Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Puma
Operação ferroviária da Klabin ganhou terminal na unidade Puma| Foto: Isac Nóbrega/PR/PR

A Klabin inaugurou nesta quarta-feira (15) um terminal de contêineres ao lado de uma de suas fábricas, a Puma, em Ortigueira, região dos Campos Gerais. O pavilhão de embarque é ligado via ferrovia ao Porto de Paranaguá, de onde a fabricante de papéis e celulose exporta boa parte de sua produção, em um projeto descrito pela empresa como “o maior em capacidade de transporte em volumes para uma única empresa do mundo”.

O terminal ferroviário é capaz de escoar 125 mil toneladas de papel e celulose em contêineres por mês. Esse volume vem da produção da Klabin nas unidades da Puma (que está ganhando uma expansão bilionária), em Ortigueira, e de Monte Alegre, em Telêmaco Borba.

O terminal, a movimentação e o embarque das cargas serão operados pela empresa TCP, que também administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá. Segundo ela, o pátio da Klabin tem capacidade para armazenamento de 2 mil contêineres, equipamentos especializados para a movimentação das unidades e três linhas férreas internadas com capacidade para até  90 vagões cada.

A TCP estima que serão movimentados 2,5 mil contêineres por mês no trecho de aproximadamente 470 quilômetros entre Ortigueira e o Porto de Paranaguá.

O investimento neste modal foi de R$ 300 milhões.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]