i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Mercado

Paraná pode seguir trilha da vizinha SC na exportação de suínos, diz Alegra

  • 01/11/2020 17:00
Sede da Alegra Foods, em Castro, nos Campos Gerais
Sede da Alegra Foods, em Castro, nos Campos Gerais| Foto: Divulgação

Grande produtor de carne suína, o Paraná pode seguir, em um ou dois anos, a trilha de Santa Catarina e entrar em mercados “premium” que hoje não tem acesso, como a Europa. Essa é a avaliação de Matthias Rainer Tigges, superintendente da Alegra, marca de alimentos pertencente a três grandes cooperativas dos Campos Gerais (Castrolanda, Frísia e Capal).

O otimismo está calcado em uma conjuntura positiva para o estado, que deverá ganhar em breve reconhecimento internacional como estado livre de vacinação contra febre aftosa – um indicativo de boas práticas sanitárias que é valorizado por países melhores pagadores. Essa política alinhada a condições geográficas impulsionam o potencial do estado.

“Nossa grande cartada é a questão geográfica. O Paraná é muito forte em grão, como milho. Hoje, em 70% da transformação do quilograma do suíno, você precisa do milho [o grão é usado na ração animal]. Nossa vantagem é ter milho, soja... ter esses insumos perto. Santa Catarina não é tão forte nessa produção. O clima também é muito bom. Nossa desvantagem é que a gente ainda está com essa marca de não sermos livres da aftosa”, diz.

Há cinco anos em operação, a Alegra produz hoje 9 mil toneladas/mês de carne suína e espera fechar o ano com faturamento na casa dos R$ 800 milhões.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • E

    EDNEI MAINARDES

    ± 0 minutos

    O fim da era Requião permitiu o fortalecimento da indústria de alimentos (exportação e consumo interno) aqui no Paraná. As 3 cooperativas dos campos gerais formam um colosso, que é o grupo Unium. A soma desses fatores fortalece a produção rural de alta tecnologia na região e, por consequência, avanço econômico em nosso estado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz Renato Stival

    ± 8 dias

    Se não tivesse passado o Requião no Estado do Paraná, com certeza, estaríamos em outro nível no Agronegócios e Indústria. O Maria Louca fez de tudo para sucatear o Porto de Paranaguá, não permitiu a instalação de novas indústria no Estado, bem como retardou a evolução na agropecuária.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Figueiredo Mercado

    ± 8 dias

    Castrolanda, Frísia e Capal um excelente exemplo da pujança do agronegócio, com cooperativismo, trabalho e suor alavancando desenvolvimento e sustentabilidade no campo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    IvoHM

    ± 8 dias

    Basta não ter um Requião para forçar um caso de febre aftosa que o agro do Paraná deslancha.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.