Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
O Caldinho de bacucu é delicioso e fácil de fazer. No clima de praia, com um vinho branco ou uma cerveja gelada, é perfeito.
A louça é da CW.Cristiana Wolf Ceramicas (@cristiwolf). O guardanapo, da Carola Home (@carolahomebr).
O Caldinho de bacucu é delicioso e fácil de fazer. No clima de praia, com um vinho branco ou uma cerveja gelada, é perfeito. A louça é da CW.Cristiana Wolf Ceramicas (@cristiwolf). O guardanapo, da Carola Home (@carolahomebr).| Foto: Rodrigo Pierrot/ Gazeta do Povo

Em tempos outros, quando a cobertura esportiva era feita diretamente dos estádios e não do sofá de casa, como acontece atualmente, passava o ano correndo o Brasil inteiro a trabalho. E, de vez em quando, era possível dar umas escapadinhas ao exterior.

Mas, aqui, nas viagens brasileiras, adorava ir para Norte e Nordeste. Embora próximos, têm cultura e comida bem distintas entre si e, dentre as cidades que até hoje me encantam, está São Luiz, no Maranhão.

E foi lá que, certa vez, tive a oportunidade de provar o sururu e nunca mais me esqueci. Caldinho de sururu, delicioso demais, com nuanças de sabores que eu nunca havia provado antes. E nem depois, pois esse pequeno molusco tem um gosto muito dele, característico.

Daí houve uma coincidência interessante. Passando ali pelo Mercado Municipal, vi que, na vitrine da Pescados Keli Mozer, havia um recipiente com minúsculos moluscos, já sem as conchas, de um tom levemente amarelado.

O que era? Bacucu, muito comum aqui no litoral sul, especialmente em Santa Catarina. O pequeno molusco bivalve marinho (aquele fechado por duas conchas), costeiro e estuarino, da família Mytilidae, tem nome científico de Mytella charruana e, por consequência, é primo do Mytella strigata, que é o sururu.

Tanto quanto o siri, ele já vem pré-cozido, o que facilita bastante o trabalho na preparação do prato.

Já me animei todo e, quando estava procurando uma receita, veio mais uma coincidência: vejo a querida chef Paola Carosella (ex-MasterChef Brasil) fazendo o prato em seu canal de YouTube. Óbvio que prestei muita atenção e decidi fazer.

Comprei, claro (está R$ 40 o kg), e parti para a receita. Como a porção para quatro pessoas requer apenas 300g, paguei R$ 12 e saí todo faceiro.

E dei um jeito de obter o óleo de coco babaçu (no Mercado Livre, em torno de R$ 30 o vidro com 60 ml), pela vantagem de sabor e de saúde que representa: o teor de gordura saturada é de 87% e, diferente de outros tipos de óleos vegetais, o óleo de coco mantém sua estrutura intacta quando aquecido e não é convertido em compostos tóxicos para o organismo. Mas dá para substituir por óleo de coco comum, sem problemas.

Os demais ingredientes não têm segredos e tudo é muito fácil de fazer.

Quer experimentar também? Garanto que vale a pena, principalmente agora, verão, janeiro, quando tudo nos remete aos sabores do mar.

Bom apetite!

Caldinho de bacucu, mas também pode ser feito com sururu ou sarnambi.
Caldinho de bacucu, mas também pode ser feito com sururu ou sarnambi.| Foto: Rodrigo Pierrot/ Gazeta do Povo

Caldinho de bacucu (sururu)

Por Anacreon de Téos
Tempo de preparo1 hora
Rendimento4 porções
PreparoFácil

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de óleo de coco babaçu
  • 1 cebola picada
  • 1 talo de coentro (raiz e folhas) picado
  • 1 colher (sopa) de gengibre ralado
  • 1 dente de alho
  • 1 tomate cortado em cubos
  • 1 pimentão verde ou vermelho ou amarelo (ou 1/3 de cada)
  • 300g de bacucu (sarnambi / sururu)
  • ½ litro de leite de coco
  • ½ litro de água
  • 1 colher (sopa) de colorau (opcional)
  • Pimenta de cheiro (ou dedo-de-moça)

Preparo

  1. Aqueça uma panela de barro e ponha o óleo de coco para esquentar.
  2. Junte a cebola picada, a raiz e os talos de coentro e o gengibre ralado.
  3. Mexa bem e refogue por alguns minutos.
  4. Adicione o alho, o tomate em cubos e um pouco das folhas de coentro.
  5. Acrescente os bacucus, misture e junte o leite de coco e a água.
  6. Deixe aquecer novamente, verifique o sal e corrija o tempero, se necessário.
  7. Está pronto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]