Costeleta, o gato ruivo, é tão fantástico que ele até tem seu próprio fotógrafo
| Foto:

Lembra da famosa fotógrafa russa Kristina Makeeva, que hipnotizou o mundo com sua série de fotos sobre o Natal ortodoxo de Moscou? Pois bem, acontece que ela tem um gato, o Costeleta (Kotleta, em russo). O site Bored Panda procurou Costeleta para uma pequena entrevista, mas o gato provavelmente delegou a tarefa à sua humana, Kristina, já que foi ela quem respondeu todas as perguntas.

“O Costeleta tem essa cara de dominador do mundo desde que nasceu, então nós também o chamamos de ‘Gatriarca'”, disse Makeeva.

 

“Ele é um gato muito fleumático, e isso me ajuda na hora de fazer as composições para as fotos.Em casa, ele fica sentado com um boné na cabeça por uns dois minutos. Nas ruas ou em outras áreas ele simplesmente não vai a lugar nenhum – ele se senta em qualquer lugar que você o coloque. Claro, nós sabemos como deixá-lo atento oferecendo petiscos saborosos e também sabemos o que fazer para que ele olhe na direção certa. A psicologia de um gato importa tanto que eles não podem ser forçados a fazer nada. Tudo que a gente pode fazer é uma sequência específica de ações para que ele ache que todas decisões são suas”, explicou.

Makeeva começou a trabalhar com Photoshop quando tinha 14 anos e começou a tirar fotos dois anos depois. “Eu ter começado a trabalhar com Photoshop primeiro e só depois ter começado a fotografar foi determinante para o meu estilo. Seja lá o que eu fotografe, sempre edito em um editor de imagens”, disse.

“Todo meu trabalho é uma ilustração do meu mundo particular, que consiste no monte de contos de fada que eu leio”, afirmou.

 

“Pequenas coisas mágicas. É isso que aquece meu coração. Isso não custa muito, não têm preço, e quanto mais a gente tira de coisas que fazem a vida no dia a dia, mais feliz a gente é. A câmera fotográfica é uma ferramenta fantástica que nos ensina a ver o mundo de um jeito que todos deveriam enxergar mesmo sem uma câmera”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]