(Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo)
(Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo)| Foto:
(Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo)

(Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo)

Um dos astros do UFC Curitiba, Anderson Silva disse nessa terça-feira (29), no evento de lançamento da venda de ingressos do evento, que não tem problema em comentar seu caso de doping. O Spider foi pego no ano passado pelo uso de esteroides anabolizantes. Ele alegou, porém, que utilizou um estimulante sexual contaminado.

“É aquele negócio. Sai de bombado para brocha muito rápido. Mas está tudo bem, está tudo certo. Se eu tivesse tomado anabolizante teria a voz grossa”, brincou o atleta de 40 anos, que garante que o caso não vai manchar sua carreira no esporte.

“As pessoas podem falar o que quiserem”, reiterou o ex-campeão dos médios (até 84 kg).

Anderson também revelou que tem vontade de enfrentar mais três lutadores no UFC. Além de Nick Diaz, seu adversário na luta em que foi pego no doping – na ocasião o brasileiro venceu, mas o resultado foi revertido para um No Contest (luta sem resultado) – e de Michael Bisping, algoz no retorno ao octógono em fevereiro, ele surpreendeu ao contar que tem vontade de lutar contra o irlandês Conor McGregor, atual campeão peso-pena (até 66 kg).

“Um desafio que gostaria de ter na minha carreira é tentar baixar de peso lutar com o McGregor. Não sei, vou ter de falar com o Giovani [Decker, presidente do UFC no Brasil] para casarmos essa luta. Ele [McGregor] me oferece um grande desafio para o que estou buscando de conhecimento marcial”, falou.

“Ele é um atleta muito eclético, versátil, um estilo que pode surpreender muita gente, como já surpreendeu. Acho ele um excelente lutador e um cara muito inteligente”, completou.

Na última vez que entrou no octógono, Conor perdeu para Nick Diaz Nate Diaz na categoria meio-média (até 77 kg). No início da carreira, Anderson lutou nesse peso, mas atualmente seria muito difícil para o ex-campeão conseguir vencer a balança dessa divisão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]