i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rolmops e Catchup

Ver perfil

Presentão de Natal antecipado

  • PorFrancisco Camargo
  • 27/12/2016 19:32
Presentão de Natal antecipado
| Foto:

Em 2001, o Natal foi comemorado antecipadamente pelos atleticanos, mais precisamente no dia 23 de dezembro – e com um baita presente. Era o título de campeão brasileiro, conquistado num domingo, em São Caetano do Sul.

Eram as duas melhores equipes do Brasileirão: o São Caetano, que terminou a fase classificatória em primeiro ao eliminar o Bahia e Atlético Mineiro no mata-mata. O Furacão foi o segundo colocado, deixando para trás São Paulo e Fluminense, nas quartas de final e semifinal, respectivamente.

O grande Alex Mineiro

O Atlético Paranaense entrou em campo com boa vantagem. Tinha vencido o São Caetano na primeira partida, na Arena, por 4 a 2. Poderia até perder por um gol de diferença, mas, aos 21 minutos do segundo tempo, Kleber Pereira dominou no meio de campo e abriu na esquerda para Fabiano. O lateral avançou e bateu cruzado. O goleiro Silvio Luiz rebateu para o meio da área e o artilheiro Alex Mineiro, implacável como sempre, fez 1 a 0.

Comentário de Beronha:

– Essa rotina me mata…

Primeiro campeão do século

Ao registrar os 15 anos da conquista, o site furacao.com destacou que, após o apito final de Carlos Eugênio Simon, torcedores, “espectadores e imprensa se renderam ao time paranaense e viram o zagueiro Nem erguer a taça mais importante do país”.

Ainda do site 100% não oficial do Atlético: primeiro campeão do século, “o Furacão começou o campeonato surpreendendo com quatro vitórias e um empate, nas cinco primeiras partidas, ainda sob o comando do técnico Mário Sérgio. Porém, nos cinco jogos seguintes, foram quatro derrotas e um empate, que fizeram o clube trocar de treinador.

Com a chegada de Geninho, o time começou a mostrar um grande futebol, digno de campeão, e conseguiu 12 partidas invictas (nove vitórias e três empates), alcançando a liderança do campeonato. Nos últimos jogos da primeira fase, porém, o Furacão oscilou. Foram duas vitórias, um empate e duas derrotas, classificando o time às quartas de final como segundo colocado”.

ENQUANTO ISSO…

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.