Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Sobe o valor de benefícios como vale-refeição no PR no 1º trimestre de 2022
| Foto: ROBERTO CUSTODIO/JORNAL DE LONDRINA/ROBERTO CUSTODIO/JORNAL DE LONDRINA/Arquivo

Levantamentos de duas das principais operadoras do setor - Flash e Sodexo - apontam que o Paraná teve no primeiro trimestre de 2022 um dos melhores tickets médios de pagamento de benefícios a colaboradores de Pequenas e Médias Empresas (PME). Os benefícios envolvem pagamentos como vales alimentação, refeição e transporte, além de auxílio com saúde, educação, entretenimento, entre outros.

Siga as últimas notícias de negócios no estado pelo Linkedin da Paraná S/A

Pelos cálculos da Flash, startup que administra benefícios com o cartão da bandeira Mastercard, o Paraná foi o segundo estado onde mais aumentou o ticket médio no primeiro trimestre, com crescimento de 14,09% em relação ao mesmo período do ano passado. O estado ficou atrás apenas do Rio de Janeiro, onde os benefícios subiram em média 18,01%. A Flash analisou os benefícios de 500 colaboradores de PME das cinco regiões brasileiras.

O CRO da Flash, Rafael Maia, explica que o ticket médio de benefícios tende a refletir o mercado de diversas formas, como salários, custo de vida, oferta de empregos, estrutura do mercado e impacto da economia na vida particular dos colaboradores das empresas.

“Avaliando os números apresentados no levantamento atual sobre o aumento do ticket médio, podemos notar que as empresas do Paraná e de outros estados já estão atentas às necessidades e motivações dos seus colaboradores”, avalia Maia.

A rede Sodex Benefícios e Incentivos aponta que só o ticket médio do vale-alimentação de PME no Paraná cresceu 8,12% nos primeiros três meses do ano, alcançando a marca de R$ 432,26 por mês. Já no vale-refeição, o valor subiu 11,9%, alcançando R$ 438,33 ao mês, aponta a empresa francesa de benefícios cujo cartão é aceito em 2,2 milhões de estabelecimentos no Brasil.

"Para as empresas, a oferta de benefícios ao trabalhador é questão de estratégia de negócio na retenção dos melhores talentos. E em razão de um cenário inflacionário que afeta diretamente a mesa e a qualidade da alimentação do trabalhador, as empresas elevaram o valor nos cartões alimentação e refeição nos três primeiros meses deste ano", avalia Rodrigo Somogyi, diretor de produtos da Sodexo. 

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]