i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Leonardo Coutinho

Foto de perfil de Leonardo Coutinho
Ver perfil

Brasil, América Latina, mundo (não necessariamente nesta ordem)

Eleições americanas

Os cabos eleitorais da peste

  • Por Leonardo Coutinho
  • 15/05/2020 20:17
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Casa Branca, 14 de maio de 2020
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Casa Branca.| Foto: Brendan Smialowski / AFP

Está cada vez mais comum ler e ouvir analistas que apostam em uma vitória do coronavírus na eleição presidencial americana. A coragem de colocar sob a mesa todas a fichas em cravar algo que nem os institutos de pesquisas foram capazes de antecipar na eleição passada segue uma equação aparentemente simples. A reeleição do presidente Donald Trump estava praticamente garantida antes de um vírus chinês desembarcar nos Estados Unidos. Em seis semanas, 33 milhões de empregos foram destruídos e a América foi empurrada para uma crise maior que a depressão de 1929.

O raciocínio é uma reverberação do otimismo que a peste trouxe para o comitê democrata. Os estrategistas e apoiadores de Joe Biden estão seguros de que Trump pagará sozinho a conta pela crise. Além do desemprego, uma lista de mortes, que já se aproxima de 90.000 pessoas, serão debitados do capital político do presidente-candidato.

Inevitavelmente, os erros de Trump no trato da epidemia (destaque para lentidão na resposta e declarações desastradas minimizando a epidemia), impactarão no processo, mas não está claro em que nível isso se dará.

Os cabos eleitorais de Biden apostam na peste. Mas com uma ressalva importante. Não se trata de dizer que eles trabalham para aprofundar o problema, ou torcem para ele se aprofunde. Mas quem está nesse jogo sabe. Quanto pior, melhor para Biden.

Para eles, a aposta é válida, pois, quando forem às urnas, os americanos punirão o político que lhes prometeu prosperidade e proteção substituindo-o pela segurança de quem sabe como tirar o país do atoleiro.

O pensamento faz sentido. Mas até certo ponto. Os eleitores são utilitaristas, mas não são tão previsíveis assim. Se assim fosse, Hillary Clinton teria vencido as eleições de 2016, assim como Fernando Haddad seria presidente do Brasil, conforme anunciavam as pesquisas eleitorais.

Esse pensamento, aliás, traz uma marca de arrogância típica de quem em 2016 tratou como uma legião de ignorantes e caipiras as pessoas que fartas de serem tratadas exatamente como ignorantes e caipiras deram de ombros para a candidata de Barack Obama, e elegeram o disruptivo Trump.

Até novembro, o balanço da epidemia não deverá trazer apenas os erros e acertos da administração atual. As pessoas que viram a economia decolar nos últimos três anos e agora não têm como pagar as contas pelo desemprego ou redução da renda serão confrontadas com algo mais.

As perguntas que a América fará não se limitarão ao que Trump fez ou deixou de fazer para mantê-las empregadas e vivas. Os americanos inevitavelmente desejarão saber como ficaram tão vulneráreis. É justamente nesse ponto que a vida começa a ficar difícil para os democratas.

A bomba estourou nas mãos de Trump, mas ela estava armada anos antes. E não se trata de dois, três ou quatro anos de antecedência. Trump está chegando ao fim de seu primeiro mandato e antes dele Obama esteve por oito anos no comando da maior potência econômica e militar do planeta.

Embora os obamistas compartilhem vídeos em que o ex-presidente “alertava” para o risco de uma pandemia global afetar os Estados Unidos, ele não fez absolutamente nada que possa ser considerado como medidas de prevenção ou mitigação para a crise que hoje afeta o país.

Os eleitores americanos certamente podem se lembrar disso e transferir a cobrança da fatura para Biden, que por sinal era vice-presidente quando nada fora feito para proteger a saúde e a economia dos Estados Unidos.

Republicanos e democratas serão cobrados. “Por que ficamos trancados em casa vendo nossa economia sufocar?”, “Por que enfrentamos desabastecimento?”, “Por não temos máscaras de proteção e álcool gel disponíveis para comprar?” “Por que nos faltam respiradores?”. A lista de perguntas é curta diante dos vários pontos que surgirão e Washington terá a dura tarefa de esclarecer.

Para os quatro pontos citados acima, a reposta é uma só: os Estados Unidos não produzem o que precisa. Gradualmente, desde Jimmy Carter, a América foi transferindo para China suas linhas de produção. Como se vê acima não só de quinquilharias, mas de insumos vitais. Algumas projeções indicam que 80% dos compostos dos medicamentos que os americanos consomem são made in China. Quando o quesito é antibióticos, o quadro é ainda mais estarrecedor. Simplesmente 97% da produção é chinesa. O que o coranavírus fez foi expor a profundidade do problema americano.

Se os democratas forem cobrados pela apatia e talvez cumplicidade com a crise atual, o jogo eleitoral ficará ainda mais enroscado. É que nesse quesito, Trump tem a vantagem de ter dito que lá na campanha de 2016 que os Estados Unidos precisavam recuperar sua indústria de base. E antes da pandemia, ele já havia conseguido geram 500.000 postos de trabalho em manufaturas em solo americano.

Aqueles que experimentaram o gostinho de voltar a ter renda, a viu aumentar nos últimos anos, ou aqueles que ainda tem emprego, vão se lembrar do slogan “Make America Great Again”. E se isso acontecer, a fatura também será apresentada para os democratas.

Os protestos contra o confinamento são um sintoma disso. E as reações da esquerda americana diante da insatisfação dessa parcela da população mostram que eles não transferiram a experiência de 2016.

Assim como quem menosprezou os eleitores de Trump como sendo racistas, burros, toscos ou jecas, os democratas apontam o dedo para quem questiona o isolamento como se fosse um grupo de genocidas e obscurantistas. O típico monopólio da virtude que liberais (no conceito americano) e progressistas no geral consideram possuir.

Trump se elegeu com ajuda de gente esquecida e desprezada. O mesmo pessoal que hoje, lá no subsolo – bem longe do Olimpo dos dos descolados da Califórnia, burocratas de Washington e bacanas de Nova York – está falido.

O coronavírus entrou na campanha. É claro que Trump pode perder a eleição – por causa do vírus ou não. Mas eu não apostaria nem um centavo na euforia dos cabos eleitorais a peste. O jogo ainda está sendo jogado.

20 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 20 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Mauricio Conde

    ± 2 dias

    Pessoas fazendo confusão. Trump patinou no início do combate ao vírus. Mas depois fez os ajustes necessários, deu apoio ao distanciamento social e a testagem em massa da população. É totalmente diferente da postura do nosso presidente. Trump tem a favor o histórico de anos anteriores de quem colocou a economia americana nos trilhos. Já o daqui não. A conta ficará mais cara para o brasileiro do que para o americano. Fato.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      D. L. Paiva

      ± 9 horas

      Esqueceu que aqui o stf, o senado e a câmara federais não deixam o Presidente trabalhar?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    TIAGO SILVA

    ± 2 dias

    It's the economy stupid! Ja dizia o estrategista de Bill Clinton na campanha contra o Bush Pai. Essa eleição vai depender o quao rápido Trump vai conseguir retomar a economia e os empregos perdidos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    GG

    ± 2 dias

    Por falar em ciência .... se os governadores, prefeitos, políticos e administradores públicos conhecessem a Teoria dos Prospectos de Kahneman e Tversky (1979) nunca teriam decretado o confinamento horizontal. Kahneman e Tversky (1979) provaram que o ser humano tem maior aversão ao risco em escolhas que envolvem ganhos e uma propensão ao risco em decisões que envolvem perdas, ou seja, na certeza de perder trabalho e renda, perder sua possibilidade de sobrevivência, o ser humano prefere correr o risco e vai sair para a luta, para trabalhar. Aquele que propuser ir a luta terá seguidores e será aquele que é percebido como o LÍDER

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lucio Araripe de Abreu e Lima

    ± 2 dias

    O dinheiro manda. O capitalismo "raiz" é o mesmo em qualquer lugar. Onde tiver mão de obra barata, lá se vai a fábrica. Aquela coisa de "comunista" já era. Acabou-se há muito tempo. Na china não tem nenhum SINDICATO para encher o **** dos patrões. É isso que o dinheiro quer. Democracia (?) tudo bem, pra gente falar mal do presidente, xingar o Supremo , falar mal do governo, essas coisas. Mas, o que interessa é o lucro. Lá o operário trabalha muito e por pouco. A China está comprando o mundo. Vamos aprender mandarim...Já o VOTO, é AFETIVO. Não tem lógica.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 3 dias

    Leonardo é preciso aprofundar sob qual contexto houve a desindustrialização americana. A critica aos grandes trusts são bem antigas e agora parece que a coisa se acentuou. A esquerda americana deu as costas para o hillbily deles. E o ganho de grande escala das grandes corporações foi absurdo. Lógico emponderou o inimigo chinês. O capitalismo terá que se reinventar para prosseguir sendo o melhor modelo. O mundo se beneficiou dos produtos barstos chineses e agora escancara aqueles países que tinham salários que já não condiziam com a capacidade técnica e produção barata. A equaçao é dificílima. O Brasil pode se beneficiar, atraindo empresas que precisam de mão obra barata.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • E

      eneida

      ± 2 dias

      Difícil o Brasil se beneficiar. Gostam da China porque lá o empregado não tem nenhum direito trabalhista. Aqui apenas o empregado tem direitos. Quem vai querer?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nissim lopez

    ± 3 dias

    Excelente artigo. Contra os simplistas que torcem pelo vírus, para eventualmente derrubar governos. O povo não é tão tolo como alguns ‘catedráticos’ pensam.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eden Lopes Feldman

    ± 3 dias

    Em resumo: as mídias sociais substituíram os órgãos de imprensa tradicionais na formação de opinião. Trump e Bolsonaro são o contraponto das formas ideológicas de políticos socialistas. Basta isto para entender por que continuarão tendo o apoio da maioria. Mesmo com com a intensa campanha contrária da mídia . Este é o fato. Todos queremos modernização e resultados. Cansamos dos políticos de fala mansa e arrumadinhos. Queremos atitudes e não conversa fiada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • U

    um brasileiro

    ± 3 dias

    Será que o Leonardo não soube dar estrição de voo da China pelo Trump quando foi atacado pelos democratas, ou "se esqueceu" para poder escrever a matéria no estilo "Hilary vai ser eleita em 2016" A Gazeta precisa encontrar gente mais bem informada sobre os EUA, mas não pela cartilha da CNN e do NYT

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lea

    ± 3 dias

    Trump não é tão "destrambelhado" (sou mineira, uai!) quanto pensam!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MAURO USA

    ± 3 dias

    TRUMP 2020 BOLSONARO 2022

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Josphin

    ± 3 dias

    O mesmo se aplica ao Brasil. Muitos governadores e prefeitos estão crentes que se beneficiarão com essas politicas isolacionistas e de fechamento quase total da economia, inclusive com detenção de populares que querem apenas trabalhar, mas prevejo que o tiro sairá pela culatra e que os eleitores darão a resposta nas urnas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 3 dias

    Como disse o Geraldo aí em baixo, qualquer semelhança com o Brasil, não é mera coincidência, eheheh... Tal lá como cá, a esquerda, os progressista, os "liberais/socialistas americanos usam e abusam da narrativa de que o Trump é o culpado pelas mortes e pela disseminação do COVID-19. Mas, podem esperar, o tiro saíra pela culatra, né? Em tempo: Vc diz que os democratas não trabalham para aprofundar a crise? Ingenuidade, meu prezado. Esquerdistas tem método. E o quanto pior, é muito melhor pra eles. Pelo menos é o que eles acham. São imorais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Geraldo Emanuel Prizon

    ± 3 dias

    Qualquer semelhança com um país chamado Brasil e mera coincidência..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mário Kume

    ± 3 dias

    O mesmo comentário cabe aqui no Brasil. O Bolsonaro se elegeu às custas dos sempre contrariados eleitores que não aguentava mais tanta roubalheira e mentiras no poder. Agora, se ele age como um grosso batendo de frente com tudo que ele acha errado é o jogo. Pelo menos não temos fumaça de roubos no governo federal...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Vanderli Camorim

    ± 3 dias

    Um artigo que ñ saiu do lugar comum da disputa política entre o ruim é o péssimo. O vírus está aí, desafiandor. Ao mesmo tempo que ajuda o argumento dos que defendem a economia autárquica, fica a descoberto que não se entendeu ate aqui a importância da divisão internacional do trabalho. O vírus não será vencido sem essa cooperação e a humanidade poderá retroceder anos, décadas é até séculos se não a entender, o que trará beneficios aos argumentos em favor do governo totalitario o que significa que a america ajuda a china a permanecerno que ela é ao mesmo tempo que torna uma america igual a eles. A america combate o comunismo se convertendo em um deles.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JHGL

    ± 3 dias

    Sem dúvida foi o melhor presidente americano desde Richard Nixon. Antes não me lembro, portanto não posso opinar...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      AJAS

      ± 3 dias

      Você quis dizer Ronald Reagan, não?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz gs

    ± 3 dias

    Trump sempre fez um otimo trabalho, mas eleitor tem memoria curta, a epidemia se não logo tratada pesara muito no fator reeleição ,sem duvidas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.