i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Roger Pereira

Foto de perfil de Roger Pereira
Ver perfil

A política do Paraná em primeiro plano

Justiça Eleitoral concede direito de resposta a Greca em programa de Francischini

  • 09/11/2020 21:16
Rafael Greca (DEM)
Prefeito Rafael Greca (DEM) é candidato à reeleição em Curitiba.| Foto: Jonathan Campos/Especial para a Gazeta do Povo

A juíza Melissa de Azevedo Olivas, da 178ª Zona Eleitoral, de Curitiba, concedeu direito de resposta de 1’58’’ ao prefeito Rafael Greca (DEM), candidato à reeleição, no programa eleitoral noturno do candidato Fernando Francischini (PSL), por conta das acusações levadas por Francischini no programa da última sexta-feira (06), que insinuou que as obras de pavimentação realizadas pela atual administração municipal beneficiavam indiretamente a empresa Greca Asfalto, de propriedade de parentes do prefeito.

Ao pedir o direito de resposta, a campanha de Greca alegou que o programa de Francischini trazia informação caluniosa, afirmando que a empresa é de homônimos do sobrenome do prefeito, não de parentes. “Ou seja, o prefeito Rafael Greca nada tem com a empresa em questão”. Segundo a defesa de Greca, a conexão mais próxima dos atuais proprietários da empresa com o prefeito fica em sexto grau — não sendo, portanto, legalmente, considerada uma relação de parentesco, não havendo, também, convívio entre eles.

Além disso, a campanha de Greca sustentou que a referida empresa não teve atuação significativa em obras públicas municipais entre 2017 e 2020, e, quando participou, foi via processo licitatório ou como fornecedora das empresas que venceram licitações para realizar serviços de pavimentação, tudo dentro da legislação vidente.

A campanha do prefeito explicou que, durante a atual gestão, foram realizadas licitações e celebrados 76 contratos que envolvem obras de pavimentação. Uma das empresas que participou, venceu processos licitatórios e firmou três contratos com a Secretaria Municipal de Obras Públicas para executar obras de pavimentação contou com a Greca Asfaltos como fornecedora de insumos. “A empresa ganhadora de licitação tem a liberdade para comprar o material necessário para executar os serviços de quem melhor lhe convier, dentro de uma relação comum de mercado, e não compete ao órgão público direcionar quem será sua fornecedora”, afirmou. Ainda dentro do período do atual mandato do prefeito Rafael Greca, a firma participou diretamente de processos licitatórios e chegou a vencer certames para fornecer insumos utilizados em obras de pavimentação. “Essa participação - feita de maneira completamente legal - representa menos de 1% do total de compras feitas pelo órgão público para execução, por meio de equipes próprias, de serviços no pavimento de ruas da cidade”, alega a campanha do prefeito.

A juíza concordou haver, no programa de Francischini, informação caluniosa, capaz de influenciar a opinião pública e, por isso, passível de esclarecimento pela parte ofendida. “Registre-se que não se está aqui a afirmar que há ou não há qualquer irregularidade em contratos com a empresa Greca Asfaltos Ltda., ou com empreiteiras contratadas que se utilizaram de material adquirido perante a citada empresa. Tal não é o objeto, tampouco o objetivo da presente demanda. Está-se a afirmar sim que, nos 118 (cento e dezoito) segundos de programa eleitoral veiculado pela coligação representada, foram feitas colocações e afirmações caluniosas, desprovidas de qualquer elemento probatório na peça defensiva, as quais são aptas a influenciar a opinião pública e que, portanto, comportam esclarecimentos por parte do ofendido pelas colocações e afirmações”, despachou a juíza.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • C

    Cesar Lamarca

    ± 7 horas

    Acho Greca e Franceschini péssimos políticos, oportunistas, demagogos e falsos (o sorriso falso do prefeito é algo abjeto). Porém, a matéria do programa do Franceschini tem muita coisa a ser investigada. Assim como os contratos de TI da prefeitura com o ICI, com empresas como Consult, Minauro... há MUITA coisa podre no " Reino de Curitiba"... acorda povo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      Daniele Regina Dos Santos

      ± 1 horas

      Tem sim, muita coisa do Franceschini para averiguar tbm. Quem grita quer espantar os olhares para seu lado.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • M

    Marcus Pinheiro Machado

    ± 7 horas

    esse Francischini vai levar uma "lavada de fazer poeira"

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    Fim dos comentários.