i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Startup

Plataforma gratuita promete rapidez em agendamentos médicos

  • PorCamila Machado
  • 17/07/2019 09:42
Atendimento online.
Plataforma online conta mais de 15 mil usuários ativos e 30 mil agendas. Aplicativo será lançado em setembro.| Foto: Pexels.

Bom para os médicos, ideal para os pacientes e a solução para os planos de saúde. É assim que se descreve uma plataforma online de agendamentos de consultas médicas, curitibana, a recém-lançada Medibook. O recurso já tem em sua base 15 mil usuários de Curitiba. A expansão, com mais 10 mil vidas, está programada para agosto e promete abocanhar o público da região metropolitana de Curitiba. Lapa e Fazenda Grande já aparecem no portal.

Funciona assim: médicos se cadastram no site e os pacientes, de casa ou de onde estiverem, marcam suas consultas. Tanto para os profissionais da saúde, quanto para os que precisam de atendimento, o Medibook é gratuito.

“O interessante é que o paciente tem acesso a agenda do seu médico de confiança e de forma rápida. Além disso, é possível conhecer o trabalho de outros profissionais”, esclarece o empresário Rodrigo Marcial. 

A cartela de especialidades, um leque com mais de cem, tem desde especialistas em alergia, cirurgiões, pediatras, geriatras, entre outros. Na plataforma, quando selecionada a especialidade e o profissional, os planos de saúde conveniados ao médico aparecem na tela. De acordo com o estudo de viabilidade que permitiu o lançamento do Medibook, no momento, estão abertas 30 mil agendas no portal.

A tecnologia empregada no software, os estudos para tirar a ideia do papel, os testes e tudo o que envolve a criação de uma empresa exigiram um investimento de quase R$ 2 milhões. Por dois anos o Medibook esteve incubado dentro de uma administradora de saúde e traz essa expertise ao mercado.

Os empresários contaram ainda que se basearam em tecnologias empregadas em países como a França, Estados Unidos e China.

"O Medibook ajuda o médico a trazer o paciente para a sua clínica, de forma gratuita. Também contribui com o paciente que, em 24 horas, garante a sua consulta, também de forma gratuita. Tudo isso faz com que o sistema seja democrático", explica Marcial Carlos, o sócio majoritário da empresa.

Sustentabilidade

 A equipe da Medibook. Ao fundo, da esquerda para direita: José Augusto Leal, CEO; Igor Popadiuk, CTO; Rodrigo Marcial, sócio minoritário; Marcial Carlos, sócio majoritário.<br /> Abaixo, Fabiane Mendes, CCO; Matheus Santos, desenvolvedor.
A equipe da Medibook. Ao fundo, da esquerda para direita: José Augusto Leal, CEO; Igor Popadiuk, CTO; Rodrigo Marcial, sócio minoritário; Marcial Carlos, sócio majoritário.
Abaixo, Fabiane Mendes, CCO; Matheus Santos, desenvolvedor.

Quem paga para que a Medibook funcione são os planos de saúde. "É um bom negócio. Os planos precisam da garantia do atendimento ao usuário, se não cumprem os prazos, pagam multa. O Medibook vem para facilitar esse precesso", conta o CEO da empresa, José Augusto Leal.

A plataforma também envia lembretes para que o paciente não esqueça o seu horário marcado. É possível tirar dúvidas pelo chat online.

A startup Medibook tem 10 funcionários e o escritório fica em Curitiba, no Centro Cívico. O próximo passo é lançar o aplicativo do serviço, em setembro. Já para 2020, o Medibook pretende atender também outras capitais.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    Rodrigo Marcial Ledra Ribeiro

    ± 0 minutos

    A plataforma já é um espetáculo. Muitas novidades vêm pela frente! Promete ser uma das maiores empresas da área no Brasil.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]