Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
ERT
Produtos da Earth Renewable Technologies, empresa que inaugura fábrica em Curitiba| Foto: Divulgação

A norte-americana Earth Renewable Technologies (ERT) inaugura nesta quinta-feira (12), na Cidade Industrial de Curitiba, sua primeira indústria de polímeros biodegradáveis na América Latina. De acordo com a empresa, essa solução é uma alternativa aos plásticos tradicionais, derivados de petróleo. A companhia prevê investimento de US$ 50 milhões (R$ 260 milhões) na unidade até 2025, com a geração de 160 empregos diretos.

Criada há 12 anos na Califórnia, Estados Unidos, a empresa desenvolve versões de plástico com produtos de base orgânica. Recentemente, a empresa firmou parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) para elaborar os polímeros com bagaço de cana-de-açúcar. Hoje, a produção da ERT utiliza não só o bagaço, mas a cana inteira.

Com isso, a companhia oferece matéria-prima para qualquer segmento que trabalhe com produtos ou embalagens plásticas. Mas os principais clientes são os industriais. O diferencial da empresa é que o material produzido se degrada em até seis meses, ante centenas de anos do plástico de origem fóssil, diz a ERT.

A fábrica curitibana começará a operar com capacidade instalada de 2 mil toneladas por ano, indica Kim Gurtensten Fabri, CEO da Earth Renewable Technologies. "Até 2025 estamos projetando 35 mil toneladas/ano de capacidade instalada", diz.

Com esse volume, a ERT espera atender países das Américas e da Europa, batendo de frente com empresa de grande presença global, sobretudo a norte-americana Natureworks e a holandesa Total Corbion. "A Natureworks e a Total Corbion anunciaram que aumentarão sua capacidade produtiva. Com isso, surgimos como terceiro grande player global no mercado de bioplástico", diz Fabri.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]