Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Fachada da sede da cooperativa Castrolanda, em Castro.
| Foto: Divulgacão

Foi com um faturamento recorde de R$ 5,9 bilhões que a cooperativa Castrolanda, com sede em Castro, nos Campos Gerais, terminou o ano de 2021. O valor é 31,1% maior do que a arrecadação de 2020, que foi de R$ 4,5 bilhões.

WhatsApp: receba notícias do Paraná

Para a cooperativa, o resultado é oriundo de um planejamento estratégico que buscou tornar Castrolanda mais competitiva e eficiente. Ele envolveu ações como o redesenho de alguns processos e a consolidação da diversificação dos negócios. Atualmente, a cooperativa trabalha com operações agrícolas e industriais para produção de carnes, leite, e batata.

Esta foi a primeira vez que a cooperativa ultrapassou a marca dos R$ 5 bilhões de faturamento, o que foi registrado no mês de novembro, quando ela também celebrou seu aniversário de 70 anos.

Apesar do faturamento mais alto, o resultado líquido de 2021 ficou abaixo do registrado em 2020. As sobras totalizaram R$ 145 milhões no ano passado, ante as R$ 185 milhões do ano anterior.

Até o momento, a cooperativa não revelou muito sobre seus planos para 2022, mas acredita que, mesmo desafiador, o ano será de construir solidez para crescer de forma sustentável. Os investimentos devem incluir a intensificação da transformação digital e do desenvolvimento sustentável de toda a cadeia de produção, com foco em questões de eficiência operacional.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]