i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Lúcio Vaz

Foto de perfil de Lúcio Vaz
Ver perfil

O blog que fiscaliza o gasto público e vigia o poder em Brasília

Contas públicas

Fiscal dos políticos: o privilégio eterno para a saúde dos senadores

  • PorLúcio Vaz
  • 07/10/2019 12:23

A facilidades de acesso ao plano de saúde do Senado durante décadas resultou num elevado número de filiados. Além de 78 senadores, há hoje 191 ex-senadores filiados ao plano especial, além de seus cônjuges. E sete das 10 maiores despesas feitas mediante reembolso são de ex-senadores. As mais elevadas chegaram a R$ 300 mil e R$ 395 mil. As despesas de reembolso de ex-senadores e cônjuges já atingiram R$ 1,9 milhão neste ano. Despesas com utilização da rede credenciada por senadores e ex-senadores, incluindo cônjuges, chega a R$ 4,2 milhões. Nesse caso, não há segmentação entre as despesas de senadores e ex-senadores porque o faturamento realizado pelo sistema do Saúde Caixa não contempla essa separação. O jornalista Lúcio Vaz mostra as principais aberrações, como o caso de um senador que ficou 16 dias no cargo e abocanhou um plano de saúde vitalício.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    jussara carvalho motta

    ± 0 minutos

    Adoro suas matérias.. sou da área de planejamento e orçamento público. Lúcio faz uma matéria dos gastos do Ministério Público... Se precisar eu ajudo com dados... parabéns...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCO ANTONIO MENDONÇA FARIAS

    ± 3 dias

    O Ministério Público precisa agir contra essas barbaridades que concedem privilégios aos senadores e de****dos federais porque violam a Constituição Federal quanto ao princípio da moralidade pública.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 3 dias

    Alguém tem que arguir a inconstitucionalidade desse absurdo. É uma imoralidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.