i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil
Parque Nacional

Reabertura da Estrada do Colono avança e senadores deixam claro que ambientalistas têm razão

  • Por João Frey
  • 17/09/2019 11:54
Estrada do Colono, no Parque Nacional do Iguaçu
Imagem de 2013 mostra como a vegetação já havia tomado a Estrada do Colono, que voltou a ser alvo de discussão em Brasília.| Foto: Christian Rizzi/Arquivo/Gazeta do Povo

A Comissão de Infraestrutura do Senado Federal aprovou na manhã desta terça-feira (17) o projeto de lei que permite a reabertura da Estrada do Colono, trecho de 17 km que corta a mata preservada do Parque Nacional do Iguaçu, no Oeste do Paraná. O projeto agora segue para a Comissão de Meio Ambiente. Se aprovado, vai para a Comissão de Desenvolvimento Regional, onde será analisado de modo terminativo.  Ou seja, dali já vai direto para a sanção do presidente, sem análise do plenário.

LEIA MAIS: MPF critica projeto de reabertura da Estrada do Colono. Alvaro reage

O projeto foi apresentado ainda na legislatura passada pelo deputado Assis do Couto (PDT). Aprovado pela Câmara, a proposta foi adotada neste ano pelo senador Alvaro Dias (Podemos), que tem articulado em favor da abertura da estrada. Na reunião desta terça-feira, ele agradeceu a celeridade com que a Comissão de Infraestrutura aprovou o texto e disse que o projeto contribuirá para a conservação do Parque, já que os moradores atuarão como fiscais contra a caça ilegal.

Após a deliberação, os senadores deram razão a uma das principais objeções que ambientalistas têm feito ao projeto. Como a proposta cria a categoria de estrada parque no Sistema Nacional de Unidades de Conservação, permitindo sua criação em outros locais além do Parque Nacional do Iguaçu, ambientalistas previam que outras áreas de preservação estariam sujeitas à mesma ameaça.

VEJA TAMBÉM: Pressão de deputados do Paraná ameaça reduzir parques nacionais no estado

Poucos segundo após a aprovação, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) – que exerce o mandato enquanto cumpre pena em regime aberto por crimes contra o sistema financeiro – já adiantou o interesse em replicar o modelo de estrada parque em seu estado.

“Essa sendo aprovada eu tenho certeza que ficará mais fácil chegar a Nova Mamoré com o asfalto que é importante para nosso estado”, afirmou.

O senador Fabiano Contarato (REDE-ES) apresentou voto contrário. Em sua argumentação ele refuta a tese de que uma estrada dentro de uma Unidade de Conservação é inspirada em modelos de sucesso do exterior.

“Não há paralelo na legislação de qualquer outro país que estabeleça uma via de acesso como Unidade de Conservação [...] A razão de existir de uma estrada-parque seria proteger o entorno paisagístico de rodovias existentes ou a serem implementadas em áreas não protegidas e com grande apelo cênico. Sua função não é criar uma camuflagem ambientalmente correta para viabilizar a abertura de estradas em unidades de conservação onde essas vias não seriam possíveis nem necessárias. Em outras palavras, o rótulo não tem o poder de mudar o conteúdo”, escreveu.

9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 9 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    MARA RITA DA SILVA SANTOS

    ± 0 minutos

    Vai melhorar o turismo e a economia da região da fronteira, desde que tenha proteção aos animais e ao meio ambiente, pode ser considerada como boa iniciativa.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jair Pereira

    ± 26 dias

    Espero que pelo menos asfaltem o trecho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Milton Tadeu Arzua Ferreira

    ± 26 dias

    Cretinice e irresponsabilidade, vão desmatar, devastar, construir, depredar, arrasar com o ecossistema. Alvaro Dias está sendo mais uma vez IRRESPONSÁVEL e politiqueiro covarde.....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Robson Santos

    ± 26 dias

    Enquanto usarem como pretexto o tal "desenvolvimento sustentável" para destruir o meio ambiente de forma irresponsável, em um futuro próximo não existirá planeta para ser "desenvolvido e explorado". O mundo em colapso e gente menor defendo queimada, desmatamento, mineração em áreas de proteção, afinal, se os outros enriqueceram destruindo tudo, porque agora não podemos fazer igual não é mesmo? O homem é o único animal que destrói seu próprio habitat e sua fonte de vida em troca de "desenvolvimento", leia-se grana.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Robson Santos

    ± 26 dias

    Mais uma do governo que aprova a destruição do meio ambiente em prol do tal "desenvolvimento sustentável", afinal o que é centenas de animais sendo mortos durante a construção e posterior abertura da estrada? O que é desmatar uma área de preservação ambiental, dividindo o parte ao meio, e pior, abrindo jurisprudência para a farra do desmatamento de áreas de preservação por todo o país? Há mais quando a estrada existia não havia desmatamento, isso foi quando, uns 50 anos atrás, quando o povo tinha educação? Podiam fazer "melhor" então, já que vão dividir o parque, que permitam o desmatamento da metade menor e liberar agricultura e agrotóxicos pelo bem do tal "desenvolvimento".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 26 dias

    Desenvolvimento sustentável requer desenvolvimento. A Gazeta poderia ir na região mostrar os problemas da população com a estrada fechada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos Antonio Scheffer

    ± 26 dias

    A radicalização em qualquer caso, é desnecessária. Essa estrada foi utilizada e em nenhum momento se cortou mata ao longo do trecho, nunca se atirou fogo, pelo contrário, era uma enorme satisfação e momento único de se observar a natureza. Se alguém depreda, também o faz nas ilhas, nas margens do Iguaçu e, não há vigilância que impeça pessoas irresponsáveis de o fazê-lo. Morei em Capanema e, muitas vezes ali passei. Os benefícios para quem ali reside serão grandes. Crie-se a estrada, defina-se o modo de conservação e fiscalização e pronto. O resto é discussão por quem, estando a milhares de quilômetros, sequer sabe dessa estrada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CARLOS FELIX

    ± 26 dias

    Agora Botox Dias e Noites, Podemos tudo ! As favas a preservação. A onda é surfar no Muda Senado !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      maurilio richartz

      ± 26 dias

      O assunto aqui é a estrada. Me poupe. Antes de comentar, saiba o que está falando. Certo?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.