i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Pedro Menezes

Foto de perfil de Pedro Menezes
Ver perfil
Atividade empresarial

O que Anitta nos ensina sobre a economia brasileira

  • Por Pedro Menezes
  • 26/02/2020 14:21
O que Anitta nos ensina sobre a economia brasileira
O que Anitta nos ensina sobre a economia brasileira| Foto: Reprodução / Facebook

“Só usa a bunda assim agora, Jesus?”, perguntou um seguidor que se dirigia a Anitta, apesar da referência ao Messias. Contrariando expectativas, a funkeira respondeu como professora em escola de negócios, discorrendo sobre a “estratégia da continuidade”:

“É uma das táticas para transformar o produto em algo além da oferta principal – no meu caso, a música. Repare que, desde o Rock in Rio, só usei o mesmo estilo de cintura alta com calcinha pro alto. Este mês, os shorts da coleção já estão sold out [esgotados] em todas as lojas. (...) Se você pesquisar, vai ver várias pessoas se fantasiando dessa forma no carnaval. Assim, pulverizo a [minha] marca de maneira natural e indireta, não ficando 100% dependente do produto principal. A marca continua em alta. Lá na frente, a gente tira proveito dessa criação e partimos pra outra.”

Imagino quão difícil é atuar no setor de Anitta. Hits do verão são imprevisíveis. Não é fácil lançar uma música nova, ano após ano, tendo garantia de que será o grande sucesso do carnaval brasileiro.

Sabendo da sazonalidade do seu negócio, a cantora decidiu vender também uma linha de roupas atreladas à sua imagem. Observou as tendências do momento antes de escolher como se vestiria. Durante centenas de eventos ao longo de vários meses, tomou cuidado para que o figurino sempre se adequasse ao plano de negócios. Deu certo. Anitta não lançou o grande hit do verão e, mesmo assim, segue inabalável como número 1 do pop brasileiro.

Longe de se tratar de um assunto fútil, a estratégia de Anitta para a exposição da própria bunda ilustra o que é a atividade empresarial, o exercício de ganhar dinheiro atendendo às preferências de terceiros. Infelizmente, quando falamos de empresários no Brasil, a geração de valor não é a única prática que nos vem à cabeça. Não deveria ser assim.

Peço que o leitor abstraia julgamentos morais ou estéticos sobre o estilo da cantora e repare a mentalidade com a qual ela trata a própria marca. As virtudes burguesas, nitidamente presentes em Anitta, são essenciais para o desenvolvimento do país.

O que é a atividade empresarial?

O empresário é alguém que se dispõe a administrar fatores de produção para entregar valor econômico aos clientes. Em geral, os fatores de produção são divididos em capital e trabalho.

No caso de Anitta, o trabalho é o dela mesma, dos produtores, maquiadores, dançarinos, construtores dos palcos onde ela faz shows, vendedores de lojas que comercializam suas linhas de roupas, etc. O capital, por sua vez, vai do equipamento de gravação ao figurino utilizado.

A estratégia de Anitta consiste em, a partir dos fatores de produção à disposição, maximizar o valor econômico gerado para o cliente. Além de vender canções, ela usa sua exposição nos palcos para vender também um estilo. Gera dinheiro no curto prazo e mantem a marca em evidência caso as músicas não emplaquem.

Anitta é uma empresária “raiz”. Ela olha para os recursos à sua disposição – voz, corpo, equipe, etc – e pensa em como gerar valor para o público, precavendo-se contra as intempéries do show business.

O que Anitta tem a ver com o desenvolvimento de longo prazo do Brasil?

Em julho do ano passado, escrevi sobre fatores de produção noutra coluna da Gazeta. Segundo o esperado pelos estudiosos do desenvolvimento econômico, países pobres tem mais facilidade para crescer do que países ricos. Daí vem a ideia de economia emergente, aquela que está se aproximando das economias avançadas.

Contrariando expectativas, o Brasil não está emergindo. Desde 1980, o PIB per capita do Brasil cresceu menos que o dos Estados Unidos. Nosso crescimento de longo prazo tem sido muito baixo. O que é surpreendente, dado que, no mesmo período, o Brasil cresceu mais que os Estados Unidos em número e escolaridade dos trabalhadores. Além disso, acumulamos mais capital físico. Os resultados estão documentados em pesquisas como a de Fernandez-Arias, discutida na coluna linkada acima.

Os empresários brasileiros possuem cada vez mais fatores de produção à disposição em relação aos americanos, mas a produção cresce menos. Mas nossa produtividade – a capacidade de gerar mais com menos – tem patinado. Os empreendedores não conseguem maximizar o valor econômico a partir dos insumos disponíveis.

Nosso problema é que a maioria dos empreendedores brasileiros tem dificuldade para fazer o mesmo que Anitta.

Por que é tão difícil criar riqueza no Brasil?

Anitta possui habilidades específicas e muito raras, especialmente na percepção do que o público jovem quer consumir. Essas habilidades são extremamente bem remuneradas no mercado de trabalho deste início de século 21. O assunto é discutido há anos em artigos como o seminal “The Economics of Superstars”, de Sherwin Rosen, publicado na American Economic Review em 1981.

Essa valorização das habilidades de super-estrelas permite que Anitta ganhe muito dinheiro por hora trabalhada. Uma consequência é que ela pode ter uma ideia comercial com a equipe criativa, passar para a assessoria e preocupar-se apenas com a geração de publicidade em torno da ideia.

Assim, Anitta não lida diretamente com fila de cartório, burocracia tributária e processos trabalhistas. Sua alta produtividade na parte criativa do negócio permite um foco exclusivo, com terceirização de outras atividades para gente que entende melhor sobre como produzir roupas e videoclipes.

A maioria dos empreendedores brasileiros não possui o mesmo privilégio setorial, nem um dom excepcionalmente bem remunerado. Eles perdem um tempo valioso lidando com burocracias improdutivas, ao invés de ocupar a própria cabeça com a maximização do valor gerado no seu negócio.

Além de burocrático e repleto de incertezas inexistentes em países mais sérios, o ambiente de negócios brasileiro tem regras irracionais, que prejudicam a alocação dos recursos. Cada produto paga uma alíquota de imposto diferente, cada um tem sua própria regra para importação e, no fim, a maximização da produtividade perde espaço para especificidades da legislação.

Um exemplo está na engenharia civil, onde a construção com pré-moldados paga imposto como indústria, com o dobro da alíquota cobrada na construção tradicional, no canteiro de obras, que é tributada como serviço. Como resultado, um método de produção possivelmente mais eficiente deixa de ser adotado porque não faz sentido do ponto de vista tributário.

Outro exemplo é a guerra do ICMS. As isenções concedidas por governadores visando a implantação de indústrias em seus estados fazem com que a decisão sobre onde produzir deixe de refletir o valor econômico gerado em cada local.

O Brasil é pródigo na criação de distorções que atrapalham a maximização da produtividade pelo empreendedor. Esses empecilhos dificultam o surgimento de “empresários raiz”, focados na criação de riqueza.

Ainda pior, este cenário faz com que muita gente tente extrair renda a partir regras anti-econômicas, ao invés de gerar valor para o consumidor final. Um dos grandes problemas econômicos do Brasil é este: o empresariado brasileiro está repleto de Odebrecht’s e FIESP’s.

Quando o país do futuro der certo, nossos empresários se parecerão mais com Anitta, com muita disposição para concorrer no exterior e pouca para pedir benesses ao Estado. Inclusive porque, apesar desta coluna tratar de eficiência produtiva, a justiça social é outro assunto de extrema relevância para o Brasil, país que só vai dar certo quando a população nascida na periferia puder empreender com sucesso.

A cabeça de Anitta faz falta na burguesia brasileira. Sim, a cabeça. A bunda dela foi só um pretexto para discutir os grandes desafios do país. Ou, como diria a funkeira, uma estratégia para transformar esta coluna em algo além do produto principal.

22 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 22 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    carlos

    ± 9 dias

    Pedro, muito bom!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maria da Gloria Linares Fernandes

    ± 9 dias

    Lixo, lixo e lixo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ANDRÉ L. O. P. SILVA

    ± 9 dias

    A maioria brasileira como sempre influenciada por este estilo “vai descendo na boquinha da garrafa” musical. Raros os pais que não achavam “engraçadinho” ver os seus filhos crianças “segurando o tchan” ou hoje em dia mesmo, dançarem o show das poderosas. Eu teria vergonha de mim mesmo em colocar este tipo de música em uma festa, mas falo por mim, minha opinião! Assim como em meu humilde gosto, jamais namoraria uma mulher que expõe tanto o corpo como a Anitta. Por ter esse meu pensamento “careta”, sei que jamais serei muito popular na grande indústria Brasileira.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Hugo Dalla Zanna

    ± 9 dias

    Gostei da "carona na bunda" para emplacar o texto. Muito bem escrito e com bastante pertinência. Parabéns Pedro Menezes, a propósito, tenho um amigo que é seu homônimo e para o qual passei essa tua reportagem. Com relação à Anitta, ela sabe que faz uma porcaria de música. Tenho certeza disso, mas ela sabe muito bem "criar valor". Detesto a música dela, mas devo me render ao fato de que ela é inteligente, esforçada e é um sucesso!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    W

    ± 9 dias

    com uma população em que a maioria não tem valores, cultura, nem educação, coisas como "musica de baixo nível" entre as principais o FUNK, que não tem nada de bom, pelo contrario, só fala besteira e incentiva a putaria, "artistas" que tmb não são, se dão bem! O baixo nível ganha grana com o povo mau instruído. Basta ver os top do Brasil: Anitta, Ludmila, Pablo *****,.....e em outras áreas, esses youtubers: só falam ***** e ganham milhoes! Infelizmente esta é a nossa educação e cultura, que está tão lá em baixo, que dá ouvidos e dinheiro para estas bestas!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulão

    ± 9 dias

    Muito bom! só acho que ela inverteu, a música não é o principal e sim a bunda.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Doarcy Junior

    ± 9 dias

    kkkkk .... tá se dando melhor que o Paulo Guedes

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lucas Rocha

    ± 9 dias

    O que dizer, não? Apesar de ser um lixo bestial e pornográfico, e prestar um desserviço para a cultura do país, a "artista" é um gênio dos negócios!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 9 dias

    Bom, as prostitutas e os padres, pastores, profetas etc., sempre souberam cuidar do dinheiro muito bem, desde tempos imemoriais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lissandro Bassani

    ± 9 dias

    Excelente texto. Apesar do produto rampeiro, é o que o povão e as meninas "desabrochantes" querem... Não tem ponto sem nó ali.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    THIAGO

    ± 9 dias

    até que tem um TICO E TECO ali dentro, quem diria .....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Correa

    ± 9 dias

    O Brasil é o país dos favores políticos, dos oligopólios e do monopólio. É por isto que estamos patinando há 40 anos. Nada vai pra frente, só os bilhões para campanhas eleitorais e os favores nas obras públicas. Transporte de passageiros é outro setor oligopolizado. Não dá mais!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    EDUARDO SABEDOTTI BREDA

    ± 9 dias

    O repertório de músicas da moça é absolutamente lamentável, assim como a forma como ela se veste. Mas ela sabe vender o produto dela como poucos. Tem seu mérito. Apesar de ser uma cantora medíocre.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    IvoHM

    ± 9 dias

    Sobre essa Anitta: "Nunca ninguém perdeu dinheiro subestimando a inteligência do público" (W.R. Hearst ou P.T. Barnum ou ...)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • S

      Sr. Walker

      ± 9 dias

      Muito boa, eu não conhecia.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • J

      Jorge Dias

      ± 9 dias

      Xeque mate

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Joao Simoncello

    ± 9 dias

    Caro Pedro, a realidade empresarial é fundamental em qualquer país moderno. Inclui empreendedores, denominados empresários, os executivos , que prestam serviços indispensáveis aos que empreendem, e um conjunto quase infinito de personagens, entre os quais estão os artistas, ou talentos. Meu ponto é que um empresário ou executivo são valores a apreciar E MUITO em uma sociedade moderna. Sem liberdade para empreender ou para executar bem, não é possível criar valor. No Brasil há empreendedores, mas poucos executivos. Sem estes, é difícil conseguir resultados para o crescimento e bem estar. Como é tema amplo, deixo a indicação para leitura https://conversenumaboa.blogspot.com/

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Philipe dos Santos Pompeu

    ± 9 dias

    A verdade que a maioria dos empresários brasileiros corre pro papai Estado quando sente a concorrência chegar, vide Saraiva contra a Amazon e mais recentemente empresas de ônibus contra a Buser.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jorge Dias

    ± 9 dias

    Eh muito liberteen para uma quinta-feira pós Carnaval.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Decio mango

    ± 9 dias

    Somos todos Anitta...quando queremos um governo honesto..quando combatemos a corrupção dando uma graninha ao policial...quando dizemos que a corrupção e necessária para mantermos a melhoria social..e que o bozo e uma histeria de quem quer se fazer de herói frente aos heróis da corrupção

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • R

      RAIMUNDO LUIZ DOS SANTOS

      ± 9 dias

      O texto não entre em politica, é um artigo interessante sobre estratégia de mercado Bolso, Lula, Ratinho ou seja lá quem desejar não esta citado aqui e nem tem nada com o que esta apresentando no texto.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • B

      Bruno Carneiro

      ± 9 dias

      Fale por você...eu nunca dei nem daria dinheiro para policial. Se vc oferece suborno deveria ser preso. Corrupção não é necessária coisa nenhuma, é um câncer que deve ser extirpado.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.