Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Coloque seu negócio na vitrine
| Foto:

A pandemia do coronavírus sacudiu o mercado de trabalho em todas as áreas. A palavra ‘reinventar-se’ parece ter se tornado um mantra. Se você não aplica esse preceito, corre um sério risco de ficar pelo caminho. Profissionais que atuam no setor de varejo são uma parcela que têm sentido fortemente o impacto do ‘abre e fecha’ no comércio. A medida amarga, infelizmente, é a alternativa encontrada para barrar rápidas expansões do vírus em determinadas regiões.

Resta a esses profissionais fazer o quê? Reinventar-se! A loja física nas ruas, em centros comerciais ou shoppings, não pode ser mais o único canal de aquisição de determinados serviços. O comércio precisa chegar até o cliente em todos os sentidos: na oferta de produtos, na sugestão de escolha e na entrega da mercadoria.

Para isso, é necessário estar aberto às novas tecnologias e tendências e a rapidez com que se exige isso talvez seja o principal desafio - nada impossível, pode ter certeza. Eu, particularmente, gosto de estar presente em lojas físicas. Mas, como cliente, durante a pandemia, evito ao máximo a exposição, então dou preferência às compras online, inclusive no varejo. Navegando por sites de notícia, me deparei com um projeto interessante lançado por um shopping da capital do Paraná, em Curitiba.

Chama-se ‘Vitrine Virtual do Palladium’. A ideia da plataforma é basicamente reunir todas as lojas do empreendimento em um único local online, em datas específicas do varejo. Lá, o cliente acessa, navega por inúmeras operações, escolhe o produto ou serviço que deseja e, caso opte por mais informações e/ou efetivar uma compra, acessa o lojista diretamente pelo whatsapp e inicia a negociação. Pronto, você tem a sua loja do shopping, aquela que gosta de fazer suas compras, na palma da sua mão.

Entretanto, também é importante que os próprios lojistas e vendedores estejam aptos a trabalhar neste ‘novo normal’. Se as portas das lojas fecharam-se, abrem-se janelas. E é preciso que a luz entre. É por essa razão que insisto com os profissionais que trabalham no varejo para que não deixem de treinar, simular, ler e experimentar novas formas de negociação com seus clientes.

Se a ideia for ter uma presença na rede social, então é necessário investir tempo extra para montar estratégias. Ter uma permanência constante também é imprescindível. Desta forma, você pode montar promoções e aproveitar oportunidades de exposição como essa da Vitrine Virtual Palladium e tantas outras.

Por último, se conseguiu trazer o cliente para sua plataforma, não esqueça de fazer o melhor atendimento sempre. A empatia com quem precisa dos serviços, a técnica na venda e a fidelização entram nesta etapa.

Pense nisso, pois é um exercício prático que se deve fazer hoje, durante a pandemia, para sobreviver diante das intempéries do mercado. E quando tudo isso passar, você terá novas oportunidades agregadas ao espaço físico que todos nós gostamos de estar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]