Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Polenta cremosa com ragu de linguiça blumenau, a nova entrada do Lobert Bistrô para o inverno.
Polenta cremosa com ragu de linguiça blumenau, a nova entrada do Lobert Bistrô para o inverno.| Foto: Anacreon de Téos

Se fosse encontrar uma palavra para definir bistrô, na sua acepção, certamente seria simplicidade. Foi com esse sentido que eles surgiram na França, basicamente em torno da família, com a mulher na cozinha, o marido no balcão e no caixa e os filhos no salão.

Os donos sempre presentes, esta é a chave. Mexendo com os pratos ou no contato direto com os clientes, passando a eles a emoção de poder estar produzindo e oferecendo pratos saborosos e bem feitos.

O Lobert Bistrô é exatamente isso. Desde que abriu – e está por quatro anos -, tem essa proposta de pratos bem elaborados e de um atendimento direto ao cliente, quase como se este estivesse na casa dos proprietários. E, pensando bem, realmente estão.

<em>Gustavo Portugal e Paulo Gubert, os dois proprietários do Lobert Bistrô - no salão e na cozinha. | Foto: Divulgação</em>
Gustavo Portugal e Paulo Gubert, os dois proprietários do Lobert Bistrô - no salão e na cozinha. | Foto: Divulgação| Gui Klaime

São dois sócios. Paulo Gubert comanda a cozinha e cuida pessoalmente da execução de todos os pratos que saem para o salão, onde fica Guga Portugal, no atendimento direto aos frequentadores/amigos da casa. É uma transmissão de energia que mantém o astral sempre em alta, na intimista decoração do espaço que serve apenas 18 pessoas. Como, aliás, deve ser um bistrô.

Compondo com paredes e teto sob efeito de luz, a cozinha aberta, à vista do salão. E lá no alto da parede uma grande tela do artista plástico André Mendes, dando mais matiz e vida ao ambiente, como a anunciar cores e vida vindas da cozinha.

<em>Risoto de camarão com aspargos frescos, manjericão, tomate concassé e bottarga. | Foto: Anacreon de Téos.</em>
Risoto de camarão com aspargos frescos, manjericão, tomate concassé e bottarga. | Foto: Anacreon de Téos.| Picasa

Menu de inverno

O cardápio é curto, como convém. São três opções de entradas, seis de pratos principais e duas de sobremesa. Mas apresenta novidades para este inverno, na oitava versão desde a inauguração e a inclusão de seis opções inéditas, entre entradas e pratos principais. A ideia do chef foi uma passagem pela nouvelle cuisine – a revolução moderna da cozinha francesa a partir dos anos 70, dando mais leveza e delicadeza aos pratos e mais cuidados na apresentação.

A entrada estreante do cardápio de inverno é a Polenta cremosa com ragu de linguiça blumenau (R$ 29,90), que veio para somar às opções já existentes: Burrata com cama de rúcula e crispy de presunto de parma (R$ 59,90) e o Carpaccio de carne com mostarda amarela e parmesão (33,90) – ambos para duas pessoas.

 <em>Mignon demi-glace ao molho de cogumelos, com mousseline de batata-salsa e ervas finas</em>. | Foto: Anacreon de Téos.
Mignon demi-glace ao molho de cogumelos, com mousseline de batata-salsa e ervas finas. | Foto: Anacreon de Téos.| Picasa

Já nos pratos principais duas opções que entram são feitas com o filé mignon, que, não adianta, o curitibano sempre faz questão de pedir, seja em que tipo de restaurante for. Então o Gubert criou o Mignon em crosta de ervas ao molho gorgonzola e gnocchi romano (R$ 74,90) e o Mignon demi-glace ao molho de cogumelos, com mousseline de batata-salsa e ervas finas (R$ 74,90).

Do mar, são duas as novidades: Fettuccine al frutti di mare (R$ 85,90), que apresenta a massa clássica acompanhada de lula, mariscos e camarões ao molho de tomates, e o Risoto de camarão com aspargos frescos, manjericão, tomate concassé e bottarga (R$ 83,90) – que também tem uma linda e delicada apresentação.

O menu ainda propõe uma sugestão com carne suína, o Gnocchi de batata com ragu de porco na cerveja escura e ervas (R$ 69,90), enquanto mantém um dos pratos historicamente mais pedidos na casa, o delicioso Magret de pato ao molho de cerveja stout, com purê de batata-doce e mostarda de l’ancienne (R$ 69,90).

As sobremesas permanecem as mesmas, sempre elogiadas, Brownie de chocolate branco com sorvete de doce de leite e calda de frutas vermelhas (R$ 24,90) e Creme quente de goiabada com sorvete de creme mascarpone (R$ 19,90).

Uma das curiosidades do cardápio é o anúncio do tempo de execução de cada prato – levam de 30 a 60 minutos. Sem auxiliares, Paulo Gubert cuida de todos os processos exigidos pelos pratos: do mise en place à louça final. Seguindo o conceito de slow food, o chef cozinha ingredientes frescos e de qualidade, com tempo certo para a elaboração de cada prato.

<em>Magret de pato ao molho de cerveja stout, com purê de batata-doce e mostarda de l’ancienne - sucesso da casa que se mantém no menu. | Foto/ Divulgação.</em>
Magret de pato ao molho de cerveja stout, com purê de batata-doce e mostarda de l’ancienne - sucesso da casa que se mantém no menu. | Foto/ Divulgação.| Gui Klaime

Para beber, seis tipos de cervejas especiais e quatro drinques para abrir o apetite. E mais 20 rótulos de vinho, entre brancos e tintos. Mas, nas quartas-feiras a rolha é livre.

A música ambiente é ótima, trilha toda montada por Guga Portugal, que passeia pela MPB, pelo jazz e por inserções de rock.

A casa funciona para almoço de terça-feira a sexta-feira, das 11h30 às 14h, e para jantar de terça-feira a sábado das 19h30 às 23h.

<em>Lobert Bistrô, com a cozinha à vista para os clientes no salão. Acolhedor e aconchegante. | Foto: Divulgação)</em>
Lobert Bistrô, com a cozinha à vista para os clientes no salão. Acolhedor e aconchegante. | Foto: Divulgação)

Lobert Bistrô

Rua Visconde de Nacar, 471, São Francisco

Fone: (41) 3269-1856

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]