i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Buggy Power

Empresa de Curitiba começa a produzir veículos elétricos em série; veja preços

  • Carlos CoelhoPor Carlos Coelho
  • 18/01/2020 14:10
Buggy Power tem versões com autonomia que supera os 200 km
Buggy Power tem versões com autonomia que supera os 200 km| Foto: Divulgação

A empresa curitibana de tecnologia eiON começou a fabricar veículos elétricos em série, um nicho ainda incipiente no Brasil. O primeiro lote do buggy batizado de Buggy Power já tem comprador definido, mas novas unidades deverão estar disponíveis aos interessados por volta da virada do semestre.

RECEBA notícias pelo WhatsApp

“Fechamos parceria com um centro de pesquisa e estamos iniciando o que chamamos de lote cabeça de série. São seis buggies que produzimos de forma seriada, para maturar o produto e ver as questões que envolvem fornecedores”, explica o engenheiro Milton Francisco dos Santos Júnior, um dos sócios da empresa. Por questões contratuais, ele não revela quem é o comprador.

De acordo com a eiON, o buggy usa baterias de íons de lítio que variam entre 2 e 5 horas para carregar, com voltagem 220V ou 110V, respectivamente. O veículo tem autonomia acima de 200 km, dependendo da versão escolhida.

Nos próximos meses, o buggy elétrico 100% nacional deve estar disponível aos interessados. “A ideia é testar estes seis carros e lá para o meio do ano começar o lote pioneiro, destinado para o público. Tudo com fabricação interna. Não estamos tendo conversas com as montadoras tradicionais porque a gente acredita que nunca houve interesse deles nesse nicho de público, que não tem um volume atrativo para grandes empresas”, avalia Santos Junior.

Os buggies deverão custar R$ 99 mil, com tendência de redução de preço no médio prazo, a medida que a tecnologia avançar e baratear e que rede de fornecedores seja estabelecida. “[O valor] Não é um preço que está tão fora da realidade. Hoje existem poucos fabricantes artesanais de buggy, mesmo a combustão, no Brasil. Os que estão operando têm o preço de R$ 80 mil, R$ 84 mil”, destaca o empresário.

Ele se mostra otimista com o mercado, mesmo para um tipo de veículo pouco conhecido pelos consumidores. “O mercado de veículos elétricos é um ‘oceano azul’: está aberto. Há poucos fabricantes e quase nenhum estourando no mundo”, declara.

10 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 10 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • ██

    ± 7 dias

    Mais um projeto fracassado do parana.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Leitor da Gazeta

    ± 7 dias

    Parabéns pela coragem de investir num mercado tão cheio de desafios. Eu já tenho um carro, velhinho mas bom. Queria que alguma empresa lançasse um kit para transformar carros com alguns anos de idade em carros elétricos a um custo acessível.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    salcutrim

    ± 7 dias

    O Brasil e realmente um país estranho. Nos EUA, existe subsidio para esse tipo de veículo...e com certeza la, esse carro custaria nao mais do que 50 mil, ou seja, metade. Aqui, não querem ganhar tudo de uma vez e o governo mete imposto e o empresário quer ganhar tudo de uma vez. Eu vi um tratorzinho de cortar grama pra vender. Pensei, daria certo pra chácara. E entao pensei, nos EUA custa mil dolares novo, o Brasil que é um pais doido, deve custar uns 10 mil reais usado. Perguntei ao vendedor da loja o valor. 60 mil reais. Nos EUA um novo custa 1,300 dolares. No Brasil usado 60 mil reais. Esse pais é doido mesmo. Como é que esse país vai um dia chegar no primeiro mundo?Ah, ja sei, nunca.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zzz

    ± 7 dias

    A idéia é excelente, mas nossa demanda é por carros acessíveis. Com esse valor final acho difícil a empresa se manter. Que consigam furar o lobby das montadoras. Todos conhecemos a hitória do Gurgel. Toda a sorte para os empreendedores!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 7 dias

    99 mil por este carrinho da foto??? Tá loco, totalmente fora de realidade..:

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • J

      Jonsimar Tadeu Catapan

      ± 7 dias

      Ora, Maq! O negócio tá começando... Dê um voto de confiança aos caras!! rsrsrs

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    WILSON

    ± 7 dias

    Tomara que dê certo , realmente o campo está aberto para veículos especializados ,nichos de mercado ! Mas tem que fazer profissionalmente ,com qualidade internacional , nada de coisas artesanais , de fundo de quintal ... Este é o desafio ,visão global ! Boa sorte ao empreendedor !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 8 dias

    É isso aí, Curitiba a capital ecológica do Brasil, agora salvando o planeta. Coisa mais linda né? Imagina a alegria da família do urso polar. Está em festa, agradecida, chorando de tanta emoção.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • J

      Jonsimar Tadeu Catapan

      ± 7 dias

      Pois é, "migão"! Mas você concorda que é preciso começar a fazer algo, ne? Aliás, já demorou! E essas coisas todas terão custo... E precisarão de vontade política e apoio do povo... Pode parecer bonito criticar, mas quando estivermos lidando com derretimento das calotas polares, tempestades violentas, com granizo do tamanho de bolas de golfe, inundações frequentes e secas infernais, já será tarde... Ora veja só! Isso tudo já está acontecendo... Será que não estamos um "pouquinho" atrasados com isso?!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • G

      GUSTAVO_RJ_70

      ± 8 dias

      Hehehe, entendi que é ironia, em todos casos, saiba que um país lá do Norte autorizou a matança de ursos polares porque já são muitos. O bicho nada 200km no mar, e tem tanto que nem é mais usado pelos eco chatos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]