Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Madero quer ampliar portfólio de opções. Além do contêiner (foto), terá complexo gastrpnômico de estrada
Madero quer ampliar portfólio de opções. Além do contêiner (foto), terá complexo gastrpnômico de estrada| Foto: Divulgação

Enquanto disputa a cadeia de restaurantes Outback no Brasil, o grupo paranaense Madero se prepara para lançar um novo negócio, ainda neste ano. Em setembro, o empresário Junior Durski pretende inaugurar um complexo gastronômico de estrada para concorrer com redes consolidadas, como Graal e Frango Assado.

Para a primeira unidade da Eco Parada Madero, o grupo comprou um posto de gasolina no km 44 da Rodovia Presidente Castello Branco, na saída da grande São Paulo. As obras já estão em andamento.

“É um posto novo, recém-construído. Vai ser um grande complexo de restaurantes, como se fosse uma praça de alimentação. Vai ter Madero, Jerônimo, Sanduicheria do Durski [três marcas já existentes], além de Café Madero, que é novidade, de uma operação de grelhados e uma de frango assado e recheado que ainda não têm nome”, conta Junior Durski.

O complexo deve ser inaugurado em setembro. A instalação terá cinco mil metros quadrados e empregará 400 funcionários. “Queremos fazer 50 Eco Paradas Madero no Brasil. O país tem muitas rodovias, muitas oportunidade”, adianta o empresário.

O investimento na primeira unidade é de R$ 45 milhões. Durski indica que espera vendas mensais de R$ 8 milhões por mês, chegando a perto de R$ 100 milhões de faturamento anual.

A rede Madero já tem unidades em rodovias, mas nenhuma delas no estilo complexo gastronômico.

14 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]