i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Polzonoff

Foto de perfil de Polzonoff
Ver perfil

"Para nós, há apenas o tentar. O resto não é da nossa conta". TS Eliot.

Como passar o Dia dos Pais ao lado de Shakespeare e… Thammy Miranda

  • [08/08/2020] [19:56]
O que é a campanha publicitária envolvendo Thammy Miranda senão o uso comercial do luto, da traição e do medo que todos carregamos dentro de nós?
O que é a campanha publicitária envolvendo Thammy Miranda senão o uso comercial do luto, da traição e do medo que todos carregamos dentro de nós?| Foto: Reprodução/ Twitter

Você talvez não saiba, mas os publicitários sabem muito bem: seu ódio é muito mais valioso do que qualquer simpatia que você possa nutrir por um produto ou marca. Aliás, de acordo com as regras mefistofelesiana que regem esse tipo de raciocínio, também o ódio que você possa vir a sentir por quem sente ódio é valioso. E quanto mais extremo é esse ódio, melhor.

E é por isso, e não por amor à diversidade, à tolerância, ao coraçãozinho feito com as mãos ou aos Ursinhos Carinhosos que os publicitários decidiram usar o Thammy Miranda (e Thammy Miranda se deixou usar) numa peça publicitária de Dia dos Pais de uma marca de cosméticos. Eles sabem que isso vai despertar a ira dos conservadores, que por sua vez despertará a ira dos progressistas. Ira por ira, enquanto isso a marca de cosméticos fica gravada na mente das pessoas.

Mas digamos que você seja uma pessoa de opiniões fortes. E que simplesmente não consiga ficar alheio à polêmica da vez. Digamos que a presença de Thammy Miranda numa propaganda para o Dia dos Pais lhe cause repulsa. Ou então uma vontade irreprimível de esfregar a ideologia de gênero na cara da sociedade patriarcal. Digamos que você se incomoda tanto que sente vir lá de dentro, do âmago, aquela vontadezinha de boicotar a marca. Ou que você fica tão alegre por ver sua utopia trans se realizando que vence a ojeriza que nutre pelo capitalismo, liga para o seu corretor e o manda comprar ações e mais ações da empresa – afinal, uma empresa tão boazinha assim merece ter seus papéis valorizados.

Neste caso sugiro que, por um instante, antes de sair vociferando nas redes sociais contra a marca ou contra Thammy Miranda e antes de sair brigando com o amiguinho porque ele não consegue entender esse futuro colorido de fluidez sexual, você dê uma chance a Shakespeare. Mais especificamente a Hamlet.

(Tá, eu sei que não vai acontecer. Mas eu tento).

Construção do homem

Muitos já escreveram melhor e mais exaustivamente sobre Hamlet. Meu objetivo não é fazer a interpretação definitiva da peça. Aqui só pretendo explicar por que você deveria abandonar toda e qualquer discussão sobre Thammy Miranda como Pai do Ano neste domingo e se dedicar a, por um dia apenas, responder à pergunta fundamental proposta por William Shakespeare há 400 anos.

Hamlet é uma peça sobre a construção do homem – do ser de sexo masculino que um dia virá a se tornar pai. Pai não necessariamente de uma criança, e sim de todo um mundo que o cerca. Pai das amizades que nascem de seu papo bom. Pai do produto de seu trabalho. Pai das consequências de todos os seus atos. Daí por que ouvimos com alguma exasperação os sapientíssimos conselhos de Polônio ao filho, Laertes, que começam justamente com “não dá voz ao que pensares, nem transforma em ação um pensamento tolo”.

O drama de Hamlet é o drama de todos os homens com nossas crias, isto é, com tudo de que somos pais. Mas o príncipe não enxerga isso. Ele ainda se vê como criatura, não criador. O fantasma que ele enxerga nada mais é do que a manifestação dessa transição. Eis porque o rei-tio usurpador lhe diz que sofrer a morte de um pai é legítimo, mas “insistir na ostentação de mágoa é teimosia sacrílega; lamento pouco viril, mostra uma vontade desrespeitosa ao céu, um coração débil, alma impaciente, mente simplória e inculta”.

E a questão do “ser ou não ser” é muito mais do que um bordão que atravessou os séculos. É a síntese mais que perfeita das dúvidas que afligem o jovem príncipe Hamlet, enlutado pela morte do pai, se sentindo traído pela mãe e ameaçado pelo tio, agora rei. E é também a síntese de uma dúvida que nos assola todos os dias, assim que abrimos os olhos, porque todos carregamos conosco no mínimo um luto, uma traição e um medo.

Tolstói, que não gostava nem de Shakespeare nem dessa peça específica, achava a questão hamletiana, e sobretudo a resposta que o príncipe dá a ela, uma enorme de uma tolice. Compreende-se. Primeiro porque, levando em conta o próprio ímpeto juvenil, “não ser”, isto é, abdicar da possibilidade de agir, independentemente das consequências (“no princípio era o Verbo”), estava fora de cogitação. E depois porque, já no fim da vida, Tolstói se dedicou a pregar a não-ação como um princípio fundamental para a cristandade.

Mas se o próprio Tolstói tivesse optado pelo não-ser, isto é, pela inação, pela obediência, pelo silêncio, não teríamos Guerra e Paz ou Anna Karenina. O não-ser é estéril. Se por um lado ele impede que derramamentos de sangue sejam cometidos em nome da vingança (ou da justiça), também impede a contemplação da beleza e a forja do caráter. Acordar todos os dias é optar sempre por ser.

Ninguém nunca disse que se tratava realmente de uma escolha.

Mas o que isso tem a ver com Thammy Miranda?

O que são as redes sociais senão uma representação interminável dos dramas do reino da Dinamarca (onde “há mais coisas do que sonha sua vã filosofia”)? E o que é uma campanha publicitária como essa envolvendo Thammy Miranda senão o uso comercial do luto, da traição e do medo que todos carregamos dentro de nós?

Thammy é, independente do gênero, pai de seus feitos. De todos os valores que ela/ele expressa. Da mesma forma, os publicitários são, neste caso, pais do ódio, assim como Hamlet é pai do louco assassino em que se transforma na cena final e eu sou pai deste texto.

Aliás, é disso que se trata Hamlet. Com a peça, Shakespeare praticamente implora para que o leitor/espectador se veja como pai e responsável por todas as suas ações. Por todas as suas palavras. Por todas as alegrias que venha a causar, mas também por todas as tragédias. Somos pais e responsáveis tanto pela compaixão quanto pelo ódio que despertamos uns nos outros.

[Se você gostou deste texto, mas gostou muito mesmo, considere divulgá-lo em suas redes sociais. Agora, se você não gostou, se odiou com toda a força do seu ser, considere também. Obrigado.]

28 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 28 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • D

    D. L. Paiva

    ± 1 horas

    Estou com preguiça, mas queria comparar o faturamento de 2019 com 2020 pelos dias dos pais. Mas a culpa vai ser da pandemia...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    HGO

    ± 3 dias

    Parabéns

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fred. 1996

    ± 3 dias

    Parabéns mais uma vez pelo texto! Admirável seu talento para escrever!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    André

    ± 3 dias

    Feliz dia dos pais a quem nasceu com prostata.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Denis

    ± 3 dias

    Muito bom! Li Hamlet 3 vezes na adolescência. Diariamente temos que assumir a responsabilidade por nossos atos e decisões. Nem sempre nossos atos seguem nossas emoções (aliás, se assim fosse, nada superaríamos). A responsabilidade vem acompanhada de sensações gratificante: maior consciência da liberdade e do limite dessa liberdade; maior consciência da autonomia (e mais práticas consciente dessa autonomia). Traz satisfação com as conquistas diárias, com os deveres assumidos e cumpridos, e certa sabedoria para aceitar caprichos do destino que não podemos mudar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cláudio Lettnin Haertel

    ± 3 dias

    Excelente !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eliana

    ± 3 dias

    Preciso ler mais 3x pra entender e comentar rsrsrs

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FDaniehl

    ± 3 dias

    "Ser ou não ser" deixou de ser uma retórica filosófica e transformou-se em uma conduta do chamado "políticamente correto", baseado em quanto eu vou ganhar e quão famoso eu vou ser.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    chico

    ± 3 dias

    Deixando de lado o malabarismo semântico e referencial.Pai no sentido amplo da palavra vai do biologico ao sentimental.O que a empresa que mixtura gordura e essências nos empurra na melhor das hipóteses abarca o aspecto sentimental.Reservem a palavra pai para o ser humano que completa todos os quesitos contidos na palavra

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jonsimar Tadeu Catapan

    ± 3 dias

    Polzonoff pode até ter razão em seu ponto de vista e pode até mesmo estar certo no que colocou no artigo, mas eu, no mínimo, começo a desconfiar de quem faz uma campanha publicitária nestes moldes do "bem ou mal, mas falem de mim". A mim já me trouxe uma imagem extremamente negativa à marca e não apoio definitivamente quem faz as coisas apenas pelo famoso "dinheiro acima de tudo".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Ana Luiza

    ± 3 dias

    O marketing convoca o pior de nós.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luís Ricardo de Toledo

    ± 3 dias

    SENSACIONAL!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    SILVIA ZAMITH

    ± 3 dias

    Nossa um artigo desss tamanho pra falar sobre isso kkkkk vcs tao sem nada mais pra escrever mesmo Deixa o cara, oqq isso afeta na vida de vcs? Bando de gado

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Meg Litton

      ± 3 dias

      Use seu cérebro para PENSAR, moça...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Daniel M

    ± 3 dias

    Uma humilde pergunta: seria tudo isso que vivemos a evolução normal das coisas, ou seguimos uma agenda imposta sobre nós?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 3 dias

    Gosto muito dos seus textos, Polzonoff, mas tenho visto um show de horror aqui no seu quintal: outro dia era o Felipe das Couves, o youtuber de cabelo multicor que posa com a cabeça numa tampa de privada e escreve obscenidades para crianças; depois me aparece a Nita, Anita, Desdita, qualquer coisa assim, uma Gretchen dos dias de hoje por assim dizer. E por falar da diva do Piri-piri, agora me aparece a filha barbada dela?!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Avlis Sotnas

    ± 3 dias

    não consigo entender o porquê de se preocupar com a vida privada dos outros.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Víctor Rogério Santos Rego e Silva

    ± 3 dias

    Excelente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luciano

    ± 3 dias

    Quando progressismo parar de dar dinheiro a palhaçada acaba. O Santander, recentemente, patrocinou uma exposição esquisitona. Quando os correntistas ameaçaram fechar as contas, imediatamente cancelaram a exposição.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • W

      Will

      ± 3 dias

      Verdade, Luciano!!! Lembrança perfeita,afinal o progressismo (socialismo/comunismo) sempre viveu as custas do dinheiro do capitalismo. Se a grana acabar fica sem graça e somem. Vão procurar outro lugar cheio de dinheiro e de trouxas para enganar...Exatamente como certa ilha que engana todo mundo há 60 anos...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto Garcia

    ± 3 dias

    Que exemplo da decadência do ser humano. Se essa bizarrice é o ícone de um pai a humanidade está Perdida irremediavelmente. E essa empresa é inescrupulosa demais pra se valer disso para se promover. Revoltante.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CSG

    ± 3 dias

    "Polzonoff" blogueiro de araque , cada um faz o que quer da sua vida. Bolsonaro que era o grande moralista...estamos vendo quem ele realmente é.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Ciro Botelho dos Santos

    ± 3 dias

    Aguardando a campanha do dia das mães com a Pablo Vittar. Mundo bizarro!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sandra vicentin

    ± 3 dias

    Natura e Tammy se valendo da publicidade,segue o baile ,com pais héteros que não exercem realmente seu papel, estamos ainda numa sociedade patriarcal bem patriarcal

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zzz

    ± 3 dias

    Deixa o Tammy ser feliz, que se danem os publicitários.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Denilson Gomes Privado

    ± 4 dias

    Paulo, a final de contas, qual a sua opinião sobre a comercial? Nenhuma? Então, melhor optar pelo "não ser"? Quer dizer então que Pablo nos dias das mães, tá valendo?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • D

      Denilson Gomes Privado

      ± 3 dias

      NOELY BRENNY: acho que você mesmo não entendeu o que quis dizer ou fumou folha de bananeira.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • N

      NOELY BRENNY

      ± 3 dias

      Marketing é isso, causar impacto e fazer as pessoas pensarem, assim como fez o autor! E Felicidade não é um produto nas prateleiras do supermercado, é algo q se conquista ou pelo menos se tenta. E afloram na negação todos fantasmas do ser.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.