O aniversário de 5 anos do Canal Viva vai ser comemorado em grande estilo. Uma minissérie em quatro capítulos irá contar a vida da escritora Janete Clair, que escreveu mais de 20 novelas. Na Globo, ela foi dona dos maiores sucessos – e clássicos da teledramaturgia brasileira – como “Irmãos Coragem” (1970), “Selva de Pedra” (1972) e “Pecado Capital” (1975). Neste ano, se estivesse viva, a usineira dos sonhos completaria 90 anos. A produção do Viva, a cargo da Conspiração, será baseada na biografia “Janete Clair – A Usineira de Sonhos” (Ediouro), de Artur Xexéo, responsável também pelo roteiro da série.

Janete foi responsável pelos maiores sucessos da televisão brasileira e amava escrever novelas e emocionar o público. (Foto: Cedoc/TV Globo)

 

Entre as curiosidades da vida da autora, que foi casada com Dias Gomes, está o fato de ela se emocionar escrevendo e lendo os capítulos. Em um depoimento memorável de Daniel Filho, o diretor conta que os scripts originais vinham com manchas das lágrimas da autora. Em entrevista à Leda Nagle, no Jornal Hoje, em 1982, Janete disse não saber o seu segredo para arrebatar o grande público com suas histórias. “Eu acho que eu entendo um pouco da psicologia do povo, eu sei o que o povo gosta de ver, o que ele gostaria de sentir naquele momento. É uma comunicação de gente para gente, de emoção para emoção. Eu não estudei para isso, mas é uma intuição, um sexto sentido”.

Só falta agora o Viva presentear os noveleiros com a exibição de uma novela na íntegra da maga das 8 como “Pecado Capital”, “Duas Vidas”, “Pai Herói”, “O Astro” ou “Sétimo Sentido”. “Pecado Capital” e “Selva de Pedra”, por conta dos diversos incêndios que a Globo sofreu nos anos 70, só existem em compactos nos arquivos da emissora.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]