Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Copacol
Unidade produtora de aves da Copacol| Foto: Henry Milleo/Arquivo/Gazeta do Povo

A Cooperativa Agroindustrial Consolata (Copacol), de Cafelândia, uma das maiores do Brasil, segue investindo em ativos na região Oeste do Paraná. Neste mês, a empresa anunciou a compra da estrutura de armazenamento de grãos da Bogdan, de Toledo. Com o movimento, a Copacol procura diminuir a escassez de milho, um dos gargalos em sua produção.

“A cooperativa tem a necessidade de expandir a sua área para recebimento de grãos. Produção de milho não é suficiente para atender as integrações da cooperativa[a cooperativa é grande produtora de aves, cuja ração é à base de milho e farelo de soja, por exemplo]”, disse o presidente da empresa, Valter Pitol, ao podcast Estação Copacol. “Então surgiu a oportunidade, no início do ano, e adquirimos a unidade da Bogdan, em Toledo, que vai propiciar o recebimento de grãos para minimizar a nossa falta de milho para as integrações”, apontou.

Em maio, segundo ele, a cooperativa deve começar a firmar acordo e receber a produção de agricultores da região.

Além do novo ativo, a empresa investiu também em uma nova unidade de tratamento de sementes em Cascavel. O processo, que estava concentrado na cidade-sede da Copacol, em Cafelâdia, abre uma nova janela de negócios: a Copacol indica que irá comercializar sementes tratadas de soja, milho e trigo com multinacionais e empresas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além, é claro, de municiar os produtores cooperados.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]