Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Piso envernizado 
(à esq.) / piso depois do processo de lixamento (à dir.). Foto: arquivo pessoal.
Piso envernizado (à esq.) / piso depois do processo de lixamento (à dir.). Foto: arquivo pessoal.| Foto:

Um tempinho atrás eu havia comentado aqui no blog sobre como tratar e evitar cupins em piso de madeira. Essa preocupação com cupins naquela época surgiu pelo fato de eu estar instalando armários planejados, fiquei com muito receio de que com o abafamento de partes do piso — as áreas em que os móveis ficariam — pudesse futuramente causar algum problema por causa de cupim.

Ok, feito isso, e depois de reforma no banheiro, montagem dos móveis planejados e tudo mais, percebi que o piso estava opaco e cera nenhuma poderia dar jeito nos taquinhos. Então, antes de colocar todos os móveis, resolvi lixar e envernizar bem o piso.

Antes:

Taquinhos antes do lixamento. Foto: arquivo pessoal.

Antes que a empresa iniciasse o serviço, coloquei os poucos móveis que tinham no apê no banheiro e na cozinha. Cobri tudo com lona e ainda vedei bem com fita crepe. Como minha cozinha não tem porta, acabei improvisando uma porta com lona e fita adesiva. A máquina utilizada para fazer o lixamento da madeira retém boa parte do pó, mas mesmo assim se prepare para a sujeira.

Fiz uma porta com lona e fita adesiva, para evitar ao máximo sujeita na cozinha. Foto: arquivo pessoal.

Depois de tudo preparado, os 40m² de piso começaram a ser lixados. São dois processos de lixamento: o primeiro com uma lixa mais grossa (não me lembro bem a gramatura da lixa), e o segundo lixamento mais fino, para dar acabamento. Lá no apê, esse processo demorou aproximadamente umas três horas.

Aí, já com tudo lixado, a madeira é tratada com selador, que vai preparar o piso para o verniz. O acabamento, que pode ser brilhante, semi-brilho e fosco, vai depender do gosto de cada um. Há também uma variedade de vernizes no mercado. A escolha varia pelo preço (obviamente), o que influencia na durabilidade, na resistência ao risco, na manutenção, tempo de secagem, cheiro, etc.

A maioria das empresas que realiza lixamento e envernização de piso de madeira oferece dois produtos:

SINTECO

O Sinteco tem a vantagem de ser o mais em conta de todos. Seu preço varia entre R$ 20 a R$ 30 o metro quadrado — valor já com o lixamento. Porém, esse tipo de verniz apresenta menos resistência a risco. Em caso de risco, será preciso reaplicar o produto em toda a superfície e não só na área afetada. Ah, esse tipo de verniz também costuma demorar mais para secar, e seu cheiro é mais forte.

VERNIZ ALTO TRÁFEGO

O preço é um pouco mais caro, varia entre R$ 30 a R$ 40 o metro quadrado — valor também já incluso o lixamento. É um tipo de verniz com maior durabilidade, pois geralmente é usado em locais de “alto tráfego de pessoas”, por isso o nome. Em caso de risco, a manutenção pode ser feita só na área afetada. É um produto sem cheiro e seca rapidamente.

Os taquinhos soltos devem ser todos colados antes do processo de lixamento. Foto: arquivo pessoal.

A aplicação do verniz é feita em duas demãos. Como eu escolhi o verniz alto tráfego com acabamento semi-brilho, a aplicação do produto foi feita numa manhã. Ao terminar a última demão de verniz, fechamos o apê e esperei 48 horas para entrar lá novamente. O dia estava úmido e nublado, então preferi esperar a secagem completa com calma.

Aplicação do verniz sob o piso. Foto: arquivo pessoal.

A recomendação, após aplicar o verniz, é evitar de colocar tapetes ou coisas que podem abafar o piso por um mês. Isso porque a madeira precisa respirar. Se essa recomendação não for levada em conta, o piso pode manchar.

MANUTENÇÃO

Depois do verniz, a limpeza vai ser muito mais simples. Basta só uma vassoura e limpeza com um pano quase seco só com água — evite QUALQUER tipo de produto. Não vai precisar de cera, nem nada. Os produtos químicos podem retirar a camada do verniz e a umidade da água pode manchar a madeira.

Tenha também cuidado ao mudar móveis de lugar. Invista em feltro nos pés do sofá, cadeiras e mesas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]