i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil

Com menor alíquota do país, Paraná é pressionado a baixar ICMS sobre o Diesel

  • PorJoão Frey
  • 25/05/2018 17:25
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)| Foto:

A tentativa de pôr fim à greve dos caminhoneiros tem levado diversas entidades a pressionarem o governo do Paraná a reduzir a cobrança de ICMS sobre o óleo diesel. Na Assembleia Legislativa, ao menos dois deputados já cobraram a redução: Paluto Miró (DEM) e Nereu Moura (PMDB), que em ofício ao secretário estadual da Fazenda, José Luiz Bovo, defendeu que a cobrança seja zerada.

Em Brasília os governos estaduais também são cobrados pela redução do ICMS. Em uma reunião extraordinária do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) realizada nesta sexta-feira (25), 12 secretários estaduais que estiveram no encontro concordaram em reduzir a base de cálculo da cobrança a ponto de diminuir o preço do Diesel em R$ 0,05.

Na reunião ficou decidido que como nem todos os estados estavam presentes, aqueles que estavam fariam os cálculos do impacto e, em uma reunião on-line, na terça-feira (29), decidirão se haverá consenso para a redução, já que qualquer alteração depende de decisão unânime. O diretor-geral da Secretaria da Fazenda, George Tormin, representou o Paraná na reunião.

LEIA MAIS: Após anúncio de Temer, governo do Paraná descarta uso da força

Segundo Eduardo Guardia, ministro da Fazenda, a aprovação dos secretários de todos os estados deve sair até a segunda-feira (28).

“Concordamos em já incorporar na base de cálculo do ICMS a redução de preço anunciada pela Petrobras. Pela base, seria só daqui a 15 dias, mas os estados concordam em incorporar reduzindo a base do ICMS já”, explicou o ministro da Fazenda ao Estadão Conteúdo.

A alíquota de ICMS do estado é de 12% sobre o preço médio praticado no varejo, a menor do país. Além do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo cobram o mesmo percentual. Nos outros estados, a alíquota varia entre 13,5%, em Tocantins, e 25%, no Amapá. A alíquota média cobrada no país é de 16%.

Acompanhe o blog no Twitter. 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.