i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Leonardo Coutinho

Foto de perfil de Leonardo Coutinho
Ver perfil

Brasil, América Latina, mundo (não necessariamente nesta ordem)

Impeachment

Trump e o PSOL americano

  • Leonardo CoutinhoPor Leonardo Coutinho
  • 20/12/2019 17:44
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump| Foto: Brendan Smialowski / AFP

Os jornais americanos circularam nesta quinta-feira (19) com a mesma manchete. A aprovação, na Câmara dos Representantes, da admissibilidade do impeachment do presidente Donald Trump. Talvez esta tenha sido a notícia mais esperada pelos jornalistas americanos (e muitos brasileiros) desde o anúncio da vitória de Trump em novembro de 2016. Para eles, Trump assumiu fadado a cair.

Ainda na transição, em dezembro de 2016, brotaram, simultaneamente nas páginas do The New York Times e The Washington Post, as primeiras evidências de que a Rússia havia interferido nas eleições americanas em favor, é claro, do então candidato republicano. Desde então, milhões de dólares dos contribuintes americanos foram torrados em investigações que chegaram à conclusão de não existiam provas que permitissem atestar o conluio entre Trump e os russos.

Na segunda semana de janeiro de 2017, dias antes de sua posse, Trump foi alvejado por um dossiê apócrifo de 35 páginas que entre vários malfeitos descrevia o que seriam suas perversões sexuais. O documento, que rodou por várias redações antes de ser divulgado pelo site BuzzFeed, enredava ainda mais o presidente-eleito com a conspiração russa, não durou muito. Descobriu-se ter sido montado por um pessoal muito bem remunerado que prestava serviços de consultoria para campanha de Hillary Clinton e o partido Democrata, conforme confessou um dos autores do dossiê fajuto.

Trump assumiu a presidência sob a ameaça permanente de impeachment. Havia até quem apostasse que o seu vice, Mike Pence, o substituiria ainda no primeiro ano de governo. Um dos sintomas foi a fila de representes estrangeiros que procuravam o vice fazendo circular em Washington que "todo mundo" já havia entendido que era uma questão de (muito pouco) tempo para o afável ex-governador de Indiana tomar as rédeas do país. Algo que Pence nunca demonstrou esforço para que acontecesse. Aliás, ele jamais se deixou encantar por essa teoria.

Foi assim que rodaram as engrenagens da oposição e da imprensa nesses quase três anos de administração. Na cabeça deles, Trump esteve e sempre estará a um passo do impeachment. Mas a vontade conversa com a realidade?

Para fins didáticos, a manobra que resultou na admissibilidade do impeachment de Trump pode ser comparada aos sem número de pedidos de impeachment que o PT apresentou nos tempos de FHC e ao esforço extraordinário que a legenda do ex-presidente Lula, PSOL e seus amigos fazem desde a eleição passada para abreviar o governo de Jair Bolsonaro. Não há racionalidade alguma. É demarcação de posição entre os políticos profissionais e pura reação emocional e afetiva da massa. Quem não gosta do Bolsonaro não vai passar a gostar. Assim como quem odeia o Lula é quase impossível de voltar a votar ou seguir a seita petista. É do jogo. E nos Estados Unidos também é assim.

Montagem publicada pelo presidente americano Donald Trump recentemente em seu perfil do Twitter
Montagem publicada pelo presidente americano Donald Trump recentemente em seu perfil do Twitter| Reprodução

Trump é odiado pelos democratas simplesmente por ele ser o Trump. Algo é certo: por mais que o presidente seja bom de briga nas redes sociais e confronte algumas das bandeiras caras da esquerda americana, ele seria achincalhado da mesma forma ainda que ficasse caladinho dentro do salão oval fazendo a América grande novamente. Ao mesmo tempo, Trump é amado justamente por ele ser o que é. A ideia que tanto assombra a esquerda, mas que alenta quem apostou nele para comandar o país. Esse segundo grupo foi ridicularizado nas eleições e até agora. Um erro que cegou e cega muita gente que tenta "interpretar" a América e tem sido replicado em terras brasileiras.

A mensagem dos rivais dos democratas predomina e faz parecer que o presidente americano vive com a corda no pescoço. Mas no mundo real, a coisa é bem diferente. A aprovação dele nunca esteve abaixo de 40%. Aliás, a movimentação na Câmara dos Representantes irritou muitos americanos, mesmo aqueles que jamais vestiram o bonezinho vermelho da campanha republicana.

Nem todo mundo que é crítico ao presidente Trump se comporta da mesma forma que esquerdista brasileiro que acredita em tudo que o partido vende como verdade. Há uma forte rejeição ao esforço constante de derrubar o presidente no tapetão. Com processos longos e custosos que, com o mínimo de serenidade é possível ver que, são fadados ao fracasso.

O resultado disso é que as pesquisas indicam que o apoio ao presidente tem subido significativamente entre os cidadãos. Mais do que querer ver o Trump pelas costas, muitos contribuintes americanos querem ver seus impostos corretamente empregados. Até agora, os democratas só se mostraram bons de barulho e de desperdício de tempo e dinheiro. Talvez isso explique o fato de que 51% dos americanos entrevistados rejeitem a ideia do impeachment.

Quando o presidente Jair Bolsonaro fez a sua primeira visita oficial aos Estados Unidos, em março desde ano, a imprensa americana passou a chamá-lo de Trump dos trópicos. Uma comparação nada elogiosa, se tratando da forma que o presidente americano é tratado pela esmagadora maioria do noticiário. Talvez valesse a comparação de que Trump tem o seu PSOL temperado. Quase fio, mas tão estridente quanto o brasileiro.

Engolfados em uma eleição que está batendo à porta, os pessolistas americanos, mesmo sabendo que muito dificilmente o impeachment será aprovado no Senado, jogaram todas a fichas em um processo que eles calculavam poder desgastar a imagem do presidente. Para a plateia foi um sucesso. Mas com a economia bombando e o presidente de bem com seu eleitorado, é possível que tudo não passe das manchetes que quinta-feira.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 11 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • T

    THIAGO

    ± 18 dias

    O ódio deles é ver que o país está indo pra frente acentuadamente depois de limparem todo o câncer instalado no país pela esquerda...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cleise Ellen Franco

    ± 19 dias

    Como no Brasil, a esquerda só atrapalha e torce contra o país. Quanto pior, melhor para eles.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Hélio

    ± 19 dias

    Alguma semelhança entre esse BUZZ FEED e o nosso INTERCEPT, ou apenas mera coincidência ? Não percebem que a velha estratégia, já não cola mais. Tanto lá nos EUA como aqui, o que temos que fazer é terminar faxina no parlamento!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    All Jr

    ± 19 dias

    Esquerdopatia é o nome da doença que acomete essa turma. Esquerdalha sempre age da mesma forma, lá e cá... já se tornou cansativo ouvir as mesmas bobagens e loucura desse pessoal. Pelo menos conseguiram fortalecer ainda mais Trump para 2020.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 20 dias

    É isso Coutinho, lá como cá, a esquerdalha não aprende nada não sabe nada. Hipócritas como são, tem a mídia mainstream a sua disposição, mas o povo está acordando. Ambos se reelegerão.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Matheus

    ± 20 dias

    Quem dera o incompetente Bolsonaro fosse 10% do Trump

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      Admar Luiz

      ± 20 dias

      O petralha, quem destruiu o país economicamente? Quem roubou até a"alma" da estatais para um projeto de poder e para enriquecer os "cumpanheiris"? Que formou a maior OCRIM que tinha como líder o Lularapio - preso por corrupção e que foi solto graças aos "amigos" togados lá do STF? Goste ou não do Bolsonaro seu governo esta fazendo a coisa certa. Os números o dizem, né prezado? Tal como o Trump - a esquerda hipócrita e corrupta - vai ter que aturar o Bolsonaro firme e forte. eheheh...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Indio do Brasil de Paula Neves.

    ± 20 dias

    Sua matéria é a constatação de uma realidade que vivemos aqui no Brasil também. Bolsonaro que se cuide, está sendo caçado pela esquerda e pela mídia. Mas não se enganem, o povo está ao seu lado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    André PC

    ± 20 dias

    Esquerdistas só sabem fazer barulho e chorar. Chora mais, chora!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Baulé

    ± 20 dias

    e Bolsonaro 2022. A oposição ressentida e raivosa é incompetente e inconsequente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 20 dias

    Trump 2020

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]