i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Entrevista

Incorporadora curitibana entrega “casas suspensas”; investimento é de R$ 100 mi

  • PorCamila Machado
  • 05/08/2019 15:00
fachada do empreendimento ÍCARO
O preço de venda das “casas suspensas” do ÍCARO começa em R$ 5 milhões. Imóvel fica no bairro Cabral, em Curitiba.| Foto: divulgação.

“Impactar”, “transformar a paisagem de Curitiba”, “oferecer uma nova experiência de moradia” e “trazer inovação e conteúdo”. É nisto que aposta a AG7 Realty, incorporadora paranaense, ao entregar, nesta terça-feira (6), o ÍCARO.

No empreendimento de alto luxo foram investidos, desde 2017, R$ 100 milhões. O preço de venda dos apartamentos começa em R$ 5 milhões. A ideia, segundo Alfredo Gulin Neto, CEO da investidora imobiliária, é mostrar um novo conceito sobre “viver em apartamentos”. “São casas e jardins suspensos”, explica Gulin. O projeto é do premiado arquiteto paulista Arthur Casas. O paisagismo é assinado por Renata Tilli.

O ÍCARO foi pensado para 21 famílias e as plantas são personalizadas, de 315 m² a 840 m². O empreendimento fica no Cabral, em frente ao Graciosa Country Club, e 70% das unidades já foram vendidas.

A visão dos apartamentos é privilegiada, para um bosque particular e para o Golf Clube. As varandas permitem a circulação exterior em quase todo o perímetro dos pavimentos.

Um espaço de arte e design também foi inaugurado dentro do empreendimento. É a Galeria 31. O Paraná S/A conversou por telefone com o CEO da AG7 sobre o lançamento e também sobre os próximos investimentos. Confira.

 Alfredo Gulin Neto é CEO da <em>AG7</em>. Gulin disse ao <strong>Paraná S/A</strong> que tem planos para que a incorporadora cresça internacionalmente. Foto: divulgação.
Alfredo Gulin Neto é CEO da AG7. Gulin disse ao Paraná S/A que tem planos para que a incorporadora cresça internacionalmente. Foto: divulgação. | ANTONIO MORE

Curitiba tem potencial para absorver um empreendimento de luxo com o ÍCARO? Este é o filão da AG7?

Curitiba tem consumidores exigentes e a AG7 atende este público. É a classe A, que exige um padrão de qualidade muito grande. Hoje, estamos trabalhando com produtos de altíssimo luxo, o que não significa dizer que só trabalhamos neste nicho. Podemos, sim, desenvolver projetos mais acessíveis, diminuindo o tamanho das plantas, por exemplo, o que diminui o preço, mas sem perder a essência e qualidade que é a nossa marca.

O mercado curitibano está aquecido? Como estão as vendas?

O mercado está reagindo bem. O mês de julho foi o nosso melhor mês, se comparado aos últimos doze meses.

Por que escolher o Cabral para um empreendimento como o ÍCARO?

A gente estudou o consumidor da capital e chegamos ao Cabral. Vimos que o bairro tem características de ancoragem – famílias que moram há muitos anos no mesmo local e não migram de lá. Vimos também que há uma demanda latente por projetos de moradias contemporâneas e, ao mesmo tempo, como uma arquitetura atemporal. E também com opções de imóveis que substituíssem uma casa. Com esses dados em mãos, projetamos o ÍCARO.

Por que o ÍCARO é diferente?

O ÍCARO já nasceu diferente. É um edifício, mas com arquitetura de casa, sobrepostas umas às outras. Não é uma arquitetura de apartamento. As janelas chegam a ter vão de 25 metros e o morador pode abri-las por completo, integrando o ambiente externo e interno. O pé direito é alto, os ambientes são grandes. A natureza está em todo o entorno. E esse conceito segue, inclusive, na escolha dos materiais com que o empreendimento foi construído, tudo pensado com elementos naturais, como concreto, pedras, vidro, aço, madeira, entre outros. Alia também consciência e sustentabilidade, segurança, serviços e privacidade, tecnologia, acabamento premium e muito conforto.

O lançamento é um marco na história da AG7?

É um marco nacional, eu diria, até internacional. O ÍCARO é assinado pelo Arthur Casas, o que já faz dele algo grandioso. Além disso, ele é muito impactante e traz conteúdo para os públicos mais exigentes, inclusive, para parâmetros internacionais. A aceitação do ÍCARO foi imediata e 70% do empreendimento já foi comercializado. Penso que com este lançamento a AG7 mostra a sua capacidade de ser original e também a maestria na execução de seus trabalhos. O que vai fazer, com certeza, que captemos ainda mais recursos.

Há planos de expansão?

Queremos expandir além de Curitiba e também além do Brasil. Somos uma empresa de investimento no mercado imobiliário, ganhamos sob performance, e estamos em amplo crescimento. Estamos caminhando para ser cada vez mais uma empresa de serviços.

Qual o próximo lançamento?

O residencial de luxo <em>AGE360</em> tem projeto de arquitetura assinado pelo conceituado escritório <strong>Triptyque Architecture</strong> e terá 40 andares.
O residencial de luxo AGE360 tem projeto de arquitetura assinado pelo conceituado escritório Triptyque Architecture e terá 40 andares.

É o AGE360, no Ecoville. O residencial de luxo foi, meticulosamente, pensado para trazer ser um edifício alto – mais de 120 metros. Para isso, procuramos o terreno ideal, também alto. O local escolhido foi um espaço no Ecoville, de esquina.

Durante a pesquisa para a concepção do AGE360 fomos para Londres, Nova York e para os Emirados Unidos, para encontrar referências que pudessem inspirar a arquitetura deste projeto. Contratamos um escritório franco-brasileiro, o Triptyque Architecture, e aí começamos a construir juntos o design do edifício, moldados no que enxergamos como uma demanda do consumidor da região, trazendo pitadas internacionais.

Alguns exemplos do que ele trará: a estrutura do prédio ficará toda na fachada, livrando os apartamentos de terem pilares no seu interior, o que facilita a adaptação das plantas. A ideia é permitir uma vida em 360 graus – isso alia vista, altura e flexibilidade de projetos.

A previsão de entrega é 2022. Serão 40 andares.

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 5 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • A

    ADIMIR ANTONIACOMI

    ± 6 horas

    Parabéns as empresas envolvidas nesses empreendimentos, À Kál**lo Projetos Estruturais, com excelência e inovação em estruturas de concreto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Flavio Teixeira

      ± 5 horas

      A gazeta deveria urgentemente rever seu ridículo sistema de bloqueio e censura (isso mesmo, censura, que ela tanto “abomina”. Nos outros) a determinadas palavras. Seria cômico se não fosse trágico essa bo/ba/gem.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Van Morrison

    ± 14 horas

    Crise onde?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • A

      A. Dal P. M.

      ± 4 horas

      Exato.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      rosmari fátima de re

      ± 4 horas

      crise é pra pobre. Rico não tem crise

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.