i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Empreendedorismo

Após “reinventar” a Rua 24 horas, empresário mira delivery para atender a vizinhança

  • PorBrunno Brugnolo, especial para a Gazeta do Povo
  • 23/01/2020 18:45
Empresário Luiz Breda, 34 anos.
Empresário Luiz Breda, 34 anos.| Foto: Priscilla Fiedler/Divulgação

Engenheiro de produção por formação, o empresário curitibano Luiz Breda, 34 anos, foi um dos responsáveis pela reconquista do público na Rua 24 Horas, queridinho ponto turístico no Centro da capital paranaense, que foi perdendo glamour no início dos anos 2000 e ficou fechado para reforma entre 2007 e 2011. Breda começou com uma franquia e hoje tem cinco operações de um total de 14 no local, mais uma anexa e uma nova nos arredores: a uma quadra de distância, na Galeria Central Park.

Na reabertura das lojas da Rua 24 horas, no início de 2012, o cartão-postal já adotou um perfil quase exclusivamente gastronômico, bem antes da abertura das vilas gastronômicas, que acabaram caindo no gosto do curitibano. Mas o começo não foi exatamente empolgante. Por três anos, até 2015, a franquia de 14m² da Sucos Wing, que abriu, operava no vermelho.

"Foi um período de resiliência e aprendizado. Entendi como se tivesse fazendo um curso, pagava para trabalhar, mas assim fui aprendendo o que estava errado, o porquê, e então buscar soluções para isso", diz Breda, que nesse período manteve o emprego de gerente de vendas em uma construtora para seguir empreendendo. Ele conta que já em 2009/2010 o mercado imobiliário começou a dar sinais de saturação e desde então começou a pesquisar um plano B. Breda não seguiu os conselhos de conhecidos que disseram "escolha qualquer coisa menos alimentação" e optou pelo ramo no recém-reaberto ponto turístico.

Como parte do aprendizado, Breda começou a ouvir os diferentes perfis de clientes e suas demandas. "No almoço, o pessoal quer comer rápido e barato. À noite quer comer melhor, tem mais turista". Morador da região desde pequeno, o empresário viu a Rua em seu auge, na década de 90. "Sempre acreditei muito no potencial. Cresci vendo turistas tirando fotos, gente que ia casar. O pessoal tem muito carinho pelo local, uma coisa nostálgica", lembra.

Com outros dois estabelecimentos patinando e à venda no local, Breda resolveu "dobrar a aposta". Comprou o Bávaro e o Pezzo (anexo à Rua 24 horas), criando o Grupo Bávaro. "Estavam com um bom preço e tivemos uma visão de médio-longo prazo. Unificamos as operações, reduzimos pessoal e conseguimos aumentar as vendas". As aquisições renderam uma cozinha – que antes não tinha – e uma mudança no perfil da choperia, que antes não vendia almoço e passou a oferecer essa opção, além dos pratos do happy hour. O caixa também foi unificado com a loja de sucos, que passou a se chamar Fresh Juice.

"Com isso conseguimos virar o jogo, ser viável, rentável", afirma. Com três lojas [agora 120m²] e enfim faturando, o empresário largou o emprego e passou a se dedicar exclusivamente aos empreendimentos gastronômicos. "Passei e continuo passando muito na frente da loja, conversando com os clientes, sempre procurando saber o que desejam", diz. Além do "corpo a corpo" com o consumidor, o grupo fez pesquisas, planos de ação e passou a investir em comunicação e marketing, além de cardápios com comidas típicas e festivais para atrair o público, como os do Bacon, da Cerveja, do Risoto e do Fish n’ Chips.

"Conseguimos junto com a concessionária [da Rua 24 horas] e demais lojistas ter várias sugestões aplicadas que deram certo", comenta. A aposta em transmissões esportivas também deram certo e como brinca Breda: "a final da Copa do Brasil foi a caneta do Marcelo [Cirino], o gol do Rony e o corte [da TV] para a Rua 24 horas com a comemoração".

O resultado apareceu e se manteve. "Conseguimos um crescimento orgânico, temos crescido de 10% a 15% ao ano, cinco anos seguidos", afirma. Ao longo do período mais três lojas foram adquiridas no espaço: Prinzen, James Hill e Açaí All Inclusive, ampliando o mix do grupo.

Fachada da Rua 24 horas.
Fachada da Rua 24 horas.| Priscilla Fiedler/Divulgação

Expansão aliada a tecnologia

Em 2020, o objetivo é expandir no Centro com um serviço de delivery. Após recusar propostas para franquear o Bávaro em bairros nobres da capital, alertado pelo fracasso de outros estabelecimentos que tentaram emplacar franquias fora da região central, Breda comprou um restaurante na Galeria Central Park (a uma quadra da 24 horas) e está reformulando a marca.

"A ideia é servir comida caseira, rápida e barata para os escritórios na região, um perímetro de três quadras. O entorno é muito denso, tem muitos bancos, telemarketing e prédios nesse pequeno raio, inclusive o mais alto do Paraná a meia quadra daqui [Universe Life Square, na Visconde do Rio Branco]". Para facilitar a vida dos clientes, o grupo está desenvolvendo um serviço de atendimento automatizado pelo WhatsApp, na prática um robô que será capaz de atender pedidos de todas as lojas do grupo em uma única mensagem, fugindo dos apps de delivery.

"A pessoa poderá pedir prato executivo, pizza, hambúrguer, suco e sorvete de uma vez só, além de receber o cardápio diariamente e receber promoções. O objetivo é consolidar o Centro com essas estratégias, menos arriscadas e com possibilidade de resultado maior. Ainda não tiramos tudo que dá pra tirar do Centro e a oportunidade da vez é o delivery", finaliza.

6 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 6 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Marçal

    ± 0 minutos

    Belo exemplo de empresário com muito esforço e dinheiro na produção e serviço, não no banco

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Celito Medeiros

    ± 4 horas

    No final da década de 50 e começo da década de 60, na cidade de Medianeira PR, já se sabia algo: Se é BREDA, confie, são trabalhadores de sucesso. Naqueles tempos a distribuição de Bebidas e outras atividades, muito bem vistas por todos da região. Não sei se existe parentesco, mas a marca BREDA jamais vou esquecer...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    mezz

    ± 5 horas

    Parabéns pela resiliência e pela visão de mercado, não conhecia a história do empresário.. Porém, como frequentador assíduo da 24h, tenho que confessar que peguei uma certa antipatia com aqueles estabelecimentos (que agora sei que são do mesmo dono) porque os funcionários são muito agressivos, só faltam empurrar o cardápio em cima das pessoas, mesmo quando a pessoa visivelmente está apenas de passagem e não está procurando algo para comer. Prefiro passar direto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo

    ± 9 horas

    PARABÉNS !!!!!!!!!!!!!!!! E de pessoas assim, que nosso país precisa, crescer sem derrubar os outros, pensando no futuro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Salo

    ± 19 horas

    Muito bem. Empreendedor que merece elogios.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Thiago Santos

    ± 20 horas

    Parabéns ao Luiz, que esta nova safra de empreendedores sejam resilientes e levem este país para frente!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.