Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Ratinho Junior recebendo Bolsonaro em Bandeirantes, em abril.
Ratinho Junior recebendo Bolsonaro em Bandeirantes, em abril.| Foto: Jonathan Campos/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) afirmou, nesta sexta-feira (20), que, se liberado pelo partido, apoiará o presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições gerais de outubro. Depois de várias tentativas frustradas de lançar candidatura própria ao Palácio do Planalto, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab tem sinalizado que liberará suas lideranças estaduais para construir o melhor palanque regional.

“Eu tenho uma gratidão muito grande pelo presidente Bolsonaro porque o governo federal foi muito importante para o Paraná nestes últimos três anos. Temos quase R$ 1,5 bilhão em obras em parceria com o governo federal. É natural que essa gratidão tenha que se transformar em uma parceria política”, afirmou o governador, em entrevista coletiva, durante assinatura da ordem de serviço do segundo trecho de duplicação da Rodovia dos Minérios.

Ratinho Junior afirmou, no entanto, que aguardará a definição da estratégia nacional do PSD. “Eu tenho meu partido político, tenho que respeitar esse momento de decisão das convenções, mas o PSD caminhando para a neutralidade, eu fico liberado para poder tomar a minha decisão e caminhar junto neste projeto”. É a primeira vez que o governador fala abertamente em apoiar Bolsonaro nas eleições de outubro.

O governador, que não encontrou com Bolsonaro em duas das três últimas visitas do presidente ao estado, disse, também, que participará de toda a agenda presidencial em Curitiba neste final de semana. “Vou participar, vou receber ele hoje à tarde e amanhã temos a Marcha para Jesus; depois participarei, com ele, de um encontro de líderes religiosos”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]