Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Rosane Ferreira
| Foto: Zeca Ribeiro / PV

A ex-deputada federal Rosane Ferreira (PV) renunciou ao mandato de vereadora do município de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. A vereadora alegou não estar satisfeita com o resultado de seu trabalho e, por isso, abriu mão do mandato. “Renunciei porque não conseguia aprovar leis que considero de suma importância para nossa cidade. Renunciei porque das mais de 70 indicações que fiz apenas 10% foram realizadas. Renunciei porque meu suplente é capaz de me representar, bem como a todos os meus eleitores”, declarou em comunicado.

Em vídeo publicado no Facebook, a agora ex-vereadora revelou que havia um acordo dentro do partido de que ela abriria mão do mandato em favor do suplente após dois anos, mas ela disse só ter aguentado seis meses.  “Sempre foi uma construção partidária. Era importante para o partido ter uma cadeira. Não necessariamente precisava ser seu. Acabei me elegendo e sempre disse que meu mandato seria dividido com meu suplente. O mandato iria até o ano que vem apenas, mas estou adiantando esse expediente, entregando o mandato a um jovem, capacitado e que tenho absoluta certeza que vai dar continuidade ao que eu estava fazendo”.

Rosane, que foi eleita com 1244 votos, deixa a cadeira para o policial civil Investigador Fábio Pavoni, que recebeu 540 votos nas eleições do ano passado. “Fizemos uma avaliação no gabinete e o meu custo para o cidadão não estava valendo o retorno para a sociedade. Meus projetos de lei são vetados e viram indicação. Indicação, qualquer cidadão pode fazer, não precisa ser vereador, ter gabinete, quatro assessores. Sou enfermeira, milito na saúde e nem pude fazer parte da Comissão de Saúde da Casa. Isso é do jogo político, mas não estou mais sendo útil neste jogo”, concluiu.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]