Os de sempre
| Foto:

A dispensa de Milton Mendes não causou surpresa. O que talvez possa ter causado algum leve espanto foi o levantamento sobre as demissões já efetuadas no Brasileirão. Segundo a BBII, ela mesma, a Briosa, Brava e Indormida Imprensa -, sem o Milton Mendes agora são apenas três os técnicos que permanecem no cargo desde o início da competição.

A saber: Tite, do Corinthians, Levir Culpi, do Atlético-MG, e Gilson Kleina, do Avaí.

Desde o início do ano, os times da Série A já mandaram embora 28 técnicos.

Depois de ler a matéria, professor Afronsius ficou matutando. E foi parar no filme Casablanca, 1942, de Michael Curtiz, para lembrar, mais precisamente, a antológica cena (uma delas, aliás) em que o capitão Renault (Claude Rains) dá a ordem, ou a dica, que ficou famosa e diz tudo:

– Prenda os suspeitos de sempre.

No caso do nosso futebol, dispense os suspeitos de sempre.

ENQUANTO ISSO…

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]