i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Polzonoff

Foto de perfil de Polzonoff
Ver perfil

"Para nós, há apenas o tentar. O resto não é da nossa conta". TS Eliot.

Desculpe interromper, mas… como uma criança assiste a “Soul”?

  • 08/01/2021 13:04
Nova e excelente animação da PIxar/Disney recorre a elementos gnósticos para falar do sentido da vida. Tem até David Foster Wallace!
Nova e excelente animação da PIxar/Disney recorre a elementos gnósticos para falar do sentido da vida. Tem até David Foster Wallace!| Foto: Reprodução

Assisti a “Soul”, a nova animação da Pixar, na antevéspera do Ano Novo. Um tanto quanto pessimista em relação às produções recentes do gênero, disse para minha mulher que nada disso tinha importância. “Só quero comer pipoca, beber refrigerante, assistir a um negócio de criança e rir um pouco”, confessei a ela, que mexia no celular e nem prestou atenção.

À medida que o filme avançava, contudo, eu não parava de interromper a história para perguntar à minha mulher, a certa altura já bastante irritada, como uma criança assiste a um filme desses. Digo, como uma criança se diverte com uma trama que envolve conceitos filosóficos e religiosos profundos, que bebe na fonte do estoicismo, do gnosticismo e até do davidfosterwallacismo e que usa referências desavergonhadamente adultas?

É quase como se os produtores não tivessem as crianças como público-alvo. O que é, evidentemente, uma bobagem. Desde “Toy Story” (ou talvez antes, sei lá), está claro que os idealizadores desse tipo de filme se esforçam para agradar às crianças, mas também aos pais que as levam ao cinema e não querem passar duas horas entediados, ao som daquelas musiquinhas sempre cantadas num tom algumas oitavas acima do que o ouvido razoavelmente maduro aguenta.

Se quero saber como uma criança assiste a “Soul”, e quero mesmo, é por uma curiosidade sincera de alguém que cresceu associando animações (daquelas antigonas, não necessariamente exibidas no cinema) ao sentimentalismo inerente à infância. Afinal, não posso (nem quero) voltar a ter o olhar infantil para esse tipo de animação. Mas gostaria de entender que mensagem uma criança absorve depois de assistir a “Soul”.

Antes de passar ao primeiro intertítulo, me ocorre agora que a aproximação entre as linguagens infantil e adulta pode ser sintoma de algo que vai além de uma estratégia mercadológica. Talvez o espectador adulto, desprovido de ferramentas que lhe permitam refletir detidamente sobre o sentido da vida, precise mesmo de uma boa dose de infantilismo e sentimentalismo para absorver certas ideias. Uma hipótese deprimente e talvez até mal-humorada de minha parte. Mas.

Gnose

Na condição de marmanjo, minha experiência diante de “Soul” foi bastante confusa. Terminei o filme cometendo de cara a ousadia de recomendá-lo imediata e entusiasmadamente aos amigos. Mas ninguém me ouviu. Com o passar dos dias, esse entusiasmo perdeu força. E o maior mérito de “Soul” deixou de ser o filme em si e passou a ser as muitas dúvidas que ele pôs em minha cabeça.

A primeira delas diz respeito justamente à opção das animações contemporâneas por personagens e temas que fujam do cansativo e anticriativo debate identitário. Nesse ponto, aliás, “Soul” é uma grata surpresa. Estava esperando todo um discurso racial em torno de um filme que, afinal, tem como protagonista um negro, músico de jazz (aliás, por que o personagem não toca soul, e sim jazz, é algo que me escapa totalmente à compreensão). Assim como em “Divertidamente”, porém, os roteiristas recorreram a conceitos abstratos para fugir da gritaria política por um ou outra cena que talvez não caísse bem nos ouvidos daqueles que politizam até o feijão com o arroz.

É uma saída inteligente, ainda que cansativa. E aqui entra o que, para mim, é o maior problema de “Soul”. A fim de satisfazer essa necessidade de tratar os personagens como ideias, e não como figuras reais (o que soa irônico numa animação, mas você entendeu), os roteiristas de “Soul” foram obrigados a recorrer ao grande sincretismo filosófico-religioso que atende pelo nome de gnosticismo.

E o pior é notar que o gnosticismo, que junta num mesmo balaio cem mil visões religiosas diferentes a fim de criar um todo que seja compreensível ao intelecto humano, é mesmo a única alternativa possível para uma história que fala de morte, pós-morte e até da vida pré-nascimento, e não quer se comprometer com nenhuma religião específica. E, tudo bem, sou homem feito, conheço alguma coisa do assunto e percebo em “Soul” os elementos gnósticos. Mas, novamente, que efeito tem isso numa criança ou até mesmo num espectador adulto cuja realidade metafísica esteja distante desses assuntos?

Que elementos gnósticos são esses? Assim de memória (sabia que deveria ter assistido ao filme com um caderninho à mão), me lembro da “centelha de vida”, conceito muito caro ao gnosticismo; dos entes sobrenaturais que se apresentam como figuras cubistas porque, de outro modo, o intelecto das almas pré-vida e dos espectadores seria incapaz de compreendê-los; da escada que leva ao Além. Ah, tem também a pré-vida que atende pelo nome de 22 e que há milênios se recusa a “encarnar”.

Sem falar nas “almas perdidas” que vagam por um limbo, na esperança de se verem resgatadas por um navio cheio de malucos-beleza que servem de conexão entre o mundo real e esse Além. Mas o texto já está grande e chegou a hora de falar do maior mérito de “Soul”.

Momento catártico

Por outro lado, “Soul” é magnífico ao questionar o que nós, adultos contemporâneos, entendemos por sucesso. Ou melhor, por uma “vida realizada em todo o seu potencial”, para usar um jargão de coach. E aqui peço antecipadamente desculpas ao leitor, porque sinto que haverá spoilers.

Já no fim do filme, Joe, o professor de música cujo sonho é fazer parte de um quarteto de jazz, percebe que a aceitação que ele tanto perseguia na verdade estava distante de seu “propósito de vida” – algo que ele teria escolhido entre infinitas opções quando ainda era uma pré-vida (mais um elemento gnóstico). Não era o reconhecimento como músico de jazz o que ele de fato queria. O que realmente dava sentido à sua vida e o que representava o inegável sucesso dele era seu trabalho como professor de música.

É o momento catártico do filme, prenunciado por uma menção ao “This is Water”, de David Foster Wallace. Mas, ainda que eu tivesse ido às lágrimas com esse desfecho do filme, não dá para não voltar à questão inicial deste texto. Por isso, novamente interrompo o filme, olho para o lado e consulto minha mulher que, entre um soluço e outro, encontra tempo para me lançar um olhar de fúria. "De novo?!", pergunta ela.

Como gosto de viver perigosamente, digo a ela que não consigo imaginar uma criança chegando a esse ponto do filme e se relacionando com uma questão tão madura. Afinal, crianças apenas sonham em se tornar bombeiros, astronautas e até lixeiros (imagine que delícia pegar rabeira no caminhão o dia todo!). O sucesso, para elas, é um conceito chato. Coisa de adulto.

Minha mulher respira fundo, pega discretamente o controle remoto e retoma o filme. Assistindo às cenas finais, já pensando que no dia seguinte vou trabalhar ao som de Thelonious Monk, imagino o que teria feito da minha vida se, aos 12 anos ou antes, um episódio de "Duck Tales" ou mesmo do "He-Man" tivesse ensinado àquela criança cheia de sonhos esdrúxulos que sucesso profissional e realização pessoal não são a mesma coisa.

É um filme

Durmo e, já no dia seguinte, começo a rascunhar mentalmente o texto que você tem em mãos. É quando sou interrompido, também mentalmente, pela onipresente voz que me repreende por textos assim, dizendo que “é um filme, cara”. A ênfase no advérbio de intensidade soa como giz novo sobre a lousa.

Obviamente não concordo com a ideia de que um filme, um livro ou uma música sejam apenas (só, somente, tão somente, meramente) um filme, livro ou música. Esse tipo de raciocínio serve apenas para justificar a mediocridade tanto da obra em questão quanto de quem a consome. A ideia de um entretenimento vazio me dá calafrios. porque não consigo me livrar de todas as coisas que absorvi na vida ao me deparar com um filme como “Soul”.

O argumento, dito assim em tom de desprezo anti-intelectual (um desprezo que revela insegurança, mas não me aprofundarei nisso para não cair no universo de “Divertidamente”), expressa ainda uma contradição no discurso daqueles que se esforçam para elevar animações, séries juvenis, música sertaneja, romances de banca e coisas do gênero ao patamar de arte discutível. Afinal, se as qualidades dessas coisas podem ser exaltadas em termos mais ou menos ilustrados, por que não também os defeitos?

E, só para não terminar o texto com um ponto de interrogação, escrevo este parágrafo adicional recomendando a todos que assistam a “Soul”. De preferência ao lado dos filhos. E depois me contem. Recomendo ainda que não interrompam tanto a mulher durante o filme. Sobretudo quando ela estiver chorando. Evita discussões - e galos na testa.

26 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 26 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • J

    Juliana Pereda

    18/01/2021 11:17:52

    Olá Paulo! Tenho duas filhas: uma de 7 e outra de 12. A mais nova se desinteressou antes dos 20 min iniciais do filme (e olha que sempre os assiste até o fim). Saiu da sala com um “ não entendi nada, melhor brincar de boneca.” A mais velha chorou horrores, como sua esposa. Conversamos sobre a diferença de sucesso e realização profissional. Precisei explicar alguns pontos metafísicos pois somos cristãs e o filme realmente não quer se comprometer com nenhum símbolo religioso. Tb acho que Soul não é filme para crianças, e sim para adultos que precisam do universo infantil pra entender algumas coisas da vida ao invés de procurarem elevação intelectual através da leitura. Infelizmente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • K

      kukafe

      11/01/2021 12:45:16

      Não gosto muito de desenhos, então dificilmente assistirei. Mas deixo uma recomendação aqui para leitores da GP e pra vc: Terrence Malick - Árvore da vida e Uma vida Oculta, Os Miseráveis de Vitor Hugo, A Festa de Babette, Senhor dos Anéis, Hobbit, 1917, A Balada de Buster Scruggs, esses são alguns bons filmes e séries: Twin Peaks, Peaky Blinders, Stranger Things e tem uma série que assisti junto com a leitura do livro: "O idiot#", de Dostoiévski, no You tube.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • C

        Carvalhaes

        10/01/2021 17:09:48

        Propaganda bem feita! Não dá nem pra perceber!!!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • C

          CSG

          10/01/2021 0:00:22

          Não assisti, não posso comentar

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          1 Respostas
          • A

            Alexandre

            10/01/2021 1:33:06

            Então, porque escreveu na sessão de comentários? Kkkk

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        • M

          Marta M S Kogut

          09/01/2021 19:21:04

          Assistirei, com certeza!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • R

            Roberto A Barros Jr

            09/01/2021 16:39:59

            Assisti com esposa, filho e sobrinhos. Adultos gostaram, da mesma forma que vc, da “lição” final. As crianças acharam o filme “OK”. Deram alguma risada em certas cenas, mas a trama ficou confusa e um dos sobrinhos (9 anos) dispersou no meio. Provavelmente vão dar replay mesmo é no Ninja Go.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • F

              F.H.O

              09/01/2021 15:52:50

              Também vi o desenho. Acredito que o entendimento vai depender do conhecimento e evolução espiritual de cada pessoa. Não me espantaria em ver crianças entendendo melhor do que alguns adultos.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • A

                Ariadne Vinha Seixas

                09/01/2021 14:49:52

                Acredito que o nome do filme Soul, se refere à alma, e não ao estilo musical. Eu adorei o filme. Intrigante e nos faz repensar a vida. Ademais a Pixar tem a tendência de fazer desenhos mais para adultos do que para crianças. Divertidamente é um outro exemplo.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • E

                  Elke Dislich

                  09/01/2021 14:42:22

                  Caro Paulo Polzonoff Jr., você deveria ter conversado com uma criança que assistiu ao filme, antes de escrever seu comentário. As mesmas questões envolvem os contos compilados pelos irmãos Grimm, que marcaram minha infância (tenho 76 anos). Eu mal podia esperar a hora depois do jantar, quando era hora de ouvir um conto. Três décadas depois foram declaradas, por especialistas psicólogos e pedagogos, impróprios para crianças, sendo adocicados, tipo "A pequena sereira de Disney. No conto original ela morre e recebe uma alma. E este fato é muito bem assimilado por uma criança de 7 anos.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • F

                    Felipe

                    09/01/2021 14:24:08

                    Filme bem interessante. É bom tratar assuntos como esse com leveza. Conversei e expliquei muita coisa para meu filho após o fim do filme. Momento em família com debate aberto e sincero. Aproveitei para contar alguns "causos" de antepassados já falecidos. Fizemos especulações do que será que fomos em vidas passadas, kkkk! A narrativa é bem diferente do que estamos acostumados com filmes Disney/Pixar. A nova geração merece isso. Algo que faça pensar/questionar desde cedo.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • G

                      Gilberto Nascimento

                      09/01/2021 13:34:48

                      QUANDO eu era criança a figura do DIABO era muito presente nas aulas de catecismo e religião. Criança que não se comportasse queimaria eternamente no inferno. Ah, os pais também mencionavam o inferno, entre uma cintada e outra, quando as crianças faziam alguma arte. Não sei o que isso tem a ver com o desenho. Só lembrei, quando pensei no que seria conteúdo próprio ou impróprio para crianças.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • J

                        João Martins Donizete

                        09/01/2021 13:15:33

                        E eu que não vi tal "animação". Fiquei curioso. Por outro lado, lendo a narração do Paulo pensei: será que eu consigo, não necessariamente neste filme, ver tantas coisas? Desde já digo que isso não é uma crítica ao sempre excelente articulista. Talvez seja até uma invejinha de ver que o Paulo não escreve, ele desenha. Até o fato - acho - dele não ter chorado e a mulher dele sim me atiçou curiosidade.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • C

                          Cético

                          09/01/2021 12:13:25

                          O filme é uma ótima maneira de despoluir a mente. Bacaninha.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • J

                            João castilho

                            09/01/2021 11:59:36

                            Nada mais soul que um jazz , se é que me entende.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • L

                              LUANA CENTA

                              09/01/2021 11:33:36

                              Também pensei nisso! Filme para adultos, certamente!

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • J

                                Juju

                                09/01/2021 11:30:23

                                A Disney é incrivel... vi com as minhas de 5 e 8... elas riram do gato, do maluco beleza, ficaram com medo das almas perdidas e choraram de emoção no fim... claro que não tiveram um momento de iluminação, mas assim é que se forma o mundo afetivo, devagar e sempre. A minha mais velha chegou a dizer: "ele achava que ia ser feliz de um jeito mas ja era feliz"... acho que perceberam algo... as crianças nos surpreendem... eu AMEI

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • J

                                  José Eduardo Passos

                                  09/01/2021 10:26:06

                                  Excelente texto, parabéns mais um vez Polzonoff! Assisti com minha filha de 4, que logo dormiu, e com meu filho de 11 que gostou. Confesso que também fiquei esperando lacracões, que(graças a Deus) não vieram. Achei o filme agradável e realmente bem pouco infantil.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • S

                                    Sergio Schatzmann

                                    09/01/2021 9:41:26

                                    Achei extremamente chato essa animação. Não é nada engraçado para a criançada... Não é divertido. Filme chato demais

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    • L

                                      LEONARDO RIBAS GOMES

                                      09/01/2021 9:16:48

                                      deus não existe. Vamos acordar de uma vez "adultos" e parar de pedir coisas pro papai noel, ou deus, ou saci perere, ou mula sem cabeça. ta loko.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      3 Respostas
                                      • I

                                        IvoHM

                                        09/01/2021 18:43:40

                                        O chato vai ser descobrir que o diabo existe.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                      • L

                                        LUIMAR SZCZEPANSKI

                                        09/01/2021 17:49:14

                                        O Deus da religiões certamente não existe mas, pense num Deus imanente.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                      • E

                                        EDUARDO SABEDOTTI BREDA

                                        09/01/2021 12:26:49

                                        Sua opinião merece respeito; mas respeite quem pensa de forma diversa.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                    • R

                                      Roseilton Porto de Aguiar

                                      09/01/2021 8:38:40

                                      Numa estrada escura geralmente utilizamos o farol alto. Na nossa posição (direção) se faz necessário o farol alto para enxergar a estrada. Mas aos que vem em sentido contrário o farol alto o fusca muitas vezes, mas não é necessariamente irreal nem inútil o farol alto nem mesmo para o de sentido oposto. Pode ser um simples filme, mas, que está sendo memorizado por todos nós, isto é um fato inegável, e que mudará costumes, antes conservadores, a longo prazo.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      • L

                                        Leonardo Hoehne Polato

                                        09/01/2021 4:03:55

                                        Eu vi Soul, bem por acaso de uma maneira bem despretensiosa. E é isso mesmo, é só um filme. Prever ou racionalizar a interpretação individual (ou de uma criança) não faz sentido.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                        • D

                                          Darci Grava

                                          09/01/2021 3:27:50

                                          Assisti Soul com meu filho de 12 anos e ao discutirmos o gnosticismo do pré e pós vida mostrado no filme concluímos que: por nao sabermos como é lá, a animação cumpriu seu papel de deixar cada um viajar em sua crença. Eu e minha família na posição de protestantes, entendemos como uma fantasia, assim como ratos que falam ou homem que picado por aranha, vai salvar o mundo.

                                          Denunciar abuso

                                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                          Qual é o problema nesse comentário?

                                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                          Confira os Termos de Uso

                                          Fim dos comentários.