Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
PP com Ratinho
Principais lideranças do PP posam com Ratinho Junior no Palácio Iguaçu| Foto: Divulgação PP

Principal adversária nas eleições de 2018, a ex-governadora Cida Borghetti (PP) estará no palanque do governador Ratinho Junior (PSD) ano que vem. Em reunião no Palácio Iguaçu, nesta segunda-feira, a presidente estadual do PP, deputada Maria Victória, filha de Borghetti, oficializou o apoio do partido à reeleição de Ratinho Junior em 2022.

A aliança entre PSD e PP é resultado do que já vinha sendo construído nas eleições municipais do ano passado, quando os partidos estiveram juntos nas disputas das principais cidades (à exceção de Maringá), num dos movimentos de Ratinho Junior para montar uma grande aliança já visando as eleições do ano que vem. “Há consenso entre as duas siglas de que o clima de estabilidade política alcançado pelo Paraná deve ser priorizado em torno de uma aliança que seja melhor para o Estado”, diz o PP em comunicado.

O PP adiantou ao governador Ratinho Jr que pretende um espaço na chapa majoritária (vice ou senado) e já indicou alguns nomes, como a própria Maria Victoria, o prefeito de Londrina, Marcelo Belinatti (que teria que renunciar no meio de seu segundo mandato), o deputado estadual Luiz Carlos Martins, o ex-deputado federal Dilceu Sperafico ou o ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros. Ricardo Barros, principal liderança do partido no estado, líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, marido de Cida e pai de Maria Victoria, informou que disputará a reeleição para o Congresso Nacional, enquanto Cida Borghetti não se candidatará no ano que vem, pois acabou de ser nomeada conselheira na Itaipu Binacional.

A definição do PP mais de um ano antes do período de convenções partidárias que vão definir candidaturas e alianças para outubro de 2022 coloca o partido liderado pela família Barros em vantagem na corrida por uma das duas vagas majoritárias na coligação de Ratinho Junior. Com a grande aliança que o governador construiu, principalmente após as eleições municipais, quando sacrificou candidaturas próprias para garantir apoios, muitos partidos deverão caminhar com o governador nas próximas eleições e reivindicar esses espaços. O presidente estadual do DEM, Pedro Lupion, por exemplo, já antecipou à coluna que o partido pretende apoiar a reeleição de Ratinho Junior, mas quer espaço de destaque na chapa, usando como trunfo a prefeitura da capital, hoje nas mãos de Rafael Greca (DEM).

9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]