i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Madeleine Lacsko

Foto de perfil de Madeleine Lacsko
Ver perfil

Reflexões sobre princípios e cidadania

Extremismo, mitagem e lacração garantem o sucesso dos políticos na mídia

Levantamento com mais de 50 mil reportagens mostra que discurso radical compensa mais para os políticos do que trabalhar.

  • Madeleine LacskoPor Madeleine Lacsko
  • 17/02/2021 16:20
Daniel Silveira - prisão
| Foto: Reprodução/Instagram

A bancada da live veio para ficar ou os eleitores vão perceber que eles não entregam? É uma pergunta complicada e que não se restringe à realidade brasileira, repete-se em todo o mundo. A sensação de que o ambiente político se radicalizou é generalizada e não tem explicações fáceis, a não ser entre os próprios radicais. Existe uma conjunção de fatores, passando pela evolução tecnológica e economia, que acabaram contribuindo para a radicalização.

O Think Tank "The Conversation", fundado por várias das universidades mais importantes dos Estados Unidos, acaba de publicar a análise de uma compilação de vários estudos que ajudam a explicar a radicalização política. Quanto mais radical, seja de esquerda ou de direita, mais espaço o político terá na mídia tradicional. Não se trata de opinião, mas de fato, apontado por levantamento de mais de 50 mil reportagens nos últimos 20 anos.

É possível alegar que é natural colocar no noticiário o que mais chama a atenção, mas seria uma explicação bastante simplista. Afinal, por que houve uma mudança sobretudo a partir de 2010 e antes não era assim? Sempre o noticiário foi sobre o que mais chama a atenção. Os professores universitários Johanna Dunaway, Jeremy Padgett e Joshua P. Darr acabam de publicar um artigo com exemplos práticos de como as mudanças no mercado da comunicação dos Estados Unidos têm um reflexo claro na qualidade da política, sobretudo no Legislativo. É uma análise que também vale para o Brasil.

Quando alguém reclamava da qualidade do parlamento brasileiro com Ulysses Guimarães, ele advertia que a próxima legislatura seria pior. Sempre parecia inacreditável. Houve tempos em que o fundo do poço foi um Enéas aqui e um Tiririca acolá, o fisiologismo, a corrupção, as tantas chagas conhecidas da nossa política. A elas se somou outra, a "bancada da live". Não é apenas no Brasil que surgiu esse gigantesco serviço de inutilidade pública cada vez mais popular.

Dia desses, estava conversando com a deputada Janaína Paschoal sobre projetos e como dar visibilidade a ações dos parlamentares, já que o brasileiro sempre tende a pendurar no Executivo todos os sucessos e fracassos da política. A dinâmica de trabalho e as possibilidades de divulgação são muito diferentes nos Três Poderes. Na prática, somente o Executivo tem verba publicitária para anunciar em redes sociais e veículos de comunicação, o que costuma fortalecer ainda mais a visão já presidencialista do brasileiro. Falando da "bancada da live", a deputada ficou intrigada: "eu não consigo entender que hora esse pessoal trabalha". Pois é, não trabalha.

O levantamento de mais de 50 mil reportagens mostra que as mudanças na comunicação criaram uma nova possibilidade de criação de carreiras políticas, a de animador de torcida. Se, até 10 anos atrás, era preciso conjugar aparições públicas com entregas efetivas, hoje compensa bem mais para os políticos investir exclusivamente em declarações bombásticas. A "bancada da live", cujo trabalho legislativo é unicamente o de entretenimento sensacionalista, é um fenômeno mundial.

No dia de hoje aqui no Brasil vivemos mais um frenesi da "bancada da live", a prisão do deputado Daniel Silveira, um peso pesado da categoria. Foi eleito utilizando o discurso de policial, mas amargou dezenas de prisões administrativas e infrações disciplinares na polícia. Diz se orgulhar disso. Só não foi expulso da polícia porque emendou uma licença médica na outra. Como chegou ao parlamento? Xingando muito, é algo que funciona hoje no mundo todo. No início da legislatura, cheguei a fazer uma série especial em que o nobre parlamentar xingava os próprios eleitores para defender o Partido Comunista Chinês.

O mais recente trabalho videográfico do nobre parlamentar inclui passagens como "qualquer cidadão que conjecturar uma surra bem dada nessa sua cara com um gato morto até ele miar, de preferência após cada refeição, não é crime" e "por várias e várias vezes eu já te imaginei levando uma surra. Quantas vezes já imaginei você, e todos os integrantes dessa corte aí, na rua levando uma surra. O que é que você vai falar? Que eu tou fomentando a violência?". Não pense que só no Brasil mesmo porque há cópias disso no mundo todo e, segundo a análise dos professores norte-americanos, razões muito objetivas para que o grotesco funcione para alavancar carreiras.

Nos Estados Unidos, a parlamentar Marjorie Taylor Greene perdeu várias funções no Congresso após uma coleção de atuações do mesmo estilo. Entre elas, apoio à ideia de matar a colega Nancy Pelosi com uma bala na testa e enforcar Barack Obama. Fez bullying contra um adolescente que sobreviveu a um tiroteio escolar, dizendo que ele é covarde, e atraiu uma horda de ataques ao garoto. Espalhou todo tipo de teoria da conspiração maluca. Após a punição, tuitou que "acordou gargalhando" ao perceber que seus colegas eram "um bando de retardados" por dar visibilidade às suas ideias. Agora, já pediu desculpas por tudo e se diz arrependida. O fato é que funcionou para conseguir se eleger.

Outro caso emblemático é do jovem deputado Madison Cawthorn, de 25 anos de idade. Sem nenhuma realização que justificasse, acabou ganhando um enorme espaço de mídia por declarações bombásticas e rapidamente conseguiu se reposicionar após a invasão do Capitólio. Até o dia anterior parecia apoiar os manifestantes, mas saiu-se muito bem com uma versão em que considerava que houve uma distorção do conceito de patriotismo. Também teve destaque nacional. Em um email para os próprios colegas deputados, explicou que construiu a equipe de mandato muito mais focada em mídia do que em atividade legislativa.

O declínio da imprensa local é um fator importantíssimo para a radicalização política, segundo o levantamento dos acadêmicos norte-americanos. Ainda que tivessem projeção midiática com temas nacionais, parlamentares ganhavam voto pelo que realmente entregavam em suas bases. Essa cobrança era feita pela mídia local, que ficou cada vez mais enfraquecida com a nova dinâmica da comunicação, combinando redes sociais e veículos tradicionais. A solução para o político é chegar à mídia nacional, o que ele consegue radicalizando o discurso, sendo violento ou brigando com jornalistas.

O fenômeno não é o surgimento das redes sociais, mas a relação íntima entre o poder político e a forma de divulgar informações. O primeiro registro dessa interferência é feito no livro "The Image", de Daniel Boorstin, em 1962. Ganhador do Pulitzer e diretor da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, ele cria o conceito de pseudo-eventos para definir a mudança na cobertura jornalística da década de 1950 e início da década de 1960.

Nesse período começaram a surgir as entrevistas coletivas à imprensa convocadas por membros ou comissões do Congresso. Na dinâmica de trabalho dos veículos jornalísticos, isso significava necessariamente destacar um profissional ou uma equipe para aquele evento. A notícia deixava de ser um evento que se avaliava de interesse público por critérios jornalísticos, mas um pseudo-evento, a entrevista coletiva em si. Como todos os veículos cobririam, uma equipe havia sido destacada e era preciso preencher o espaço do jornal ou tempo de rádio e televisão, o pseudo-evento era promovido a evento. Foi o primeiro passo da distorção, segundo Daniel Boorstin.

O novo estudo aponta um outro marco na história norte-americana em que a mídia remodelou a estrutura do poder do Congresso, o caso Watergate. Logo após ele, foram eleitos 93 parlamentares apelidados de "Watergate babies" porque eram diretamente beneficiados pelo processo. Desta vez, o benefício não era exatamente no equilíbrio de forças políticas, mas nas novas possibilidades de conquistar poder. Até aquele ponto os políticos dependiam da combinação entre o trabalho de bastidores com outros políticos e o bom relacionamento com suas bases. Depois da transmissão televisiva do Watergate, discursos políticos incisivos sobre questões nacionais passaram a ser uma forma de chegar ao poder.

Os "Watergate babies" fizeram com que todas as reuniões de comitês passassem a ser televisionadas, o que leva um passo adiante a equação de mídia com poder político. "As táticas que fazem uma boa televisão são muito diferentes daquelas para ter sucesso no sistema de comitês. Romper com a linha do partido gera punições se os comitês são a forma de progredir e os líderes do partido controlam as atribuições. Mas essa mesma divergência com relação à linha do partido é recompensada quando a exposição na mídia se torna uma moeda valiosa: destacar-se da multidão pode atrair a atenção dos meios de comunicação que buscam destacar a controvérsia para atrair espectadores. Depois, há a mídia social, que permite aos políticos contornar repórteres e editores. Em vez de apenas esperar que os repórteres publiquem suas citações, os representantes podem tweetar e postar o que quiserem, alcançando um grande público de apoiadores e doadores", concluem os pesquisadores.

Os pesquisadores dividiram o Congresso dos Estados Unidos em 5: centro, esquerda, direita, extrema-esquerda e extrema direita. Analisaram mais de 50 mil reportagens dos principais veículos sobre temas nacionais e concluíram que os políticos dos extremos recebem muito mais atenção da mídia do que os moderados ou de centro. Conflito faz sucesso na televisão e mais ainda nas mídias sociais. Os políticos recebem hoje todo incentivo para não trabalhar e passar o dia causando. Não há nenhum retorno positivo por trabalhar atendendo os eleitores, já que esse tipo de exposição é típico de um jornalismo local cada vez mais em crise. A alternativa é buscar espaço na mídia nacional, que efetivamente dá mais oportunidades aos mais radicais.

Desde 2008 os veículos locais de mídia dos Estados Unidos cortaram metade do pessoal. No Brasil, 62% dos municípios nem têm mais cobertura local. Todos os repórteres mortos ou desaparecidos durante o trabalho e por razões de trabalho no Brasil nos últimos 10 anos são de veículos locais. O jornalismo local fortalece os eleitores porque tem o foco no que interessa, o trabalho realizado pelo parlamentar. Quando ele deixa de existir, o político vai usar as armas que tiver para se manter na mídia. Fazer absurdos, xingar, causar e perseguir jornalistas tem dado bem certo. Por que vão parar?

Houve um breve período em que se imaginou uma rivalização entre veículos tradicionais e mídias sociais, mas o mercado é rápido em se acomodar. Não foi diferente desta vez. Atualmente, um dos principais motivos de uso de redes sociais, troca de mensagens, likes e comentários é o compartilhamento de notícias. Por outro lado, a maioria dos acessos a noticiários é feito por meio das redes sociais. A situação se acomoda assim também por questões econômicas. Empresas de telecomunicação dão acesso gratuito às redes sociais pelo celular, mas cobram o acesso aos sites dos veículos de comunicação.

A mudança no cenário também teve impacto na forma como os veículos nacionais se comportam, dando cada vez mais visibilidade aos mais radicais, sejam entrevistados ou nos próprios quadros. Para os pesquisadores, se esse processo não for enfrentado, não é possível enfrentar a radicalização política. "Qualquer solução exigiria mudança no noticiário nacional de TV. As redes poderiam apresentar uma variedade de pontos de vista em vez de ir para os extremos, incluir mais perspectivas de jornalistas locais ou dar holofotes a acordos tanto quanto às divergências,o que ajudaria a reverter essa dinâmica", dizem os pesquisadores.

Hoje, a Câmara dos Deputados distribuiu as relatorias do orçamento da União, começou a discutir a obrigatoriedade do teste do pezinho ampliado no SUS, iniciou discussões sobre crédito para pequenos e médios produtores rurais, apresentou uma proposta nacional para renegociação de aluguéis não residenciais atrasados na pandemia, entre várias outras coisas. O que faz mais diferença na sua vida, esses temas ou a nonagésima primeira prisão de um deputado que só não foi expulso da polícia porque conseguiu se eleger xingando e fazendo ameaça? Qual informação foi mais entregue a você, a mais importante ou a que faz um entretenimento melhor?

Está muito na moda buscar o pecado original em tudo, quem foi o primeiro culpado. Se foi golpe ou não, se apoiou Lava Jato, se fez o impeachment do Collor, se esteve ao lado da ditadura militar. Nada disso nos tirará desse atoleiro. O que está em discussão não é uma competição por culpa na radicalização entre políticos e mídia, mas uma solução para esse hospício em que nos metemos. É fato que compensa muito mais para um parlamentar fazer vídeo xingando do que trabalhar no orçamento do país, aliviar empreendedor que naufragou na pandemia ou garantindo a saúde das próximas gerações. Isso não vai mudar se ninguém der o primeiro passo.

44 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 44 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • W

    Waldemir

    19/02/2021 11:56:56

    Só complementando, já vi o bombadão Frota falando de uma tal facada e inclusive incentivando quebra quebra na paulista dos antifas, lembra? não que ache certo nem um e nem outro, é só pra frisar de como a imprensa é parcial!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • W

      Waldemir

      19/02/2021 11:18:20

      Frota, esse cara aí fazem o mesmo estilo, bombadões metidos a besta!! E com mandato na mão então, se acham donos do mundo, um foi escanteado e se bandou pro PSDB, esse vai pro partido do Roberto Jefferson!! Teatro e da pior qualidade!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • L

        LSB

        18/02/2021 20:22:02

        Artigo muito bom! E o estudo americano parece ter sido bastante “honesto intelectualmente”. Aliás, as sugestões/críticas apresentadas fazem sentido. Entretanto, farei duas observações: (1) a tese da cobrança da imprensa local simplesmente não se aplica ao Brasil. Lá o VOTO É DISTRITAL PURO, logo HÁ um representante do distrito o qual a mídia irá cobrir e cobrar. Aqui os “eleitos” pelo sistema PROPORCIONAL são os amigos do rei q recebem mais verba para “santinhos” ou saem nas fotos/eventos com os caciques (o q garante a vantagem marginal entre seus pares e suas respectivas “eleições” já q apenas pouco mais de 10 parlamentares conseguiram SOZINHOS votos suficientes p serem eleitos). Resumo: —>

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        3 Respostas
        • L

          LSB

          18/02/2021 20:52:51

          —> Por fim, Enéas podia ter um discurso duro ou inflexível (ou polêmico) - e até usava adjetivos fortes -, MAS vc não vai achar nos seus discursos: termos chulos ou de baixo calão, xingamentos, ofensas gratuitas, desrespeito ao interlocutor, baixaria, avacalhação, “grito de torcida/grêmio estudantil”, ataques a honra, caráter, etc em “manobras diversionistas”, etc). Em suma: se nossos políticos se comportassem/fossem pelo menos metade de como se comportava o Enéas (q, por óbvio, era um ser humano e, portanto, tb não perfeito), nosso país seria muito, mas muito mais sério do é (e, provavelmente, estaríamos melhor). Reveja seus preconceitos!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

        • L

          LSB

          18/02/2021 20:43:27

          —> (a) toda discussão política se torna nacional e “produto” uma imprensa nacional; e (b) é inviável o cidadão participar. Minha segunda observação é a seguinte: vc pode discordar 100% do Enéas, mas ele estava no extremo oposto de um “Tiririca”: primeiramente sabia o q fazia, pois conhecia como se estrutura o Estado de Direito (o q uns 95% da população não passa perto); segundo, defendia suas ideias (concorde-se ou não com elas) com ARGUMENTOS, eloquência e por meio de explanações bem articuladas e construídas (muito acima da capacidade de quase todos os políticos de hj) por meio das quais expunha c/ clareza suas posições e suas razões em defesa daquelas (concorde-se ou não). Por fim ——>

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

        • L

          LSB

          18/02/2021 20:31:27

          —> Resumo: aqui no Brasil imprensa local quase nem tem o q fazer mesmo, pois não existe parlamentar nenhum - e muito menos sendo representante DAQUELA localidade/distrito - para ser cobrado! No mais, piora esse cenário o fato de q tudo é centralizado! Nos EUA, as decisões são LOCAIS (daí legislativos estaduais e municipais são muito importantes na vida do cidadão - e é muito mais FÁCIL/acessível ao/para o cidadão participar, devido, é claro, à “proximidade” e ao “tamanho do grupo decisório” - cidade, condado, Estado). Portanto, tb, a imprensa local será importante. Aqui, além da “falta de representante”, até regra de condomínio acabar no Congresso/STF, logo: (a) ——>

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • S

        Sayd Santiago

        18/02/2021 15:37:57

        BONS MODOS X GRITO. Não minha amiga, você está equivocada! O dia dia sem disponibilidade de policiamento é muito mais impactante numa comunidade do que em nossos escritórios com ar condicionado. O jovem parlamentar apenas deu eco ao desespero dos que vivem reféns dos traficantes: as casas são geminadas e pouco oferecem de proteção. Com a “decisio” do encastelado STF, os “chapados” entram a qualquer hora, comem, bolinam as jovens e se vão. Aos pais, o silêncio. É-nos fácil, ao menor incômodo, passamos a mão ao telefone, eis então, a nossa polícia! Quanto aos moradores das comunidades… bem, eles podem suportar, ter paciência. Há momentos, minha amiga, que reclamam o grito, a luta, a guerra.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          José Roberto Cortopassi de Oliveira

          18/02/2021 15:05:38

          Gostei e muito deste texto pois se alinha com o que penso. O Congresso é a cara do povo. Ou seja, estamos mal. A educação deve ser prioridade de qualquer governo e ponto. A meu ver, manter simplesmente o tal “equilíbrio” entre os Poderes, é muito pouco. Grana, money, verdinha, isso que qualquer governo deveria ir buscar para o país. Negócios que gerem lucro e investimentos para a população. E não ficar com palavreados chulos nas redes. O presidente fala muito mal, ahhh isso fala. Mas o seu governo está gerando infraestrutura para investimentos. E é isso o que importa.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • P

            Pedro Silva

            18/02/2021 13:58:41

            Excelente texto. Pessoal está tratando opinião política como se fosse rivalida entre torcidas de futebol, inclusive com a truculência e ignorância destas. Parece que o foco é sempre o que não importa, enquanto se culpa o Executivo por tudo, enquanto o congresso e as assembléias estaduais trabalham a favor de si mesmo.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • J

              José Luiz A. C.

              18/02/2021 12:54:20

              Ao dar destaques para as opiniões extremistas, o jornalismo opta por irrigar o terreno da fofoca para atrair mais leitores. No livro Tratado Geral da Fofoca - o autor afirma que "quando fazemos fofoca de um indivíduo, colocamos nele todos os preconceitos que estão dentro de nós. E, ao fazermos isso, automaticamente nos livramos de qualquer defeito, tornando-nos modelos de perfeição. A fofoca é o dispositivo social que mantém – ou tende a manter – cada um no seu lugar. Trata-se da mais lídima expressão da burrice social”.(resenha copiada de gruposummus)

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • H

                Heinz Egon Landgraf

                18/02/2021 12:05:54

                Excelente artigo. Demonstra o caráter essencialmente venal tanto de políticos performáticos em busca de votos como de veículos de comunicação em busca de audiência, bem como a imaturidade e superficialidade dos eleitores/leitores que só se interessam pelo bombástico, pela pirotecnia midiática. Tudo tem que ser espetáculo. Parece que a sociedade regrediu para a adolescência, onde só importa o entretenimento, a diversão, a erotização e a fantasia.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • A

                  Augusto

                  18/02/2021 11:20:59

                  Excelente texto impecável. O respeito sempre sempre será a baliza entre as discórdias. Tudo tem limite.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • E

                    Edson

                    18/02/2021 11:18:51

                    Excelente artigo em que fatos, história e reflexão nos leva ao melhor entendimento do acontece no mundo de hoje.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • R

                      Reinaldo Gusmão

                      18/02/2021 10:35:42

                      PERFEITO! Não tem o que por ou tirar. Está na hora da sociedade civil, independente da ideologia, começar a por os pés no chão e ver as mazelas e distorções que está o sistema. PARABÉNS pelo seu texto!

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • A

                        AUGUSTO FERNANDES FERREIRA DE OLIVEIRA

                        18/02/2021 8:57:16

                        A ilegalidade da prisão é o que gerou engajamento nas redes. Seguindo a linha de raciocínio, Lula e Haddad seriam campeões de Live no YouTube e quando participam de lives são um fracasso de audiência.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        2 Respostas
                        • A

                          AUGUSTO FERNANDES FERREIRA DE OLIVEIRA

                          18/02/2021 12:18:16

                          Eu discordo mas entendo a linha de raciocínio e a pesquisa, só não acho que se aplique a ele. Vi uma entrevista dele a uns 2 meses e me surpreendeu muito. Acredito que muitos radicais, principalmente da esquerda militam ao invés de defender paudtas claras, mas não é o caso desse deputado.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • R

                          Rafael França de Souza

                          18/02/2021 12:10:15

                          Lê de novo, que você não entendeu. Ela fala somente que um incapaz como ele se elegeu somente pq radicaliza o discurso. Ela não julgou o mérito se a prisão foi arbitrário ou acertada.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                      • A

                        Andrey N.

                        18/02/2021 2:51:07

                        Concordo com a conclusão de que os holofotes midiáticos estão voltados para o que dá mais engajamento (lacrações em geral) e não para o que realmente importa (reformas, orçamento, responsabilidade fiscal e etc.). Mas o cerne da repercussão, na minha opinião, é a prisão ter sido, claramente, ILEGAL em diversos aspectos, de maneira que a biografia do deputado é questão secundária.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • A

                          Avlis Sotnas

                          18/02/2021 2:21:58

                          daqui a pouco o gado começa a ameaçar com cancelamento de assinatura

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • Z

                            Zyss

                            18/02/2021 1:58:39

                            Li inteiro essa porcaria de texto só de raiva. Essa tiazinha aí não entende e nunca ouvi o falar de guerra cultural. Se vc não entende isso, vira uma barata tonta no meio da discussão. Mal sabe ela que o Daniel tem QI muito mais elevado que a autora do texto que tenta criar um crítica vazia.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            1 Respostas
                            • A

                              Avlis Sotnas

                              18/02/2021 2:17:01

                              ah tá. agora a tosquisse virou guerra cultural. "tá serto"

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                          • Z

                            Zyss

                            18/02/2021 1:52:57

                            A ex assessora do Gilmar Mendes está cumprindo bem o seu papel por aqui. Abre o olho gazeta.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • Z

                              Zyss

                              18/02/2021 11:10:49

                              Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              1 Respostas
                              • A

                                Avlis Sotnas

                                18/02/2021 2:16:04

                                ui... que brabinho

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                            • R

                              Renata de Paula Xavier Moro

                              18/02/2021 1:21:19

                              Não é só na política que extremismo e histeria chamam mais a atenção e são mais noticiados - no ambientalismo também. Greenpeace, manifestantes que não vivem sem luz elétrica e água encanada, estão sempre nas manchetes. Em compensação, rarissimamente se fala dos cientistas sérios que estão se acabando de trabalhar nos laboratórios de pesquisa estudando e tentando desenvolver tecnologias e soluções sustentáveis. Ficar lacrando em mídias e redes sem apresentar soluções é falta de serviço útil com que se ocupar.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • J

                                Júlio

                                18/02/2021 0:41:22

                                Enquanto as pessoas não acompanharem a política com atenção e não lutarem por seus direito, seremos vítimas da ineficiência e da corrupção!

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • A

                                  Andre Pinheiro

                                  18/02/2021 0:20:22

                                  Extremismo? Mitagem? Bom mesmo é essa nova esquerda, arrumadinha, cheirosa, lacradora com a solução para todos os problemas do país. Estão no poder desde a redemocratização e resultado e resultado é só sair as ruas.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  2 Respostas
                                  • A

                                    Avlis Sotnas

                                    18/02/2021 2:17:49

                                    leu e não entendeu.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                  • M

                                    Madeleine Lacsko

                                    18/02/2021 0:23:26

                                    Lacradores são classificados como extremistas no estudo, está no título do artigo.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                • G

                                  Gláucio José Araújo Vaz

                                  17/02/2021 23:24:27

                                  O Depurado Daniel Silveira, prestou um grande serviço ao povo do Rio de Janeiro, quebrou uma placa com o nome de uma maconheira

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  2 Respostas
                                  • A

                                    Avlis Sotnas

                                    18/02/2021 2:20:07

                                    ah sim. policial exemplar né? representante da nova política né? pergunta pra ele sobre orçamento, ou sobre políticas de estado. ou ele é deputado pra ficar pagando de machão?

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                  • S

                                    Sartan

                                    18/02/2021 0:01:41

                                    Grande serviço mas que agradou ao gado

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                • S

                                  Stephano Zibetti

                                  17/02/2021 23:20:18

                                  Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • Z

                                    Zyss

                                    17/02/2021 23:20:21

                                    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    • L

                                      Luzalvo

                                      17/02/2021 22:38:54

                                      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      • A

                                        ABFeitoza

                                        17/02/2021 21:31:14

                                        Ótima análise. E o que dizer de um STF que dá mais atenção a isto do que a decisões importantes para a nação? São piores que o povo, pois deveriam estar à altura do posto que conquistaram ( ou para o qual se venderam?).

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                        • M

                                          Mello

                                          17/02/2021 21:12:09

                                          Ótimo artigo, parabéns. Depois de passar o dia recebendo noticias sobre o caso do deputado ler esse texto foi um belo choque de realidade. Muitas vezes parece que os radicais tomaram conta da sociedade mas a verdade é que eles são apenas os mais barulhentos e noticiados. Sinceramente, e acho que muitos aqui vão concordar, é exaustivo ficar entre um radicalismo e o outro. Precisamos avançar e sair dessa fase com urgência.

                                          Denunciar abuso

                                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                          Qual é o problema nesse comentário?

                                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                          Confira os Termos de Uso

                                          • A

                                            ALESSANDRO ALONSO FERREIRA CALU

                                            17/02/2021 20:53:35

                                            De populista a midiático fico a pensar onde esta a senha para atingir o coração do povo? Certo eh que a todo direito ou privilêgio deveria corresponder uma responsabilidade e conseguente punição proporcional.

                                            Denunciar abuso

                                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                            Qual é o problema nesse comentário?

                                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                            Confira os Termos de Uso

                                            • C

                                              Carlos Silva

                                              17/02/2021 20:39:45

                                              Excelente texto, Madá! Enquadrei alguns deputados no conceito. Do meu RS, acho que Van Hatten é o mais perfeito candidato ao parlamentar midiático. A nível nacional, Kim Kataguiri está entrando no campo das declarações bombásticas e polêmicas. Por incrível que pareça, Arthur "Mamãe Falei" está sendo comedido e fazendo um trabalho interessante no parlamento. Quem diria?

                                              Denunciar abuso

                                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                              Qual é o problema nesse comentário?

                                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                              Confira os Termos de Uso

                                              • R

                                                rafael guedes lima de souza

                                                17/02/2021 20:38:39

                                                Artigo excelente !

                                                Denunciar abuso

                                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                Qual é o problema nesse comentário?

                                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                Confira os Termos de Uso

                                                • D

                                                  Dilbert

                                                  17/02/2021 20:46:55

                                                  O artigo é excelente e os argumentos bem convincentes. Porém, creio que realmente há algo de novo nesses tempos estranhos: antes havia uma simbiose da mídia tradicional com os políticos, para benefício de ambos. Começou talvez com Kennedy e no Brasil o Collor foi o melhor exemplo de uma imagem projetada que não resistiria à 5 minutos de um jornalismo realmente investigativo. Berlusconi é outro exemplo. Desde 2011 porém o extremismo mundial saiu da toca com toda violência e precisa de mártires para manter o discurso do bemxmal. Isso a mídia não controla e se vê obrigada a lidar com esses fanáticos sem ter as mesmas armas. E só vai piorar, vide os bolsonazistas por aqui...

                                                  Denunciar abuso

                                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                  Confira os Termos de Uso

                                                  • M

                                                    Marco Aurelio

                                                    17/02/2021 19:57:25

                                                    Ótimo artigo. Pertinente. Quanto ao deputado citado, creio que ele se excedeu na forma e no conteúdo explícito de sua manifestação. Mas o pretexto é inexorável: vivemos tempos estranhos, uma pseudo-ditadura da toga. Os ministros do Supremo são motivados explicitamente por ideologias e queda de braço de poder, quem manda mais.

                                                    Denunciar abuso

                                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                    Confira os Termos de Uso

                                                    1 Respostas
                                                    • M

                                                      Mario Takewspa

                                                      18/02/2021 3:30:48

                                                      Perfeito comentário! O deputado não conhece o que seja sensatez, mas o concílio judiciário passou dos limites faz tempo!

                                                      Denunciar abuso

                                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                      Confira os Termos de Uso

                                                  • M

                                                    MARCOS GREGORIO BORGES

                                                    17/02/2021 19:46:28

                                                    Excelente texto!

                                                    Denunciar abuso

                                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                    Confira os Termos de Uso

                                                    Fim dos comentários.