i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Madeleine Lacsko

Foto de perfil de Madeleine Lacsko
Ver perfil

Reflexões sobre princípios e cidadania

Secretário do Ministério da Saúde é esculachado na imprensa por acertar

Luiz Otávio Duarte deu orientações corretas a gestores numa audiência, mas teve a reputação moída pela nova moda: o entretenimento disfarçado de jornalismo.

  • Por Madeleine Lacsko
  • [14/07/2020] [12:07]
Secretário do Ministério da Saúde é esculachado na imprensa por acertar
| Foto:

Nunca serei capaz de concluir se é por incompetência, preguiça ou implicância que parte da imprensa brasileira insiste em dar palco para preguiçoso falastrão e não ouvir quem está certo. Desta vez, a vítima foi o coronel Luiz Otávio Duarte, secretário de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, que deu uma orientação correta a diversos gestores públicos e está sendo injustamente esculachado na mídia e nas redes sociais.

Para noticiar uma denúncia contra alguém, o mínimo que se espera do profissional que ganha para isso é que leia todos os documentos e tire dúvidas com quem tem preparo acadêmico para entender aquilo. Isso não é função do público, é função de quem vive disso, de quem lucra com isso. Por uma infinidade de questões, que vão desde a evolução tecnológica até o contexto econômico, cada vez tem feito mais sucesso um tipo de espetáculo que eu chamo de "jornalismo declaratório", uma forma de enganar o público. As pessoas crêem que estão consumindo jornalismo, mas se trata de entretenimento. É o caso em questão.

Houve uma audiência na Câmara dos Deputados para discutir um problema técnico grave enfrentado em todo o país por Estados e Municípios: o pessoal que quer lucrar com o coronavírus. Um produto hospitalar custava X até ontem, você tenta comprar hoje e ninguém vende por menos de 3X. Não se trata nem da situação emergencial da pandemia, mas da emergência de ter determinados medicamentos nos hospitais, afinal os preços em alta são para todo o tipo de coisa. Como se deve proceder num caso desses? Foi esse o esclarecimento feito por Luiz Otávio Duarte, de forma correta e dentro da lei.

"Quem está na função de ordenador de despesas ou quem está na função de gestor do hospital que vai fazer a compra de tais medicamentos, é muito simples: senhores, o medicamento está acima do preço. Comprem o medicamento fundamentado em salvar vidas. Ao mesmo tempo, os senhores abram um processo administrativo ou uma simples sindicância para apurar sobrepreço do medicamento." - orientou o secretário de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde. É a orientação correta. O principal bem jurídico a ser protegido pelo servidor é a vida e, ainda que a compra seja feita com sobrepreço, o assunto não é ignorado, já que se pede a apuração.

Ocorre que tem um jeito muito mais fácil de fingir que se faz apuração de corrupção e jornalismo: investigar só um lado do processo licitatório, o do Poder Público. São entrevistas maravilhosas e comentários eletrizantes contra a corrupção que, invariavelmente, não têm consequência por não ter fundamento. Em vez de assumir o truque, se brada contra a impunidade.

Claro que seria necessário ouvir todo o trecho da reclamação dos gestores para entender a resposta. Duvido que tenham ouvido antes de esculachar o secretário. Seria dever jornalístico ir atrás de algumas licitações reais citadas por aqueles servidores e entender do que eles estão falando na prática, por onde sai o dinheiro e se há possibilidade de envolvimento de propina ali nas situações reais. Eu tive esse trabalho, vi algumas daqui de São Paulo que estão sendo escrutinadas por técnicos do Legislativo. Conversei com especialistas em auditoria e entendi a reclamação: tem gente se aproveitando da pandemia e, mesmo sabendo disso, não se pode deixar gente morrer em hospital.

Todas as investigações que nós temos visto apontam unicamente para os servidores públicos. Por quê? Porque dá muito menos trabalho a investigação e jornalista que não lê processo nem vai atrás de informação adora dar um destaque fenomenal para estes casos. Quanta gente gritando Covidão você vê por aí? Não duvido que haja abusos também do lado público, mas vimos na Lava Jato que é preciso investigar também as empresas. Nos casos que eu vi, há uma orquestração muito estranha de elevação de preços de vários medicamentos sem nenhuma justificativa nem de oferta nem de demanda, mesmo após tomada de preços com o setor público. Por que não se investiga isso? Maldosos diriam que é porque dá trabalho e não dá tanta mídia, eu não acredito.

O coronel Luiz Otávio Duarte orientou corretamente o que fazer, passo a passo, no caso de precisar comprar um produto que salva vidas e verificar que há um sobrepreço. Você compra e já investiga o fornecedor. "Peguem o resultado dessa sindicância. Se há indício de enriquecimento ilícito por parte da empresa ou se há um sobrepreço que irá causar dano ao erário, entreguem essa sindicância ou esse processo administrativo para o Ministério Público.", defendeu. "Então, dê publicidade a esse ato que ninguém vai ser preso. Faça isso. Eu orientei o governo de Natal. 'Ah, coronel, [o preço do medicamento] está 600% acima'. Compre. Abra o processo administrativo e entregue ao Ministério Público. Faça o Ministério Público Federal trabalhar, o Ministério Público estadual", afirmou.

O Ministério Público já declarou à imprensa que moverá representação para apurar as declarações do Secretário. Reparou? Nenhum documento feito e nenhum documento lido. O jeito mais fácil de fazer uma boa reportagem e aparecer como herói é esculachar alguém que só estava trabalhando, mas tem um trabalho difícil de explicar.

Houve uma reclamação concreta de Natal, capital do Rio Grande do Norte, sobre um medicamento que é necessário na rede pública e agora só é vendido com sobrepreço de 6 vezes o valor normal. O poder público tem um procedimento que se chama tomada de preços, onde fica arquivado o parâmetro dessas compras. O que fazer se todas as empresas aptas a contratar com o poder público resolvem combinar entre si que um remédio que salva vidas só será vendido mais caro? Deixa o pessoal morrer? Não, compra, investiga e pega o dinheiro de volta. Só que dá trabalho.

Essa foi a orientação do Ministério da Saúde que, se não for seguida, pode gerar tragédias humanas em todo o Brasil. Vários gestores relataram que estão sendo ameaçados de prisão pelos promotores locais devido ao problema com sobrepreço, que existe. Não falta oportunista na hora do desespero. Por que esses mesmos promotores não investigam o motivo de, de repente, todas as empresas resolverem vender mais caro para o poder público? Há sanções para isso e essa é a notícia que nós todos teríamos de saber, a verdade.

O Conselho Nacional dos Secretários de Saúde divulgou uma nota que concorda com a orientação do Ministério da Saúde, mas acabou sendo divulgada pela imprensa como se fosse contrária. "O Conass entende que todos os gestores do SUS devem praticar seus atos conforme a legislação. Não é possível garantir que os órgãos de controle, independentes e autônomos, se pautem conforme almejamos. Por isso, devemos seguir com precaução, respeito à legislação e diálogo com os órgãos de controle." O texto repete a orientação com apenas uma ressalva: as ameaças de prisão podem ser concretizadas, mesmo que injustas, inclusive com todo o espetáculo midiático típico desses casos.

Se queremos coibir a corrupção, é necessário apurar o que ocorre e isso é impossível sem investigar todo o fluxo de dinheiro. Ainda não há investigação de combinação entre empresas para sobrepreços, como é possível então determinar se e em que medida há participação de gestores? Não há como. Mas dá uma bela de uma bomba jornalística para aqueles acostumados ao espetáculo do jornalismo declaratório, em que ninguém lê documento nenhum e amanhã se encontra outra pessoa para esculachar.

Secretários estaduais e municipais demandaram ao Ministério da Saúde que a ordenação de várias despesas seja feita pelo Governo Federal porque eles têm medo de ir presos se seguirem a lei. Luiz Otávio Franco Duarte sabe que sua Secretaria de Atenção Especializada à Saúde não tem operacionalmente como fazer o que foi solicitado. De acordo com a lei, ninguém pode impedir promotores e procuradores de investigar pela metade nem de ameaçar servidor público de prisão. Este problema terá de ser resolvido porque há cidadãos que podem morrer sem os tais remédios e insumos com sobrepreço.

Infelizmente, se essa discussão serve à cidadania e ao jornalismo, não serve à sociedade do espetáculo, do esculacho e da bravata. É preciso esculachar alguém e deixar de lado toda essa chatice de ler documentos e lidar com a realidade para que algo sem graça conquiste a ribalta. Está travestido de jornalismo, mas tem um militar recomendando fazer algo errado e um bravo procurador dizendo que vai averiguar. Uma legião de comunicadores que não leu um documento faz bravatas indignadas e ironias divertidíssimas. Amanhã, farão tudo de novo com outro tema e outros personagens. O cidadão que se vire com seus problemas.

41 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 41 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • E

    Edson Savia

    ± 6 dias

    Parabéns jornalista Madeleine! Texto bastante esclarecedor e honesto. Mostra muito bem como funcionam os comunicadores do caos e da desinformação.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Newton Breide

    ± 8 dias

    A honestidade de princípios no jornalismo deveria ser "sine qua non" mas, infelizmente, não é! Quando leio um artigo onde identifico a presença dessa característica fico na obrigação de cumprimentar o(a) profissional responsável pela sua autoria. Parabéns pelo brilhante texto! A imprensa, por ser opinativa, não necessita ser isenta mas deve ser idônea. A senhora deu sobejas provas de respeito e alinhamento com tais paradigmas e, a partir de hoje, ganhou um leitor assíduo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Ronald Facury Wigg

    ± 8 dias

    A imprensa é o quarto poder, e está provocando instabilidade social e mortes. Desumanos, sequer merecem uma cadeia. Só não sinto vergonha de minha formação acadêmica porque temos poucos, porém excelentes jornalistas e jornais a combater esse crime contra a pátria. Excelente texto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • 2

    200048

    ± 8 dias

    Parabéns, Jornalista!! Que bom, um texto excelente, esclarecendo como trabalha os comunicadores do caos!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Noel Xavier Bustorff

    ± 8 dias

    Como se diz no jargão militar, texto claro, conciso e preciso. O bom jornalismo não se serve de manchetes esculachantes nem ilusionismo midiático. Parabéns. Sra. Madeleine.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Doutor07

    ± 8 dias

    Ótima abordagem, lúdica conclusão. Uma pena que a imprensa adepta do "supostamente..." esteja a todo instante desempenhando papel complementar ao COVID-19, ou seja, a contaminação dele é cientificamente explicável e, tem remédio que cure, já a da imprensa vermelha, é desinformativa e canalha, não se explica e o único remédio é, informação, verdade e a lei.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Fernandes Quadra

    ± 8 dias

    CONGRATULAÇÕES AO JORNALISMO CORAJOSO E IMPARCIAL DA MADELEINE, EXEMPLO A SER SEGUIDO!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eurico Schwinden

    ± 9 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sheyla Puppi

    ± 9 dias

    Parabéns pelo artigo, mas é preocupante para o gestor ou servidor, quando não existe bom senso dos órgãos fiscalizadores.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOAO CARLOS JOLY ASSUMPCAO

    ± 9 dias

    Vai de mãos dadas com o Renan do MBL, vão na lavanderia? Seguidora de Luciano Ayan e aliada do senhor PL 2630, O tal Ângelo Coronel? Tá na hora de tirar a máscara.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Plinio Benevides dos Santos

    ± 9 dias

    Sra. Madeleine, parabéns pelo artigo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gustavo Silva

    ± 9 dias

    É o famoso trabalhar da trabalho ... parabens pelo artigo..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto A Barros Jr

    ± 9 dias

    Como sempre, na mosca!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo M

    ± 10 dias

    De nomes aos bois: que orgaos de imprensa, jornalistas ou agentes de saúde prestaram esse desserviço e agiram de maneira partidária e criminosa ? Necessário apontar os autores para que a indignação nao se volte contra todos ou contra os inocentes.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Claudia Aguiar de Siqueira

    ± 10 dias

    Tem a preguiça dos promotores nisso tudo, também. Investigar cartéis dá trabalho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rogerio Barao

    ± 10 dias

    Madeleine, esses comportamentos sejam de militantes disfarçados de jornalistas, sejam de promotores obcecados por holofotes bem refletem os exemplos dos ministros do STF, que falam pelos cotovelos e aos quatro ventos sem se dar ao trabalho de, ao menos, uma autocrítica. É o poste mijando no cachorro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Stefan

    ± 10 dias

    Excelente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Eduardo

    ± 10 dias

    A realidade é a seguinte: os itens e insumos necessários para o enfrentamento do COVID-19 simplesmente não são suficientes. A licitação é feita hoje, daqui 2 ou 3 dias o contratado avisa que só poderá entregar depois de 60 dias ou 90 dias. Avisa que tem quantidade menor. Fala que o importador não conseguiu a quantidade toda. Isso, quando não é fornecedor exclusivo. Se quiser, é com prazo muito maior, e multa muito menor se não entregar. O secretário é muito corajoso e está certinho. Ou faz isso, ou não tem produto, insumo ou medicamento disponível. Depois separa o joio do trigo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Daniel M

    ± 10 dias

    A esquerda tem apelado demais na sua saga pelo poder, impressionante.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J.A.O

    ± 10 dias

    Parabéns pelo texto Madeleine.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Camile Pacheco

    ± 10 dias

    Artigo sensacional, parabéns.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gilberto Rodrigues da Silva

    ± 10 dias

    P A R A B É N S, pela lucidez e coerência de texto! É o máximo que consigo dizer ante esta maravilha!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nico Gavelick

    ± 10 dias

    Muito obrigado pelo texto, Madeleine! Bem informativo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    waldir rodrigues de morais

    ± 10 dias

    Texto correto Estranho que muitos bradam "primeiro a vida depois a economia" e na hora de provar suas teses querem denegrir um funcionario publico que nensinou o caminho das pedras O brasil está trilhando um caminho muito estranho mesmo....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    antonio augusto pepe caporossi

    ± 10 dias

    o que eu percebo é a criação de uma "verdade" para que a população "pense" que o governo está perdido e que só existe incompetência. não há análise e os devidos comentários, positivos e negativos. só há torcida e a "má intenção política torcedora". enfim o texto deixa isso claro, não é preguiça é má intenção mesmo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nilson Macan

    ± 10 dias

    Texto muito bom.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Afonso Celso Frega Beraldi

    ± 10 dias

    Otimo texto. Expoe o "Pravda de São Paulo", China DayliEstadao, BandChina e o "Globo Granma" que usam e abusam das matérias desfiguradas contra o governo federal, mesmo com atitudes e ações corretas .

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo J Ribeiro Jr

    ± 10 dias

    É prezada e inspirada colunista, perde-se o foco no conteúdo, pula-se etapas e tudo acaba numa pantomina precisamente reportada no oportuno texto. Sigamos acreditando no bom senso e no razoável e que bom que você contribui para resgatá-los.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto Garcia

    ± 10 dias

    Isso mesmo. Já vi reportagem super errôneas com pretensas revelações de assuntos que conheço As quais poderiam ser elucidadas só ouvindo as diversas pessoas ou entidades que entendem do assunto. É preguiça ou má fé. Sempre a imprensa!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rogerio

    ± 10 dias

    Muito bom

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edson Bim

    ± 10 dias

    Não tenho nenhuma ressalva ao artigo; seja pelas críticas endereçadas aos jornalistas ou mesmo aquelas dirigidas aos órgãos fiscalizadores.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Curitibano

    ± 10 dias

    "Só que dá trabalho." Esta é a questão chave no Brasil atual. A maioria das pessoas vinculadas às "instituições" deste país não quer trabalhar. Se quisessem, com a quantidade de "servidores" que sustentamos, esta país viveria em outra realidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sérgio Guerra

    ± 10 dias

    Só ha interesse nos seus interesses. Parabéns. Quer um exemplo: comprei na farmácia uma caixa de máscaras 100 unidades por 24,00. Fui buscar dois meses depois estava 140,00 ...precisa falar mais....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Walter

    ± 10 dias

    Parte dos jornalistas não estão interessados em pesquisa, que dá trabalho, e na verdade. Partidarizaram o País e, como se julgam oposição, o negócio é falar mal e desinformar. Liberdade de expressão sim, mas mentiras e julgamentos sem provas deveriam ser o suficiente para suprimir o direito de exercer o jornalismo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luis Guedes

    ± 10 dias

    Ótimo artigo! Deveria ser objeto de estudo nas faculdades de jornalismo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mauro Vieira Sena

    ± 10 dias

    Este é o "jornalismo" que destrói reputações e sem responsabilidades.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José Maria de Lima jmariadelima

    ± 10 dias

    Leio pela primeira vez ótimo texto parabéns.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Arthur Ant

    ± 10 dias

    Gostei do texto. Às vezes não gosto, pois, em certo assuntos, eu não comungo com as tuas idéias. De acordo com as minhas idéias, vc já escreveu m..., mas não por incompetência, preguiça ou implicância. Parabéns.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • L

      L. Luz

      ± 9 dias

      Melhor comentário

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marco Aurelio

    ± 10 dias

    Perfeito. É assim que funciona o Brasil. A mediocridade jornalística impera sobre a racionalidade. Lamentável.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.