Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Vereadoras do Novo
Indiara Barbosa e Amália Tortato, vereadoras do Novo em Curitiba, que passaram pelo processo seletivo e curso de formação| Foto: Rodrigo Fonseca / CMC

O partido Novo está com o processo de seleção aberto para a escolha de futuros pré-candidatos a deputados federais e estaduais para a eleição de 2022. As inscrições ficam abertas durante todo o ano e podem ser feitas no site da legenda. Os aprovados no processo seletivo participam do curso de Formação de Candidatos promovido pela Fundação Brasil Novo.

“O processo seletivo é fundamental para identificarmos bons candidatos. Pessoas comprometidos com as bandeiras do Novo. Pessoas que entendam que a política não pode ser feita com troca de favores e com desperdício de recursos públicos”, afirma Juliano França Tetto, presidente do Diretório Municipal do Novo em Curitiba.

Em 2018, o Novo elegeu duas vereadoras para a Câmara de Curitiba: Amália Tortato e Indiara Barbosa, a mais votada no pleito. As duas passaram pelo processo seletivo e fizeram as campanhas com recursos privados, uma vez que o partido não utiliza recursos do fundo eleitoral e do fundo partidário.

“Uma das mazelas da política brasileira é o uso dos partidos como trampolim eleitoral. O acesso aos recursos dos fundos partidário e eleitoral estimula o troca-troca partidário. Os candidatos devem estar comprometidos com a defesa das ideias e não em criar feudos políticos”, diz Tetto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]