalação da CPI.

No pedido, eles afirmam que “vários parlamentares subscritores relatam desconhecimento de seu objeto, ou mesmo má-fé em sua coleta”.

Na sexta-feira (20), entretanto, o grupo capitaneado pela deputada Joice Hasselman (PSL), líder do governo no Congresso, pediu a desistência da ação. Não foi divulgada uma justificativa formal para isso, mas fontes ligadas aos parlamentares citam que o fato de o pedido ter caído nas mãos do ministro Gilmar Mendes – notório crítico da Lava Jato – foi o que impeliu a decisão. O grupo sustenta, entretanto, que novas medidas serão tomadas para buscar impedir a criação da CPI.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    MBP

    ± 0 minutos

    Esta desculpa não cola, é muito furada. Tenta outra... Não leram uma votação importante??? Estão subestimando a inteligência dos leitores eleitores?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Salo

    ± 41 minutos

    Vergonhosas as justificativas. Se não leram poderiam ter assinado suas renúncias como de****dos ou de suas vantagens.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Salo

    ± 41 minutos

    Vergonhosa as justificativas. Se não leram poderiam ter assinado suas renúncias como de****dos ou de suas vantagens.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    claudio luiz da cunha

    ± 2 horas

    Que papo furado...cheio de assessoria ninguém leu o documento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    GUSTAVO DOS SANTOS

    ± 3 horas

    Desculpas. Esfarrapadas, meu voto pra de****do federal. Joguei nolixo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    João

    ± 6 horas

    parabéns aos preprados de****dos , isso veio a público mas imagine o que podem estar fazendo que nós não ficamos sabendo ?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique Callado

    ± 10 horas

    Fossem esses funcionários da iniciativa privada estariam agora demitidos por irresponsabilidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Adriano César de Souza

    ± 12 horas

    O Rodrigo Maia é conivente com todo esse tipo de malandragem que acontece na Câmara.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]