Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
MP recomenda que deputado deixe de se apresentar como responsável por obtenção de vacinas
| Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O Ministério Público do Paraná, por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Campo Mourão, no Centro-Ocidental do estado, emitiu recomendação administrativa ao deputado estadual Douglas Fabrício (Cidadania) orientando para que o parlamentar deixe de apresentar-se como responsável pela obtenção de doses de vacinas contra a Covid-19 para municípios paranaenses.

Conforme constatou o MPPR, o deputado publicou em suas redes sociais mensagens que configuram possíveis atos de promoção pessoal valendo-se da campanha de vacinação promovida pelo Governo Federal. Foram identificadas ao menos sete publicações nas quais ele atribui a si o mérito pelo envio de vacinas a algumas cidades.

O documento recomenda que o deputado exclua de suas redes sociais quaisquer publicações que atribuam à sua pessoa o mérito do fornecimento das vacinas do Governo Federal para os municípios do Paraná, estabelecendo prazo até 24 de julho para que o parlamentar informe as medidas tomadas para atendimento à recomendação.

Através da assessoria de imprensa o mandato de Douglas Fabrício informou que está preparando uma resposta ao Ministério Público elencando todas as ações do deputado no enfrentamento à Covid-19 e na reivindicação de vacinas para a região. A assessoria aponta que o deputado foi à Secretaria de Estado da Saúde (SESA) cobrar explicações sobre os critérios de distribuição de vacinas e reivindicar mais doses para o município de Campo Mourão. Segundo o mandato, foi esta ação e a distribuição de mais doses após a intervenção do deputado que foi divulgada em suas redes sociais.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]