i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Polzonoff

Foto de perfil de Polzonoff
Ver perfil

"Para nós, há apenas o tentar. O resto não é da nossa conta". TS Eliot.

A decepcionante aventura de tomar café com Dalton Trevisan

  • 18/10/2020 19:54
Dalton Trevisan: cortês e simpático, mas ainda assim um homem aquém da sua obra.
Dalton Trevisan: cortês e simpático, mas ainda assim um homem aquém da sua obra.| Foto: Ilustração de Oswalter Urbinati

Sinto que estou cometendo um pecado mortal. Porque, neste texto, vou trair a discrição quase patológica de Dalton Trevisan e contar o que se passava nos cafés que tive o duvidoso privilégio de compartilhar com ele. Não que tivesse acontecido algo grandioso. Não que ele tivesse feito alguma revelação bombástica. Mas vou contar mesmo assim.

Meu primeiro contato com a obra de Dalton Trevisan foi aos 17 anos. Peguei O Vampiro de Curitiba na biblioteca do colégio e comecei a ler. Não entendi nada do primeiro parágrafo, nem do segundo, nem do terceiro. Faltava alguma coisa àquelas frases. Deixei de lado. Meses mais tarde, peguei o livro para ler de novo e, dessa vez, algo se iluminou. E tudo fez um sentido danado.

Pelos dois ou três anos seguintes, consumi tudo o que havia de Dalton Trevisan na Biblioteca Pública do Paraná. E comecei a imitar o estilo dele – o que me rendeu uma bronca de Cristóvão Tezza, na época meu professor na faculdade de jornalismo. Afinal, quem eu pensava que era para usar elipses em textos noticiosos? Humpf.

Eu andava pelas ruas procurando Dalton Trevisan. E estranhamente o via em cada velhinho que se parecesse mais ou menos com a referência de que dispunha na época: uma fotografia já meio antiga, tirada sorrateiramente por um fotógrafo atrevido e publicada na Veja. (Atitude que, por sinal, naquele prédio decadente da UFPR, rendeu várias aulas tediosas sobre imprensa e direito à privacidade).

O tempo passou. Foram só dois ou três anos, mas pareceram décadas. E nada de eu conhecer Dalton Trevisan. Tentei que vários nomes da cultura curitibana intermediassem uma conversa. Mas os que tinham acesso ao vampiro (juro que tentei escrever este texto sem usar a palavra “vampiro”, mas não deu) não compartilhavam esse privilégio com ninguém de fora do clubinho.

Até que comecei a escrever profissionalmente e, ao melhor estilo enfant terrible, passei a provocar artistas locais e a criticar todo o ufanismo que cercava aquela Curitiba do fim do século XX. Para minha surpresa, do outro lado da folha de jornal estava ninguém menos do que Dalton Trevisan.

Que, um dia, do nada, me ligou. Ou melhor, mandou que seu assistente me ligasse. Marcamos um café ali pertinho da UFPR mesmo, na praça Santos Andrade. Quando cheguei ao local, me atrasando para fazer charme, ele já estava lá – juntamente com o assistente e um assistente do assistente.

Apresentações devidamente feitas, me sentei. Noves fora, eu era um menino perna-de-pau diante do Pelé.

Foi uma decepção. Dalton Trevisan era um homem de riso surpreendentemente espontâneo e de conversa fácil, muito cortês e simpático. E, se me lembro bem, naquele dia fez uns comentários que hoje seriam considerados sexistas. Mas não falava com a mesma elegância de seu texto. E tampouco estava interessado em discutir seus livros e o assunto que mais me interessava na época: a ojeriza que ele nutria por qualquer tipo de publicidade envolvendo seu nome.

Tomamos café mais duas vezes. A certa altura, perguntei a ele por que não íamos à Confeitaria das Famílias, um daqueles lugares da chamada “Curitiba Mítica” que tanto combinava com os livros dele. Dalton Trevisan ficou brabo – e com razão. Noutra ocasião, perguntei sobre a relação dele com outros dois expoentes da Geração Joaquim, Poty Lazzarotto e Wilson Martins. Ele contou alguma fofoca por alto e confessou: “Eu brigo com todo mundo”.

E briga mesmo. Por qualquer coisa. Ou por nada. Algumas semanas mais tarde, fiz contato para marcar outro café. Silêncio. Insisti. Silêncio ao quadrado. Até que desisti (em minha defesa posso dizer que não sou dos mais perseverantes neste tipo de situação). Depois de muitos anos, me disseram que Dalton Trevisan tinha ficado irritado com alguma coisa que escrevi sobre um buraco de rua qualquer. Mas prefiro acreditar que ele simplesmente tenha se cansado da minha chatice.

Depois daquela experiência, ainda cometi outras vezes o erro de conhecer artistas que admirava, sobretudo escritores e poetas. O resultado foi sempre o mesmo. O lado bom é que, de uma vez por todas, aprendi (acho): os homens invariavelmente estão aquém de suas grandes criações. (Por mais que hoje O Vampiro de Curitiba me pareça um livro menor).

31 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 31 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 7 dias

    Paulo, somos dois então que não entenderam nada sobre Dalton Trevisan. Quando jovem li algumas obras mas não me chamaram atenção. Confesso que me foi util, quando de um concurso publico, uma questâo do Cemiterio de Elefantes. Como paranaense, tinha a obrigação se conhecê-lo, acertei sem dificuldade. Mas o gosto literario não é simples. Gosto de Proust, Dostoiesvski e Cervantes. Este meu autor preferido, tenho uma edicão portuguesa dos 300 anos de Dom Quixote. A obra literaria mais importante que a humanidade já produziu.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Irineu Berestinas

    ± 7 dias

    Meu Caro Paulo, você pode me repassar o seu e-mail. Sou de Arapongas, assinante da Gazeta e leitor dos seus textos. Tenho vários livros de poesia editados e gostaria de te repassar algumas poesias. Grato

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J. MOACIR

    ± 7 dias

    Prezado NICOLA (do comentário abaixo) : Desculpa mas analfabeto funcional é citar Lima Barreto , a pessoa mais abjeta da virada do seculo XIX para XX... vai ler Guy de Maupassant , Edgar Allan Poe e ai discutimos!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • I

      Injustus

      ± 6 dias

      Boa!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Celito Medeiros

    ± 7 dias

    Não é fácil manter o 'charme de não se mostrar', como o Dalton. Jovens pensam que manter em seus avessos o reverso de famosos os ajudaria em alguma coisa, talvez ajude, a não depender de nada e ninguém para fazer o que gosta e ter sucesso sem acometimentos por muitos desejado. Pelo tempo que vivi e ainda estou vivo em Curitiba, conheci muitos importantes escritores e artistas sem precisar ou desejar conhecimento pessoal. A exceção aconteceu dom Poty e De Bona, mas foi circunstancial, tivemos apenas sérias brincadeiras. Até hoje o MON ainda não me conheceu e penso que não me conhecerá, do mesmo modo lei Rouanet ou quaisquer patrocínios. Faço minha parte, pintar e escrever muito, nada mais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nicola

    ± 7 dias

    Nego chamar Trevisan de fraquinho é passar um atestado da própria ignorância. Um colunista de importante jornal escrever que leu Dalton Trevisan e não entendeu nada, dispensa qualquer comentário. Por favor, não leia Machado de Assis ou Lima Barreto. É muita areia para seu caminhâozinho. Algumas mulas o classificaram como "pangaré". Analfabetos funcionais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • S

      Senor Rodriguez

      ± 7 dias

      Mais um que pensa que os que não compartilham de sua opinião são "ignorantes". Sei... Só pq os tiozinhos da UFPR e da Turma da Saldanha idolatram um personagem/escritor, todos têm que adorá-lo também... Não, seu Nicola, não... Tem gente que não acha graça nenhuma em fixações por corpos infanto/juvenis em forma de textos "enigmáticos"... Gosto é gosto.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      Somente Verdades

      ± 7 dias

      Acho que vc não passou do primeiro parágrafo do texto.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CESAR CAVALLI SABBAGA

    ± 7 dias

    Autofagia curitibana mais forte do que nunca.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • S

      Senor Rodriguez

      ± 7 dias

      É, pq é de Curitiba tem que ser idolatrado... Ahã...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J. MOACIR

    ± 7 dias

    Como Contista Trevisan é um " pangaré " perto de um " puro sangue " como Guy de Maupassant...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • N

      Nicola

      ± 7 dias

      A Anta falando do "pangaré".

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • I

      Injustus

      ± 7 dias

      Não chega nem próximo! Põe pangaré nisso. kkkkkkk

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Senor Rodriguez

    ± 7 dias

    Dalton Trevisan... Muita fama né?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • I

      Injustus

      ± 7 dias

      Fama demais para o que produziu de qualidade. Muita gente melhor em Curitiba. Só ficou famoso por ser recluso e escrever o "Vampiro de Curitiba", que aliás é bem fraquinho.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marco Polo

    ± 7 dias

    Eu diria que somos nós, por vezes que os projetamos, além do que realmente são!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    INES LACERDA ARAUJO

    ± 7 dias

    Meu pai e Dalton foram amigos desde o tempo de faculdade e durante décadas. Até a briga...Qual o sentido de tanta mágoa?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Repolhinho Bocó

    ± 7 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • I

      Injustus

      ± 7 dias

      Esse era outro chato de galocha. Só fama!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Injustus

    ± 7 dias

    Aqui pra nós, que os canceladuras não nos vejam, caro Polzonoff, Dalton Trevisan não é essa bola toda. Aliás, é bem fraquinho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José Vicente bittencourt

    ± 7 dias

    Dalton Trevisan é estranho para escrever e supostamente indecifrável para quem o conhece.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • N

      Nicola

      ± 7 dias

      Olha aí os analfabetos funcionais!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • I

      Injustus

      ± 7 dias

      Vc quis dizer: bem fraquinho, né? Também acho!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALVARO JOSE JUNQUEIRA NUNES

    ± 7 dias

    Prefira não conhecer de perto seus ídolos, a impressão real é sempre inferior à idealização. Com raras exceções...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • C

      CSG

      ± 7 dias

      Também conheci o Tião Abatia quando criança. Gente muito boa.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Matraca Trica

      ± 7 dias

      Conheci Tião Abatiá e foi o máximo!!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    SILVIO MACIEL ROCHA

    ± 7 dias

    Dalton Trevisan sempre foi um intelectual mediocre.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    4 Respostas
    • S

      SILVIO MACIEL ROCHA

      ± 7 dias

      Esse "Só verdades" se esconde atrás de um apelido. Poderia ser: Só covardes".

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • D

      d'Amortan

      ± 7 dias

      Ora, ele não se propõe a ser um intelectual, apenas um contista...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • I

      Injustus

      ± 7 dias

      Tenho que concordar. Bem fraquinho!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      Somente Verdades

      ± 7 dias

      Falou o grande intelectual SILVIO MACIEL ROCHA !!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.