Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • L

    Lucas Monteiro

    ± 5 horas

    Uma questão muito séria e que vale a pena ser debatida. Para mim a conservação da obra é preliminar, e a questão do orgulho nacionalista deve se dar no campo da memória da obra... Com certeza é melhor preservá-la e manter sua história viva do que somente colocá-la em sua geografia original e correr o risco de uma má exposição, ou qualquer coisa do tipo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marçal

    ± 8 horas

    Obrigado JP Coutinho. Como refresca a mente ler um artigo que não seja político e cheio de comentários mal educados e obtusos. Eu não tenho uma opinião firme sobre o seu tema, mas valeu a discussão. Parabéns.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Isabelle Marques

    ± 9 horas

    Um filme muito interessante, que aborda o roubo de arte na era nazista, denomina-se "A dama Dourada". Retrata a história real de uma senhora judia polonesa que vive refugiada nos EUA desde a época nazista. Ela processo o Estado da Polônia para reaver as obras de Gustav Klint, feitas sob encomenda para sua família, sendo a principal delas a que dá nome ao filme "A dama Dourada", uma pintura de sua tia. O processo judicial ´, até hoje, um dos maiores sobre restituição de arte, no mundo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Allan Martins dos Santos

    ± 13 horas

    Se o Museu de Londres quiser ele pode ficar com toda a arte do Romero Brito.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Alberto Tanaka

    ± 1 dias

    Ao ser apresentado a um dilema mundial, no qual não se discute a capacidade das partes de bem manter o patrimônio cultural, mas apenas questões de direito de posse, passo a rememorar a tragédia que foi o incêndio do Museu Nacional do Rio de Janeiro, em 2018. O Brasil é insuperável ...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.