i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Luiz Felipe Pondé

Foto de perfil de Luiz Felipe Pondé
Ver perfil

Carnaval é democrático?

  • Por Luiz Felipe Pondé
  • 09/03/2020 00:01
Carnaval é democrático?
| Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Há várias formas de entendermos a democracia. Desde a Atenas do século 5.º a.C. até hoje, a democracia se transformou de um regime direto em um regime representativo que, provavelmente, os atenienses não considerariam uma democracia de fato.

A democracia é essencial, antes de tudo, por causa da separação e do conflito entre os poderes, limitando assim o poder em si: as várias instituições com poder limitam uma a outra. Mas, concordo que essa compreensão se afasta em muito do entendimento que faz o senso comum de democracia como um "regime do povo nas ruas".

E aqui o senso comum é transversal em todas as classes sociais: de pobres a ricos, muitos não conseguem entender que democracia não é um regime do povo, mas, sim, prioritariamente, um regime de instituições representativas que devem organizar e solucionar os conflitos da sociedade.

Comportamento autoritários são, muitas vezes, praticados por parte da população, incluindo gente proveniente de setores menos vulneráveis.

Pensemos num exemplo que parece banal, mas não é. Seria o Carnaval um exercício de democracia? Muitos o consideram hoje uma ferramenta política em vários sentidos: feministas, ativistas do clima e de gênero, bolsonaristas e afins.

Aqueles que assim o pensam sustentam que o caráter democrático do Carnaval se faz presente na medida em que, como dizia uma velha marchinha de Carnaval baiano (nasci no Recife e vivi na Bahia, ao todo, cerca de 25 anos, por isso conheço o Carnaval do Nordeste por dentro), "a Praça Castro Alves é do povo, como o céu é do avião". Isto é, a ocupação livre da cidade mediada pela vontade popular seria um indicativo de valores democráticos.

Entretanto, há controvérsias nesse argumento. Existem atitudes autoritárias que brotam do chão no cotidiano das ruas e não apenas do poder Executivo. A dinâmica do Carnaval, me parece, é um desses casos: há traços de autoritarismo social no Carnaval, e ele é, cada vez mais, invasivo da rotina da cidade.

Esse caráter autoritário e invasivo se manifesta, antes de tudo, no que o filosofo Immanuel Kant (1724-1804) chamaria de categorias a priori de sensibilidade, espaço e tempo. O Carnaval, à medida que cresce, sequestra a cidade, acuando quem não participa dele, logo, invadindo o espaço de todos.

Por outro lado, cada vez mais começa antes da data oficial e cada vez mais termina depois da data oficial, sequestrando o tempo e o calendário. Mas, como todo ato autoritário, quem o pratica está entusiasmado com sua própria alegria. Alguém duvida do Eros implicado no exercício do autoritarismo?

O fato é que mesmo a turminha politizada e ideológica (o Carnaval tem crescido como plataforma ideológica, aliás, como tudo o mais) em seus bloquinhos sujam a cidade de forma absolutamente totalitária e invasiva. Mijam (para não dizer coisa pior) nas ruas dos outros, às vezes, mesmo, com gritos de "direito de apropriação do espaço público".

Samurais gourmet com coques na cabeça, feministas empoderadas, apocalípticos do aquecimento global dão provas da sua alegre incivilidade em toda parte.

Como respeitar um desses personagens que andam falando por aí em nome da democracia depois de vê-los darem uma mijada no seu muro ou na árvore na praça onde você mora?

E sabe quem vai limpar essa sujeira no dia seguinte? Provavelmente evangélicos não tão branquinhos como a maioria dos foliões e que, possivelmente, nem participaram da "festa democrática" abusiva. Esses mesmos evangélicos que os branquinhos que mijam por aí acham um horror de preconceituosos.

O Carnaval é, também, uma grande festa do capital. Por isso, cresce exponencialmente em São Paulo, cidade mais rica do país.

Afinal, o Carnaval é uma festa democrática? A conclusões nesse âmbito é difícil de se chegar. Arriscaria dizer que há um componente democrático no Carnaval de teor popular espontâneo, e, por isso mesmo, podemos ver que a espontaneidade da vontade popular é, às vezes, bastante autoritária e invasiva, ao contrário do que pensa nossa vã militância festiva.

13 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 13 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • D

    Denis Grujicic Marcelja

    ± 1 dias

    Diga-se o mesmo do futebol... Perfeito!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MORALES

    ± 2 dias

    Ainda tentando explicar o absurdo da última coluna. O remendo não colou. Ainda piora a situação quando se mostra preconceituoso. Vai se tratar e pare de querer dar lição em quem quer que seja. Você precisa de ajuda profissional mais do que seus ouvintes. Acredite.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zyss

    ± 2 dias

    Carnaval não é democrático nem mesmo com o dinheiro público, é sempre aquele mesmo cantor dos mesmos anos recebendo aquele dinheiro público suado dos nossos impostos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Júlio Lins

    ± 2 dias

    Achei o texto bem preconceituoso. "Evangélicos fazem a limpeza". Por quê? Todos os lixeiros são evangélicos? Somente evangélicos fazem serviços de limpeza? Evangélicos são o extrato inferior da sociedade?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JoseHumberto

    ± 2 dias

    - Gostaria de saber o percentual da populacao qua APOIA o carnaval.... (????)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 2 dias

    Vc viu algum ativismo bolsonarista no carnaval Pondé? Onde? Muito pelo contrário, né? Quando ao carnaval, concordo, é uma por caria, literalmente. Democracia dizem é a vox populi vox dei, hummm Concordo também, as instituições é que delimitam os poderes , pesos e contrapesos. Esse negócio de dizer que povo tem sabedoria já vimos no que deu, né não?.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alfredo Augusto Lima de Aguiar

    ± 2 dias

    Em breve na Globo Play o filme: Suzi, a trans incompreendida pelo Brasil.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Cavalcante

    ± 2 dias

    Pseudo-filósofo de mierda. Em terra de ignorantes e mal educados é um gênio.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    SAW

    ± 2 dias

    Então esquerdistas pulam carnaval e evangélicos fazem a limpeza. Sinceramente, um reducionismo intelectual para forçar a barra em encontrar a guerra fria em qualquer lugar. Até parece qua a galera da direita só tem gente carrancuda e que não se diverte nesta semana. Pondé, precisa ponderar um pouquinho mais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marco M.

    ± 2 dias

    Acho que essa briga é de coletivismo e individualismo. O Carnaval está se transformando numa grande festa coletivista, a democracia tende a ser coletivista, mas não necessariamente. Mas o que você quer chamar a atenção é para o individualismo. Uma democracia perfeita seria com respeito ao indivíduo. Um grupo nunca pode ter mais poder que o indivíduo. Se a festa perturba alguém ou tem consequências então tem que ser respeitado o direito dos outros indivíduos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    André PC

    ± 2 dias

    Perfeito! SP está se tornando uma cidade insuportável de se viver, principalmente no carnaval. Que Deus ajude SP!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rita Lina

    ± 2 dias

    Muito bem falado. Parabéns pela coragem. Penso igual mas me acham antidemocrática. Grata por dar voz a muitos que pensam da mesma maneira.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.