Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    Rogério R

    ± 5 dias

    Somos um país em desenvolvimento com uma dívida externa enorme; precisamos de uma taxa cambial favorável (dólar alto) para sermos competitivos no mercado externo e trazer investimentos para o país. Paulo Guedes está colocando o dólar onde quer "no grito"! Brilhante!!! Dólar baixo só serve mesmo pra passear na Disney!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Hélio

    ± 6 dias

    Somos um país pobre, que precisa trabalhar mais e passear menos. Mais exportações e menos importações. Não vejo grandes problemas em exportarmos commoditys ! Nosso agronegócio já nosso ponto forte e a curto seremos os melhores do mundo. Nosso maior problema na economia é questão fiscal, que pode se resolver a curto prazo com o crescimento, principalmente via exportações. Portanto que o dólar fique alto. Aproveitemos !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Salissa Mendonça Souto

    ± 8 dias

    As elites estão tristes, acabou a farra na Disney. Não posso dizer que fico pessoalmente feliz ao ler isso. Mas parece ser o melhor para o país mesmo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 8 dias

      Ótimo comentário, Marcos. Quem vibra com a alta do dólar porque tem "raivinha" (leia-se: inveja) dos mais ricos que podiam viajar para os EUA está sendo apenas estúpido. O real superdesvalorizado é ruim para todo mundo - inclusive para você, esquerdinha que fica torcendo para o rico se ferrar.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcos eisenschlag

      ± 8 dias

      Tenho mas noticias pra vc: o trigo que vai na massa do seu paozinho e' importado em dolar, assim como o acucar que apesar de produzido aqui tambem e' cotado em dolar, na verdade quase todos os produtos agricolas sao cotados em dolar e os agrotoxicos e sementes tambem sao dolarizados. Ou seja, nao caia na cantilena de que "o dolar so' afeta a viagem a Disney das elites" porque ele influencia toda a nossa economia e normalmente as elites sao as que conseguem manter reservas em dolar e serem menos afetadas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nielsen

    ± 8 dias

    Em outras palavras, na época da Dilma e Lula o dólar era alto por uma razão obscura governo desorientado etc hoje Época de Bolsonaro o dólar alto é por conta de uma boa razão de o país está nos trilhos certo. Então relaxa e goza.... cada uma .. por isso que comentário com viés de esquerda ou direita obscurece o esclarecimento ....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FERNANDO LUIZ POZZOBON

    ± 8 dias

    Finalmente um jornalista que disse algo coerente. O que se viu por aí em algumas mídias ( inclusive em telejornais de grande público) foi algo tenebroso por falta de conhecimento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 8 dias

      O problema desse artigo é que ele só aborda o capital especulativo, ou seja, do estrangeiro que é atraído para aplicar o dinheiro aqui somente porque os juros são (eram) altos. Para quem vem de fora pretendendo investir em algum negócio concreto - abrir uma filial de uma indústria, ou uma rede de lojas, por ex. - fica impossível fazer um planejamento econômico decente com uma moeda que não para de se desvalorizar como a nossa. Economia não é só taxa de juros como o autor dessa matéria deu a entender.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pedro M Nunes

    ± 8 dias

    excelente artigo. parabéns pela clareza, rara nas página de economia dos jornais - não porque o tema é árido mas porque a maior parte dos jornalistas escreve sobre algo que não entendeu.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J A Schmidt

    ± 8 dias

    Para estados como o PR grandes produtores agrícolas e exportadores o dolar alto nessa época em que os insumos já foram indexados anteriormente, e se houver a manutenção dessa tendência até Fevereiro quando se negocia a safra pode ser extremamente benéfico.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LUIMAR SZCZEPANSKI

    ± 8 dias

    Os dólares que passeavam por aqui eram em muitos casos, especulativos. Hoje a realidade é bem outra. Com a taxa de juros mais baixa foram procurar outras paisagens

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 8 dias

      Sim, e hoje temos o pior de dois mundos: o capital especulativo não vem (porque os juros são baixos) e o capital "sério" (para investir de fato no país) também não porque, com a instabilidade da moeda, o lucro que ele planejou no começo pode, daqui a alguns anos, virar pó, na hora em que ele for converter o valor para dólar. Disso o Pedro não fala.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Daniel

    ± 8 dias

    Excelente artigo. Seria interessante falar da influência da conjuntura externa numa proxima oportunidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos eisenschlag

    ± 8 dias

    Excelente artigo Pedro, mas faltou a inclusao do cenario externo, que creio preponderante. O dolar se valoriza nao so' frente ao real mas em relacao a todas as moedas, o que pode ser comprovado pela alta do USDX desde 2018. Os investidores ja' mostram receio com o estouro das bolhas de ativos proporcionadas pelos QEs dos bancos centrais e os fluxos de investimento reverteram para os treasuries de longo prazo. Isso explica a inversao da curva de juros americana devido a grande procura pelos titulos de longo prazo. E' um cenario externo pre-recessivo que espanta o capital especulativo do Brasil e diminui a provavel procura por comodities.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nícolas

    ± 8 dias

    "A indústria, machucada após anos de real valorizado, deve ganhar força nesse novo cenário." Pois é... Existe apenas um problema: nós somos um país produtor de pedra, pau, mato e carne e fingimos exportar uns carros e geladeiras aqui e acolá. Até para investir em maquinário e demais equipamentos, será em dólar. Achar que nossa indústria (mal, mal 2.0) conseguirá ser reinventar para competir com o exterior (4.0) sem precisar de capacitação e investimento (em dólar) é meio complicado... Sempre critiquei a guerra cambial, pois de inovadora não tem nada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • A

      Adriano César de Souza

      ± 8 dias

      É hora de diminuir o Imposto de importação para máquinas e equipamentos de base para a indústria.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcos eisenschlag

      ± 8 dias

      e ainda estamo brigando com a Argentina que e' o nosso principal mercado para produtos industrializados. Logo so' venderemos mato e carne, porque a demanda por pedra e pau vai cair consideravelmente com a desaceleracao chinesa.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.