i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Roberto Indech

Foto de perfil de Roberto Indech
Ver perfil
Vozes

Até quando o mercado ficará irracional?

  • Por Roberto Indech
  • 16/03/2020 19:32
Até quando o mercado ficará irracional?
| Foto: Scott Heins/Getty Images/AFP

Perdemos as referências. É assim que posso classificar os últimos dias dos mercados em geral. Bolsas nos EUA, Europa, Japão, outros países desenvolvidos e aqui no Brasil estão visualizando algo ou jamais visto, ou não tão próximo da história recente. Em 2008, no auge da crise financeira do subprime nos EUA, acompanhamos “o fim do mundo” na economia. Desta vez, a ordem mundial é diferente. Estamos diante de uma crise de saúde global com o rápido avanço do coronavírus. Países como Espanha, Itália, Argentina e Canadá fechando suas fronteiras. Companhias aéreas restritas de voar por períodos determinados ou até indeterminados, proibindo o ir e vir dos cidadãos com único objetivo: conter o vírus que assombra o mundo neste momento.

A preocupação é tanta que mesmo no campo econômico não temos mais referências. Bancos Centrais de parte do mundo como EUA, Nova Zelândia, Chile optaram por cortar juros em reuniões extraordinárias. Aqui no Brasil, o Comitê de Política Monetária (Copom) decide sobre a Selic na quarta feira (18), mas há quem diga que a antecipação também é possível. Apenas se discute a magnitude do corte que virá. Para adicionar ainda mais dramaticidade a tudo isso, disputas entre Arábia Saudita e Rússia (dois dos principais produtores de petróleo do mundo) derrubam o preço da commodity. Há pontos positivos e negativos neste último fato, mas diante da situação atual, acaba pendendo somente para o pior.

Com o cenário descrito acima, o que estamos vendo é uma das quedas mais rápidas e agudas da história da bolsa nacional. As incertezas quanto a possibilidade real de recessão em boa parte do mundo trazem perspectivas nebulosas no curto prazo. Alguns indicadores econômicos da China, recém divulgados, mostraram o tamanho do estrago já produzido. Agora temos que aguardar as próximas semanas, com os dados do Brasil e de alguns dos países desenvolvidos. O certo é que o tempo não volta e o isolamento das populações de alguns países está produzindo efeitos catastróficos para as economias. Portanto, como as bolsas antecipam estes movimentos, as ações tem sofrido consideravelmente.

Não há um setor sequer que não esteja sendo penalizado neste momento no Brasil. Aqueles mais ligados a eventos, aéreas, consumo e commodities tem "apanhado" consistentemente. Há quem diga, entre os quais eu me incluo, que alguns ativos estão em momentos que podem nos dar uma oportunidade de ouro visando o longo prazo, mas isso apenas o tempo dirá.

Mesmo no mercado de renda fixa vemos irracionalidades. Há uma divergência de opinião grande entre os agentes do mercado, mas grande parte acredita que a Selic poderá recuar para baixo dos 3% ainda em 2020. Os que são contrários a esta tese o são porque não acreditam que, derrubando a taxa de juros, veremos recuperação ou estagnação da economia local em função de estes repasses não chegarem à ponta, ou seja, a pessoa física. Além disso, acreditam, que quanto mais baixa a Selic, mais desvalorizada ficará nossa moeda ante o dólar.

Para o médio prazo, as expectativas são diferentes e há a justificativa de que uma Selic baixa irá criar inflação no período e portanto, os juros poderiam subir rapidamente em 2021. Dessa forma, o que chamamos de juros longos apresentam alta no mercado nestes últimos dias. Sendo assim, já conseguimos visualizar CDBs pagando mais 10% ao ano para um prazo de 5 a 6 anos nas plataformas digitais de investimento.

Com todo este cenário, os títulos do Tesouro Direto também perderam sua referência. Os ativos indexados a inflação (IPCA) e prefixados deixaram de ser negociados por horas, sendo interrompidos a fim de estabelecer uma ordem para que pudessem voltar a sua normalidade. É algo comum, antes que sejam realizados questionamentos. Sempre que passamos por momentos de grande turbulência, o Tesouro Nacional opta por agir desta forma.

Portanto, neste momento é importante manter a calma e aguardar que toda esta irracionalidade que estamos vivenciando nos mercados passe. Vai passar, só nos resta saber quando.

16 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 16 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Maquiavel

    ± 38 minutos

    Não sei quem , mas alguém está ganhando ou vai ganhar muito dinheiro com esta histeria coletiva! Tudo isso está sendo manipulado por alguém, com algum intuito em destruir a situação vigente no mundo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Cavalcante

    ± 2 horas

    O mercado não está "irracional": ao contrário, logo após a revelação do coronavírus, a reação do mercado já era esperada. Quem vai comprar, se não sabe se terá para quem vender?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    THIAGO

    ± 10 horas

    então é hora de comprar..maior indicador de compra é quando publicam que a bolsa esta péssima... e quando publicam que esta forte é topo

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos eisenschlag

    ± 12 horas

    O momento de comprar e' quando a volatilidade baixar um pouco e colunistas como este comecarem a escrever: "melhorou mas ainda e' muito cedo, em um cenario de incertezas". Vai chegar esse momento. E quando este mesmo senhor daqui uns 4 ou 5 anos comecar a dizer:"se voce nao entrar na bolsa, nao vai ter rendimento", esse e' o momento de vender.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lucas Santana Moraes

    ± 13 horas

    Sei que é um pensamento genérico, mas tenho certeza que, com essa instabilidade, alguns vão lucrar bastante, seja por sorte ou por conhecimento, e outros vão quebrar a cara. Penso que este momento é único e, por isso, comprei um pouquinho (por cautela) de ações da Petrobras.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • T

      THIAGO

      ± 10 horas

      o problema da petrobras que sofre com a briga do petroleo... o qual deixa ela deficitária... mas teremos outros bons papeis a preço de banana

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nilson Macan

    ± 13 horas

    Não sou futurólogo nem especialista em coisa alguma. Mas, quem leu um pouquinho de historia geral vai lembrar o fim da Idade Média após o final da peste negra. O Comercio, as artes, e as grandes navegações começaram a florir... sempre após uma catástrofe a humanidade se recupera. I e II Guerras Mundiais nos mostram isso. Sairemos dessa situação mais fortalecidos. Crises são oportunidades de crescimento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Fernando Cavalcante

      ± 2 horas

      É mesmo? E por que este não pode ser o fim desta "humanidade"?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Aromero

    ± 14 horas

    Como leigo em economia discordo. Quem tem poder econômico de verdade, os 1% da humanidade, olha tudo "baratinho, baratinho" compra na crise, e daqui a alguns poucos anos vende na alta. O rio ( pequeno ) corre ( ajuda ) para o mar (fique mais rico ).

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • W

      WFSC

      ± 8 horas

      A regra eh simples, dificil eh dizer oq eh barato e oq eh caro

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • T

      THIAGO

      ± 10 horas

      a maioria sabe disso, mas insiste em compra no topo e quando é fundo vendem a preço de banana pros ricos... a regra é simples compre barato e venda caro e não o inverso

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 14 horas

    Os especialistas são excelentes para prever o passado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Ana Freut

    ± 15 horas

    Se tem otimas oportunidades, não seria melhor comprar ao invés de esperar elas passarem?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • A

      Ana Freut

      ± 9 horas

      Digo que o 'especialista' diz que tem ótimas oportunidades mas ao mesmo tempo recomenda cautela... ora, se já está certo que são ótimas oportunidades, então pra que a cautela?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • A

      Alex Fox

      ± 13 horas

      E quem pode dizer qual é o preço de entrada e o tempo para o ativo se valorizar ? Essa crise pode durar anos...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 1 dias

    O mercado apenas reflete as consequências das providências tomadas por todos os países para conter a escalada do vírus. Enquanto alguns idhiotas afirmam que a China está lucrando com a disseminação do vírus, os dados apresentados hoje mostram que o país asiático perdeu bilhões de dólares com a queda de produção de todos os seus segmentos. O mercado anteviu essa queda e está antevendo o que vai acontecer nas demais economias mundiais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.