Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Brasileiro confia mais em Mandetta que em Bolsonaro
| Foto: Carolina Antunes

Você confia no presidente Bolsonaro ou no ministro Mandetta para gerir a crise do coronavírus? 57,6% dos brasileiros optam pelo ministro da Saúde, 37,5% pelo presidente da República e outros 5% não sabem em quem confiar. É o que mostra levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas nos dias 6 e 7 de abril, antes dos passeios de Bolsonaro pela padaria e farmácia.

Mais da metade dos entrevistados, 56,2%, acredita que o presidente não está conduzindo a crise de maneira adequada. 38,7% consideram que Bolsonaro conduz a crise de forma adequada.

Para 2 em cada 3 entrevistados, o ministro Mandetta está conduzindo a crise de forma adequada. 28,7% consideram que o ministro não conduz de forma adequada e outros 5% preferem não opinar.

O número dos que aprovam a condução do ministro da Saúde coincide com o percentual da população que considera adequada a forma como tem sido feito o distanciamento social no país.

A opinião sobre o ministro Mandetta não varia muito entre homens e mulheres e os percentuais parecem mais relacionados ao distanciamento social que à figura do ministro em si. É muito similar o percentual dos que consideram adequada a quarentena e os que consideram a condução do ministro correta.

Já no caso do presidente da República, a aprovação não tem relação direta com a aprovação ou não do distanciamento social. Outros fatores influenciam os eleitores. O descontentamento com a figura de Jair Bolsonaro é muito maior entre mulheres, pessoas com nível superior, jovens e idosos. Homens e pessoas que têm ensino fundamental são os mais generosos com a avaliação do presidente, ainda assim, a maioria o considera inadequado.

Você pode ter acesso ao levantamento completo do Instituto Paraná Pesquisas CLICANDO AQUI.

38 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]